quarta-feira, setembro 10, 2014

Make it Count, de Megan Erickson


Kat Caruso wishes her brain had a return policy, or at least a complaint hot-line. The defective organ is constantly distracted, terrible at statistics, and absolutely flooded with inappropriate thoughts about her boyfriend’s gorgeous best friend, Alec…who just so happens to be her brand new math tutor. Who knew nerd was so hot?

Kat usually goes through tutors like she does boyfriends—both always seem to bail when they realize how hopeless she is. It’s safer for her heart to keep everyone at arm’s reach. But Alec is always stepping just a little too close.

Alec Stone should not be fantasizing about Kat. She’s adorable, unbelievably witty, and completely off limits. He’d never stab his best friend in the back…

But when secrets are revealed, the lines of loyalty are blurred. To make it count, Alec must learn messy human emotions can’t be solved like a trigonometry function. And Kat has to trust Alec may be the first guy to want her for who she is, and not in spite of it.



Ai, que livro lindinho!
Uma pequena joia que eu encontrei por acaso, em uma resenha num blog americano. Me interessei pela história e como o preço na Amazon (Kindle) era bem convidativo resolvi dar uma chance. Não me arrependi. Na verdade, me apaixonei totalmente pela história e seus personagens. Se tem alguns NA que me fazem torcer o nariz, este aqui é tudo de bom.

Kat Caruso é uma estudante universitária que sempre teve problemas para aprender. No Colégio, ela conseguia “se salvar” com muito esforço e muito planejamento porém na faculdade as coisas não estão indo como o esperado. As palavras e os números parecem não fazer sentido para ela e, ainda por cima, Kat simplesmente não consegue se focar, concentrar. Kat é tão “dispersa”que nem mesmo seus monitores tem paciência para ensiná-la. Ela está prestes a perder a “bombar” em uma matéria super importante quando um novo monitor aparece para (tentar) salvá-la. O problema é que este “salvador” é Alec Stone, companheiro de apartamento e melhor amigo do namorado de Kat.

Alec é o típico nerd certinho e muito, mas muuuuito fofo.


No ínicio, Kat fica constrangida de receber ajuda de Alec, até porque o namorado dela nem imagina que ela está em dificuldades acadêmicas. A relação entre “monitor e monitorada” se inicia de forma meio truncada, mas aos poucos os dois vão descobrindo como o outro pode ser interessante e único e uma amizade se inicia; amizade esta que logo começa a se transformar em algo mais.

Ai, que graça de livro. Mais do que uma história de amor “proibido”, Make it Count fala sobre amizade e aceitação das próprias dificuldades. Alec é o típico salvador das “causas perdidas” e mesmo se ele não puder ficar com a mocinha, ele quer ajudá-la, “consertá-la”. E nesta tentativa de solucionar os problemas el acaba se afastando dela.

Como (quase) todo romance romântico, este também tem seus momentos de “cabeça-durice” e por vários momentos eu me via xingando mentalmente Kat por ficar se apegando a “detalhes”, porém, eu também conseguia entendê-la e, honestamente, se fosse comigo, não sei se agiria igual.

Kat e Alec são dois jovens bonitos, inteligentes e divertidos, mas nem por isso perfeitos. Kat tenta a todo custo esconder suas limitações, escondendo-se atrás de uma fachada alegre e brincalhona; Alec, por sua vez, na sua ânsia de sempre tentar ajudar acaba por transformar aqueles que ama em “projetos” e isso acaba suscitando mágoas.
Eu achei legal que o livro não apresenta vilões, apenas pessoas falíveis, que cometem erros.

Vale destacar também que Kat é brasileira. Sim! A personagem nasceu em São Paulo e mudou-se com a família para os EUA quando era criança. Ela até come feijoada! Além disso, algumas palavras em Português são mencionadas. É tão lindinho quando Alec fala Meu Coração (em Português mesmo) pra ela!

Make it Count é um livro solar, divertido e espirituoso. Obviamente não é um drama pungente e complexo, mas aquele aquele tipo de leitura que te faz esquecer do mundo por algumas horas. Eu suspirei, ri e me emocionei.

Recomendo!


Série:

Livro 1- Make it Count
Livro 2-Make it Right
Livro 3- Make it Last (expectativa de publicação: 2015)

Infelizmente, essa série (ainda) não foi publicada no Brasil...mas #FicaaDica hein Editoras?!
Título Original: Make it Count
Autor: Megan Erickson
Editora: Importado
Gênero: New Adult
Série: Bowler University - Livro 1
Sub-Gênero/Assunto: Amizade, Imperfeições, Amor Proibido
Período: Atual. EUA.

5/5

Reações: