terça-feira, novembro 29, 2016

#Divulgação Sorrisos Quebrados - Sofia Silva



““Eu não me
apaixonei pela sua força
encantei com a sua beleza
atraí pelas suas curvas.
Não.
Essas eu também amo.
Mas
eu amei-a pelo seu sorriso
Fraco
Desproporcionado
Quebrado.
Ele é meu favorito
e o mais lindo de todos.”



Sinopse:
Paola
Perante Deus, o meu marido prometeu me amar.
Cuidar de mim. Ser meu amigo.
Perante todos, disse que me amava. Que íamos ser felizes.
Viver para sempre juntos.
Mentiu em tudo.
Até que um dia, perante mim, ele disse que ia me matar. E não mentiu.
A partir desse dia vivi escondida no meu mundo, até o André aparecer.
André
Não procurava nada. Não queria ninguém.
Não depois de tudo que vivi.
O meu coração estava escondido na escuridão, até a Paola surgir com as suas cores, pintando a minha vida.
Sorrisos Quebrados é um romance colorido entre duas pessoas Quebradas por relacionamentos passados. Uma história de superação dos próprios medos e promessas.


Data prevista de lançamento na Amazon:
6 de Dezembro de 2016

 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

quinta-feira, novembro 24, 2016

[Resenha] Ligeiramente Pecaminosos- Mary Balogh


“Em meio à Batalha de Waterloo, lorde Alleyne Bedwyn é ferido e dado como morto pela família. Ao acordar, ele se vê no quarto de um bordel sem lembrar quem é ou como foi parar ali. Sua única certeza é que deseja conquistar o coração do anjo que cuida dele todo dia.

Contudo, assim como ele, Rachel York não é quem parece. Depois de enfrentar uma situação difícil, que a levou a viver numa casa de pecados, agora a bela e inteligente jovem precisa recuperar seu dinheiro e as economias das amigas prostitutas, roubados por um falso clérigo. E o belo soldado de quem vem cuidando parece perfeito para se passar por seu marido e ajudá-la em seus planos.
Porém, apesar de ter perdido a memória, Alleyne não perdeu nada de sua sedução. De volta a Londres, os dois se envolvem em um escândalo pecaminoso e, a cada beijo, esquecem que seu relacionamento é apenas uma farsa e ficam mais perto de se entregar à paixão. .”



Antes de qualquer coisa é preciso dizer que apesar do livro poder ser lido separadamente, eu recomendo- e muito- que a série seja lida na ordem.

Pois bem, o que dizer de uma história que tinha tudo para te encantar: uma boa trama, bons personagens mas que simplesmente não rola, não te faz ficar apaixonada?
Eu já tinha gostado de Lorde Alleyne Bedwyn nos livros anteriores; era um personagem simpático, solar. E saber de um livro só dele me deixou empolgadinha, não vou negar. Ainda mais porque a trama parecia ter perda de memória, moçoila em perigo e um grupo de prostitutas de bom coração. Isso sem falar num ex-sargento caolho. Sim, a história de amor entre o desmemoriado Alleyne e a “falsa prostituta” Rachel York tinha tudo para ser incrível, mas faltou...liga.

É complicado falar sobre algo meramente subjetivo, mas o fato é que não consegui me empolgar com o casal, com a leitura. O interessante é que, de modo geral, eu gostei bastante do livro, mas, principalmente pela trama em si e os personagens secundários. Além do incrível senso de humor da autor. O romance é que, para mim, deixou a desejar. Faltou liga, química mesmo. Outro ponto que não gostei foi a demora para a situação de Alleyne se esclarecer e quando isso acontece é tão...broxante! Sério, o que deveria ter sido o clímax da história, é passado quase em branco. Fuéen!

O que foi uma pena porque o final é uma graça, extremamente fofo e feliz, daqueles que deixa a gente sorrindo feito bobo e querendo abraçar os personagens.
Claro, o livro, apesar de todo e qualquer defeito, ainda superior à muitos outros do g~enero que tem por aí, mas não pude deixar de me sentir um pouco decepcionada. Decepcionada, sim, mas ainda querendo mais. Para quem ama romances de época, Os Bedwyns é uma série que vale muito a pena e mal posso esperar para ler o livro de Wulfric!

A série

Os Bedwyns é o spin-off de dois livros ainda não lançados no Brasil:
Livro 1- One Night For Love
Livro 2- A summer to Remember

Os Bedwyns

Livro 1-Ligeiramente Casados
Livro 2-Ligeiramente Maliciosos
Livro 3-Ligeiramente escandalosos
Livro 4- Ligeiramente Seduzidos
Livro 5- Ligeiramente Pecaminosos
Livro 6- Ligeiramente Perigosos

Título Original: Slightly Sinful
Autor: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Série Bedwyns- livro 5
Gênero: Romance Histórico
Sub-Gênero/Assunto: Falsa Identidade, Imperfeições, Humor
Período: Regência. Inglaterra.



3.5/5
 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

terça-feira, novembro 22, 2016

[Resenha] A Sombra do Passado - Sylvain Reynard



“A jovem e doce Raven Wood está em Florença trabalhando na restauração de O nascimento de Vênus, de Sandro Botticelli. Certa noite, ao tentar evitar que um sem-teto seja agredido, ela mesma fica em perigo, mas é salva a tempo pelo belo e poderoso William York. Depois desse encontro, eles se envolvem numa improvável e avassaladora paixão.
O príncipe vampiro jura seu amor por Raven e promete se vingar de todos os que um dia a feriram. Contudo, ela prefere não ceder à violência e, para surpresa de William, busca nele algum traço de humanidade sob a aparente frieza – alguma bondade que lhe permita entregar-se a ele sem receios.
Mas um perigo terrível pode pôr fim à felicidade do casal. Uma sombra se espalha por Florença, colocando em risco a paz que há séculos existe entre seres humanos e sobrenaturais. Enquanto tenta proteger Raven, o príncipe precisa descobrir quem o traiu e evitar uma guerra entre poderes há muito adormecidos.”



Depois que conheceu o misterioso Willian York, a vida da jovem Raven Wood não foi mais a mesma. Nem a dele. De inicio, ele não conseguia- nem iria- admitir o amor que estava sentindo por ela. Uma mera humana, mas de alguma forma, aquela jovem tímida, de bengala, conseguira resgatar um pouco da humanidade á tanto esquecida nele.

O problema é que só o amor pode não ser o bastante.
Neste segundo livro da série Noites em Florença, o relacionamento intimo de Willian e Raven não está mais em dúvida. Eles se amam. Não há como negar, ou evitar. Porém, como todo grande romance que se preze, este também fadado a percalços. O mundo dominado por Willian está começando a ruir -e talvez seja impossível ter Raven a seu lado.
Ah, o amor! O drama! A Sombra do Passado está cheio disso. É ótimo ver que não existe mais dúvidas quanto ao sentimento dos dois, porém é claro que nada pode ser tranquilo e favorável. Existe aí uma trama interessante e muito instigante. O problema é que ela demora a acontecer.

O livro tem uma trama muito interessante e original, porém, o ritmo instável da escrita acaba prejudicando um pouco a leitura. A primeira parte, basicamente só baseada no lado romântico da história, é, pra ser gentil , enfadonha. A leitura não rende. O que é uma pena, pois Willian é um personagem fantástico. E, neste livro, muito superior à Raven. Não sei o que aconteceu com a mocinha supimpa do livro anterior, mas aqui ela ficou tão bobinha! E a segunda parte do livro, aonde a ação realmente acontece, precisava- e muito- de uma mocinha mais “ativa”.

A segunda parte é realmente o ponto alto do livro. Mais do que simplesmente uma história de amor vampiresco, o misterioso autor nos brinda com muita ação, jogos de poder e traição. O problema são as páginas até ali.

Já disse isso em outras resenhas, Sylvain Reynard não é um autor para todos, mas é aquele tipo de leitura que, após a estranheza inicial vale a muito a pena. A Sombra do passado é mais um exemplo. O inicio enfadonha abre as portas para uma história realmente incrível que deixa a gente “salivando” por mais. Além disso, a inserção (em um papel importantíssimo) de um personagem histórico dá um sabor super especial á trama.

A Sombra do passado está longe de ser uma leitura perfeita, ou mesmo regular, mas a partir do momento que a história te pega, é impossível não se envolver.
Vale a Pena a Leitura.



***O livro foi gentilmente cedido pela editora***

Série
Livro 0.5- O príncipe de Florença
Livro 1- A Transformação de Raven
Livro 2- A Sombra do Passado
Livro 3- The Roman

Título Original: The Shadow
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Série Noites em Florença- livro 2
Gênero: Fantasia
Sub-Gênero/Assunto: Vampiros, Romance
Período: Atual . Florença


Outra Capa:


4/5

 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

quarta-feira, novembro 09, 2016

#Divulgação: Livro 'Meu Irmão, Meu Amigo'



Dois irmãos. Dois grandes amigos. José Maria e Joaquim têm uma ligação muito forte de amor, admiração e cuidado um com o outro. Dois irmãos inseparáveis, que não deixariam de estar lado a lado nem mesmo se o acaso ou o destino tentassem impor o seu afastamento. Uma semana antes das férias escolares de julho, devido a um trágico acidente, eles são obrigados a se separar para sempre. Mas José Maria acaba criando uma estratégia e, assim, consegue preservar o irmão do sofrimento incontido que parecia inevitável. Uma história comovente, de amor e lealdade, que vai emocionar os leitores que acompanharem as aventuras desses dois meninos irmãos.

Para Saber Mais:

O livro no Google Play
digitalizabrasil.com.br




 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

terça-feira, novembro 08, 2016

[Resenha] Resgatada pelo Lobo - Flavia Cunha


“Depois de um período sombrio marcado por uma onda de loucura e pelo sangue de inocentes, uma nova liderança assume matilha. Agora o Clã dos Lobos está instalado em Springville, Texas. E a matilha vive em “Lone Wolf”, um lugar seguro e confortável para aqueles que desejaram seguir com o novo Alfa, Hunter Lonewolf.

Grace Sullivan está em busca de um novo emprego e uma nova oportunidade de recomeçar em outro lugar... e acabou caindo em uma armadilha. E então um homem maravilhoso a salvou e transformou a sua vida.

Aidan Wild é um dos melhores amigos do Alfa e se preocupa, assim como ele, com o futuro da matilha. Ao ajudar uma jovem em apuros, ele não tem ideia de que está frente a frente com a sua companheira. Afinal, Grace Sullivan é humana!
Essa incrível descoberta renova as esperanças de futuro, mas traz o medo de uma nova onda de loucura. Além disso, como Grace reagiria ao descobrir que foi resgatada por um lobo?”



Quem resiste à um Lobão?

Apesar de ter sido lançada depois, a trama de Resgatada pelo Lobo se passa antes do primeiro livro da série, Escolhida pelo Lobo. Aqui, antes do Lobo Alfa Hunter conhecer sua amada, Aidan, o segundo em comando, por assim dizer, encontra sua companheira em uma humana chamada Grace.

Resgatada pelo Lobo é um livro no melhor estilo romance de banca- e eu não falo isso de modo pejorativo, muito pelo contrário. De modo simples e direto, nós é apresentado um amor improvável mas incrivelmente forte entre uma jovem que sofreu horríveis traumas e um homem-lobo que pensou nunca conseguir encontrar “sua cara-metade”. Com um ritmo envolvente e personagens bem interessantes, o livro me lembrou muito os clássicos da querida Titia Palmeirão, mas sem as ogrisses de seus mocinhos. Aindan é um típico macho-alfa mas seu cuidado e amor para com Grace é tão lindinho e gostoso de se ver que é impossível não se apaixonar um pouco- muito- por ele.

O casal tem uma química instantânea e inegável, o que é facilmente comprovado pelas cenas de romance. Cenas essas, devo dizer, que não são em nenhum momento fortuitas ou sem razão. Graças aos céus por isso, viu?!

Eu adorei que a autora não se restringiu apenas a trama do casal principal e deu margem a outros acontecimentos no universo da série. Minha única crítica é a falta de um maior desenvolvimento dos personagens e algumas situações. Queria mais.
Certas coisas aconteceram rápido demais. Entretanto, apesar disso, senti um significativo aumento na qualidade da escrita. Já gostava do estilo da Flavia, mas sinto que ela está amadurecendo como autora. O primeiro livro foi bom, mas achei esse mais envolvente e apaixonante.

Resgatada pelo Lobo foi um livro delicinh, ótimo para se ler numa tarde chuvosa de sábado. A Flavinha soube muito bem misturar romance e mistério- e ainda me deixou com muita curiosidade a respeito do que vem por aí em Springville!

Ah, e um Bennet faz uma participação mais do que especial!

Recomendo!

Título Original: Resgatada pelo lobo
Autor: Flavia Cunha
Série Lobos de Springville- livro 2
Gênero: Romance
Sub-Gênero/Assunto: Fantasia
Período: Atual

 Compre seu exemplar na AMAZON!

Livro 1- Escolhida Pelo lobo
Livro 2- Resgatada pelo Lobo


4/5

 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

quinta-feira, novembro 03, 2016

[Resenha] Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter - Sarah MacLean


“Desde que foi nomeado em Londres como o "Lorde das terras" pela revista mais popular entre as senhoras, Nicholas St. John foi implacavelmente perseguido por toneladas de cada espírito feminino do matrimônio. Então, quando uma oportunidade de escapar da sociedade moderna se apresenta, ele ansiosamente salta para o caminho e, um dos mais determinados solteiros, se depara com uma terrivelmente deliciosa mulher que ele jamais conheceu!

A filha de um perdulário, intitulada Lady Isabel Townsend tem muitos segredos e muito pouco dinheiro. Embora usado para cuidar de si mesma com bastante facilidade, o recente falecimento de seu pai deixou Isabel no mar e na necessidade de ajuda externa para proteger o direito de primogenitura de seu jovem irmão. O pecaminosamente bonito, eminentemente qualificado Lord Nicholas poderia ser a salvação que ela procura.

Mas a senhora deve ser cautelosa e não fazer nada imprudente... como cair loucamente, apaixonadamente no amor.”



Mais um romance de época fofinho mas que, honestamente, não acrescenta, muita coisa ao gênero. Não que o livro seja ruim- muito pelo contrário-mas, se comparado ao livro anterior, deixa bastante a desejar. Ou talvez, simplesmente por “Nove Regras” ter sido tão lega existe sempre aquela expectiva...vocês sabem, né?

Em Dez Formas de fazer um coração se derreter temos Nicholas St. John, o irmão gêmeo (mais novo!) do Marquês de Ralston. Nicholas tem uma preocupação na vida: fazer com que sua meia-irmã seja bem aceita na Sociedade. Bem, ele tinha apenas uma preocupação: após ser eleito um dos solteiros mais cobiçados do país, as moçoilas casadoiras não o deixam em paz. É por isso que quando um velho amigo dos tempos de escola vem lhe pedir ajuda para encontrar a irmã que desapareceu ele não pensa duas vezes. Ainda mais quando a “pista” mais recente diz que a jovem Georgianna estaria lá para os lados de Yorkshire. Ou seja, bem longe de Londres.

Acompanhado pelo melhor amigo, um turco chamado Rock, St. John parte em busca da jovem. É quando ele conhece Isabel Townsend, uma jovem lady e empobrecida- e senhora de uma casa um tanto quanto peculiar.

Solteira, sem dinheiro e filha de um conde conhecido como o “Conde Perdulário”, Lady Isabel precisa urgentemente de dinheiro. Primeiro, para seu irmão mais novo, de anos, e herdeiro do título, e também para...bem, para outras “coisinhas”. Não entraremos em detalhes, okay? Quando ela encontra Nicholas, vê nele uma grande chance. Não, não para casar (sei muito bem que vocês estavam pensando que era isso, né?) mas para que ele avalie uma série de estátuas gregas que ela tem e que pretende vender.

Ufa! Quanta coisa né? E ainda tem Georgianna. Mas não temam, o livro não é nenhum pouco confuso ou cheio de sub-sub-sub-tramas. Apenas existe toda uma “condição” para se “entrar” na história principal. E esta história é legal, com personagens interessantes e uma história de amor bem amarrada. O problema foi que não me “fisgou”. Não consegui me apaixonar pelo casal, apesar de ter adorado St.John e de Isabel ser uma mocinha muito digna.

Se eu fosse apontar algo específico, o que mais me incomodou foi a parte “sensual” do livro. Nada contra cenas de sexo mas, aqui, achei-as desnecessárias. Não contribuíram em nada pra trama e, honestamente, me deram tédio.

Além disso, eu me vi o tempo todo querendo saber mais sobre Georgianna. Eu já li o livro que conta a história dela (ver a listagem ao final da legenda) e eu adoro a personagem. Isso, não posso negar, acabou me tirando o foco.


Além do fator “Georgianna”, o que mais me agradou no livro foram justamente os personagens.Não estou falando do casal protagonista, mas principalmente daqueles que o rodiavam. Os já citados Rock, James, irmão de Isabel, e Lara, prima desta, são os maiores exemplos. Apesar de alguns clichês compreensíveis, os personagens são incrivelmente originais e, diria eu, humanos.


Dez Formas de fazer um coração se derreter é um daqueles livros de leitura rápida, com algumas belas passagens românticas e toques de humor mas que estão longe de ser inesquecíveis. Mesmo assim, foi, acima de tudo uma leitura prazerosa que deixa a gente com um sorrizinho feliz no rosto.

Vale a Pena a Leitura.

Ah, e só para constar, não curti muito o título nacional.

**Este livro foi gentilmente cedido pela editora**



Série:

Livro 1-Nove Regras a ignorar antes de se ignorar
Livro 2- Dez formas de fazer um coração se derreter
Livro 3-Onze leis a cumprir na hora de seduzir

O Spin-Off:


Livro 1-Entre o Amor e a Vingança
Livro 2-Entre a Culpa e o Desejo
Livro 3-Entre a Ruína e a Paixão
Livro 4-Nunca Julgue uma Dama pela aparência

O último livro conta justamente a história de Georgianna.

Título Original: Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord
Autor: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Série Os Número do amor- livro 2
Gênero: Romance Histórico
Sub-Gênero/Assunto: Gêmeos
Período: Regência. Yorkshire, Inglaterra.


4/5

 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

domingo, outubro 30, 2016

[Resenha] O Medo mais Profundo - Harlan Coben



“Na época da faculdade, Myron Bolitar teve seu primeiro relacionamento sério, que terminou de forma dolorosa quando a namorada o trocou por seu maior adversário no basquete. Por isso, a última pessoa no mundo que Myron deseja rever é Emily Downing.

Assim, ele tem uma grande surpresa quando, anos depois, ela aparece suplicando ajuda. Seu filho de 13 anos, Jeremy, está morrendo e precisa de um transplante de medula óssea – de um doador que sumiu sem deixar vestígios. E a revelação seguinte é ainda mais impactante: Myron é o pai do garoto.

Aturdido com a notícia, Myron dá início a uma busca pelo doador. Encontrá-lo, contudo, significa desvendar um mistério sombrio que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça.

Nesse jogo de verdades dolorosas, Myron terá que descobrir uma forma de não perder o filho com quem sequer teve a chance de conviver.”



Um livro para se ler “de uma sentada só”.

Após os acontecimentos do livro anterior (Detalhe Final) , Myron Bolitar está morando com Win em Nova Iorque e mais do que disposto a reerguer sua empresa. Tudo o que ele menos quer é se envolver em mais uma investigação. Obviamente, querer não é poder. Quando sua ex-namorada, Emily reaparece pedindo a ajuda de Myron, o mais fácil seria negar. Infelizmente, o mais fácil não é possível. O filho dela, Jeremy, está sofrendo de uma terrível doença e precisa urgentemente de um transplante de medula. Um doador compatível foi encontrado- o que seria ótimo se ele não tivesse sumido da face da Terra. Emily quer que Myron o encontre.

Bem, Myron poderia até dizer que sente muito por ela, mas não faz mais este tipo de serviço, mas Emily lhe conta mais: Myron é o pai biológico do garoto.
Com seu habitual senso de dever e sem ao menos ter um tempo mais para “digerir” a nova informação, Myron sai em busca do doador desaparecido. E se depara com uma história que envolve segredos de família, jornalista em desgraça e um serial killer.
Como já se era de esperar, nada com Myron pode ser fácil, né?

Ai, que livro incrível. Você começa pensando que vai ser sobre determinada coisa e de repente o autor te leve para um lugar completamente diferente, onde a gente não sabe o que pensar. Não é uma questão de surpresas fácil e maniqueístas com o afã de mexer com o leitor. São desdobramentos na trama que me deixaram de queixo caído e doida para saber o que mais o Sr. Coben me reservava.

O O humor, tão presente nos livros da série, aparece de forma mais tímida em O medo Mais Profundo Assim como no livro anterior, existe aqui um certa melancolia.
Os personagens continuam incríveis, com um Myron mais introspectivo e finalmente ciente da finitude das coisas- e como tudo pode mudar. Win, ah, Win! Este continua sendo meu personagem favorito, uma alma aparentemente fria mas que sabe como ninguém avaliar situações e pessoas.
Ele é o ponto de equilíbrio.

O medo Mais Profundo é um livro emocionante, com uma trama bem escrita e desenvolvida. O melhor de tudo é que quando você pensa que está tudo solucionado, algo novo aparece e muda tudo. O livro provoca um sentimento meio paradoxal no qual ao mesmo tempo em que queremos saber logo o que aconteceu, não queremos que a história termine.

Recomendo!

**Este livro foi gentilmente cedido pela editora**


A Série

Livro 1- Quebra de Confiança [RESENHA]
Livro 2- Jogada Mortal [RESENHA]
Livro 3- Sem Deixar Traços [RESENHA]
Livro 4- O Preço da Vitória (Back Spin)[RESENHA]
Livro 5- Um Passo em falso[RESENHA]
Livro 6- Detalhe Final[RESENHA]
Livro 7 O Medo Mais Profundo
Livro 8- A Promessa – lançado pela editora ARX
Livro 9- Quando ela se foi
Livro 10- Alta Tensão
Livro 11- Home ---> Sim, você não leu errado TEM LIVRO NOVO DA SÉRIE!!!!



Título Original: Darkest fear
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Série Myron Bolitar-Livro 7
Gênero: Suspense
Sub-Gênero/Assunto: Serial Killer, Crime e Mistério
Período: Anos 200. Nova Iorque e Nova Jersey, EUA.



5/5
 photo Thais1_zpssfusghrx.gif