quarta-feira, julho 06, 2011

Corte Súbito (Smash Cut), de Sandra Brown (Suspense)



Autor: Sandra Brown
Editora: Rocco
Gênero: Suspense Romântico
Temas: Cinema, Crime e Mistério, Advogados e Tribunais
Série:Mitchell & Associates #1
Período: EUA. Atual
Julie Rutledge e Paul Wheeler haviam acabado de entrar no elevador em direção ao lobby do elegante Hotel Moultrie quando as portas se abriram no oitavo andar e, do lado de fora, um rapaz empunhava uma pistola. Em uma trama que começa com um assassinato e se desdobra em reviravoltas inesperadas, Sandra Brown conduz o leitor por uma história eletrizante. Repleta de referências cinematográficas, especialmente às tramas psicológicas de Hitchcock, o romance remete a um verdadeiro roteiro de filme policial, inspirando os leitores a correr em busca de pistas tão rápido quanto os protagonistas.



-Atualização 22/05/12: este livro foi lançado pela editora Rocco com o título Corte Súbito. Esta resenha refere-se a leitura do livro no original, em inglês.
O livro no SkoobGoodreads




Um ótimo livro de suspense. Corte Súbito (Smash Cut) é o livro ideal para quem gosta de um bom thriller e de cinema.
A estória começa quando o milionário Paul Wheeler é morto em um suposto assalto. Antevendo problemas, a família de Paul contrata o advogado Derek Mitchell para defender Creighton, o sobrinho da vítima e por que não desafeto da vítima. Creighton nem foi indiciado ainda mas como é melhor prevenir...

Julie Rutledge é uma jovem, amiga intima da vítima e fará de tudo para provar que Creighton é o culpado, nem que para isso ela tenha que se envolver com Derek. Só existe um pequeno problema: ela é a principal suspeita. Sem contar que não há nem a necessidade de dizer que ela e Derek irão se apaixonar, né?
O livro começa devagar, mas aos poucos vai criando um ritmo quase que alucinante.

Derek é do tipo ‘tudo de bom’. Bonito, bem-sucedido, simpático e dono de uma cadela fofíssima, Maggie. Desde o início, temos uma conexão com o personagem. Não posso dizer o mesmo de Julie. À principio, não gostei dela. Ela não é exatamente um personagem chato, ou mal escrito, mas não consegui concordar com algumas atitudes que ela toma- são atitudes que até ‘entendemos’ o por quê de terem sido tomadas mas nem por isso anuímos.

O fato da ‘mocinha’ não ser exatamente ‘perfeita’ dá uma certa dinâmica à estória, tornando-a cheia de pequenos nuances. E, principalmente, onde nem tudo é o que parece ser.

A questão aqui não é saber quem é o culpado, mas sim se ele será pego. Nós sabemos quem é o grande vilão, porém isso não tira em nada o prazer da leitura e sim torna tudo muito mais interessante, pois todas as provas estão contra Julie. Quanto mais ela e Derek tentam ‘pegar’ o culpado mais a situação dela se complica.

A relação entre o casal protagonista é muita bem descrita- os dois têm uma forte ligação, uma ligação quase explosiva que mistura sexo, romance e sim, muita desconfiança.

Aliás, as cenas de sexo e sedução são muito boas. Hot sem ser grosseiro. Nota para a cena de sexo no banheiro do avião.

O livro, apesar do início um pouco devagar (como já mencionado) é o tipo de leitura de ‘uma tacada só’ – onde o leitor não consegue se desprender até chegar à última página.

Sandra Brown mescla as situações na medida certa- é um estilo de escrita certeiro onde descrição, drama e terror são muito bem contrabalanceados.

Corte Súbito (Smash Cut) tem muitas referências à filmes, o que torna a leitura ainda mais estimulante. O livro todo pode ser encarado como uma grande homenagem à Hitchcock- não pelos filmes citados na estória, até mesmo cenas baseadas nestes filmes como, principalmente, no cerne da estória: O inocente que é acusado de um crime que não cometeu e tenta provar a sua inocência. A qualquer custo.

Ótima pedida- só não ganhou 5 estrelinhas devido à uma cena PÉSSIMA. Sério, eu quase chorei. Perdeu meia estrelinha.

Sinopse Original:
When millionaire Paul Wheeler is murdered, his family retains renowned lawyer Derek Mitchell to defend the victim’s nephew Creighton -- although the police have not charge... the young man with the crime. Wheeler’s mistress, Julie Rutledge, who is also a suspect, believes that Creighton is the killer, despite his rock-solid alibi, and she’ll do almost anything in her quest to prove his guilt -- even ruin Derek’s career. But the more Derek learns of Creighton’s darker side, especially his bizarre fascination with movie murders, the more he comes to believe Julie is right. The clock ticks down to a shocking ending as Derek and Julie join forces to find the truth. Has Creighton begun reenacting cinema’s goriest scenes? And who will be his unwilling costars? They won’t know until the final SMASH CUT.

**
Google Translator- Cuidado! 
Quando milionário Paul Wheeler é assassinado, sua família contrata o advogado Derek Mitchell para defender o sobrinho da vítima Creighton - embora a polícia não o tenha acusado o rapaz.
Julie Rutledge, amante de Wheeler, que também é uma suspeita, acredita que Creighton é o assassino, apesar de seu álibi sólido, e ela vai fazer  qualquer coisa em sua busca para provar a  culpa dele - até mesmo arruinar a carreira de Derek. Mas o mais Derek descobre lado mais sombrio de Creighton, especialmente o seu fascínio bizarro com assassinatos de cinema, quanto mais ele passa a acreditar Julie está certa. O tempo passa enquanto Derek e Julie unem forças para encontrar a verdade. Estaria Creighton refazendo cenas de assassinato do cinema? E quem serão seus coadjuvantes ? Eles não saberão até o corte final.

Onde Comprar: Livraria Cultura|Saraiva

Outras Capas:




Extras

BookTrailer



A autora fala sobre o livro. Em Inglês.




Site da Autora: www.sandrabrown.net/

Cotação:

4.5/5

Reações: