quarta-feira, agosto 24, 2016

[Resenha] Entre a Ruína e a Paixão - Sarah MacLean

“Uma noiva desaparecida na véspera de seu casamento. Um poderoso duque acusado de assassinato. Uma noite que mudou duas vidas para sempre. Temple viu seu mundo desmoronar quando acordou completamente nu e desmemoriado em uma cama repleta de sangue. Destituído de seu título e acusado de assassinato, o jovem duque foi banido da sociedade. Doze anos depois, recuperado em sua fortuna e seu poder como um dos sócios do cassino mais famoso de Londres, sua redenção surge quando a única pessoa que poderia provar sua inocência ressurge do mundo dos mortos. Após doze anos desaparecida, Mara Lowe se vê obrigada a reaparecer quando seu irmão perde toda a fortuna da família nas mesas do cassino do homem cuja vida ela arruinou. Temple quer provar a todos que é inocente e, sobretudo, se vingar e destruir a vida daquela mulher, enquanto Mara precisa enfrentar o passado para recuperar seu dinheiro. Assim, os dois firmam um acordo obsceno que os une em um jogo de poder e sedução. Mas ambos descobrem que a realidade esconde muito mais do que as aparências revelam e eles se veem em uma encruzilhada na qual precisam escolher entre lavar a honra do passado e garantir o futuro ou ceder ao desejo de se entregarem de vez à irresistível atração que sentem um pelo outro, mas que pode arruiná-los para sempre. ”


Pela sinopse e até mesmo pelo o que já havia sido apresentado nos livros anteriores da série (lembrando que é aconselhável ler na ordem certa!) eu imaginava uma história diferente mas mesmo assim gostei muito do que li.

Em uma manhã fatídica,o jovem nobre Willian Harrow viu seu mundo de privilégios ruir: ele acorda nu e coberto de sangue. Pior, ele está nu e coberto de sangue na cama da futura esposa de seu pai, Mara Lowe. Não existe um corpo, mas isso não importa. O jovem Willian está acabado. Ele é agora o “Duque Assassino”. Um pária.

Doze anos se passam e Willian é agora Temple, um dos sócios do mais importante clube de cavalheiros de Londres e um imbatível lutador de boxe. Temple não busca perdão nem nada disso; o que ele gostaria realmente era saber o que aconteceu 12 anos atrás. Afinal, ele não lembra de nada. Mas sente-se culpado. Porém, tudo muda quando Mara reaparece. Viva. E precisando da ajuda de Temple.

Com um enredo bem armado e desenvolvido, Entre a ruína e a paixão é um romance de época que prende a atenção desde a primeira página. Apesar de não ser exatamente uma história de mistério, é inegável que a autora deixa o leitor completamente à mercê e ávido por respostas. Temple é um personagem maravilhoso. Vítima sim de uma grande injustiça mas que também fez seus próprios erros. De modo algum ele é um coitado que precisa de redenção. Ou perdão. E isso que faz ele ser tão especial. É interessante notar que mais do que ódio, ele, sente mágoa de Mara. Há uma incompreensão do por quê tudo aquilo aconteceu.

É neste momento que está a grande falha do livro, a meu ver: os motivos de Mara. Eu entendi porque ela fez o que fez, mas mesmo assim achei que foi extremamente cruel o que ela fez. Por mais desesperada que tivesse, nada justifica arruinar a vida de outra pessoa- e só reaparecer DOZE ANOS DEPOIS. Eu até gostei da personagem e do modo como ela passou a viver, seus dramas e tal, mas confesso que fiquei com uma magoazinha dela, rs. Até porque Temple é daqueles mocinhos que se fazem de durões mas na verdade precisam de muito colo e carinho.

Repleto de personagens interessantes (tirando o irmão de Mara, que eu detestei!), o livro mostra uma Londres dos subúrbios e da jogatina. O lado feio da nobreza e da ganância. Com um estilo bem descontraído, a autora está se tornando uma das minhas favoritas.

Uma história muito boa, cheia de nuances, dramas e amores. E no final tem uma revelação bem interessante à respeito do próximo livro.


Recomendo.



Série:

Livro 1-Entre o Amor e a Vingança
Livro 2-Entre a Culpa e o Desejo
Livro 3-Entre a Ruína e a Paixão
Livro 4-Nunca Julgue uma Dama pela aparência

Título Original: No Good Duke Goes Unpunished
Autor: Sarah MacLean
Editora: Gutenberg
Gênero: Romance Histórico
Série: Clube dos Canalhas – Livro 3
Sub-Gênero/Assunto: Segunda Chance, Falsa Identidade
Período: Regência. Inglaterra.
Outra Capa:



4/5
 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

terça-feira, agosto 16, 2016

[Resenha] O Eterno Namorado - Nora Roberts


“Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada – dentro do cronograma.

A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen.

Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar.

Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.”




Legalzinho.

O Eterno Namorado é um daqueles livros que fazem com que eu não seja uma fã incondicional da Nora Roberts. Adoro os livros dela, a forma como ela escreve as tramas e seus personagens, mas muitas vezes (e esta é uma delas), a autora parece se repetir e mais, parece que carece uma maior fluidez e “simpatia” ao texto. Ou seja, é chato.

O Eterno Namorado é um livro inho: legalzinho, bonitinho...chatinho. Eu adorei o livro anterior e por isso, não posso negar, esperava bem mais desse. O casal, Owen e Avery não é ruim e é fácil querer um final feliz para os dois, mas eles tão pouco são aquele casal inesquecível que faz a gente suspirar. A história de amor entre os dois é linear e sem maiores contratempos- e aí é que está o grande problema do livro: não há drama.

Eu senti falta de conflito maior, ou até mesmo um melhor desenvolvimento dos sentimentos deles. É tudo uma grande pasmaceira e nem mesmo a trama de fundo da fantasma pareceu tirar a trama do marasmo. Além disso, a insistência da autora em fazer parte do livro uma sessão da revista Casa & Jardim não ajudou em nada. Eu adoro decoração, mas aqui ficou chato. Desnecessário.

O que salva no livro é que, apesar de tudo, Nora sabe trabalhar bem as palavras e os diálogos são muito bem colocados e conduzidos. Além disso, pequenos momentos de ironia fizeram com que a leitura se tornasse mais leve e, sim, mais prazerosa.

O Eterno Namorado não é uma leitura ruim, mas está longe de ser um livro apaixonante, um dos melhores da autora. Faltou mais força tanto à história quanto na maneira como foi contada. É uma história de amor agradável, mas sem grandes surpresas. De qualquer forma, estou bastante curiosa para ver como esta trilogia termina.

Série:

Livro 1- Um Novo Começo
Livro 2- O Eterno Namorado
Livro 3- O Par Perfeito


**este livro foi gentilmente cedido pela editora**

Título Original: The Last Boyfriend
Autor: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance Contemporâneo
Série: A Pousada- Livro 8
Sub-Gênero/Assunto: Amizade, Fantasma
Período: Atual. Maryland, EUA.
Capa Original:



3/5


 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

terça-feira, agosto 09, 2016

[Resenha] Em Meus Pensamentos- Bella Andre

“Quantos de nós podemos contar com uma segunda chance? Grayson Tyler enfrentou uma tragédia três anos atrás. Agora, ele está recomeçando sua vida nas montanhas da Califórnia. Talvez a paisagem calma, com céu azul, mar e montanhas, o ajude a se esquecer do passado infeliz. Nesse refúgio, ele também deseja ser esquecido por todos que o fizeram sofrer. A tranquilidade vai embora para sempre no dia em que a energia vibrante de Lori Sullivan invade a sua vida. Uma bailarina tão linda quanto impertinente, que não costuma levar desaforo para casa e não está nem um pouco interessada em agradar. O magnetismo entre os dois promete tirar, literalmente, o sossego de Grayson, mas o fazendeiro solitário não está disposto a baixar a guarda. Ele não vai  essa novata virar sua vida de cabeça para baixo.”

adar mas que a gente acaba achando bem mais ou menos? Pois é, foi o caso de Em Meus Pensamentos.

Confesso, eu não estava esperando algo maravilhoso, mas mesmo assim esperava mais. Eu gosto da série (apesar de não ser perfeita), o casal parecia ser legal, a capa era boa (cowboy!) e o livro tinha um...cowboy! Romance e vaqueiros, como dar errado?

Deu. E o pior é que eu nem sei explicar direito o quê deu errado. Mas deu. Claro que tem a velha questão do gosto pessoal, mas o fato é que o livro, como romance e literatura é bem fraquinho.

A velha história de amor da mocinha da cidade, no caso Lori Sullivan , e o mocinho rude e sexy do campo, Grayson Tyler, além de não apresentar nada de novo, não consegue trabalhar bem os arquétipos e clichês mais conhecidos. O casal não é ruim e existe um certo encantamento na trama, mas simplesmente falta algo. Aquela conexão com a história e os personagens que faz com que a gente torça por eles.

O interessante é que o livro, no geral, não é um ruim, mas apenas médio- e eisto a partir de um certo momento começa a incomodar. Eu fiquei esperando por um drama, uma emoção maior que não veio.

Eu tenho muita simpatia pela autora, mas achei que faltou mais “sustança” nesta história de amor. Caras e bocas e cenas de sexo nem sempre são suficientes. Aliás, quase nunca.

Não é um livro ruim; Em Meus Pensamentos tem sim os seus bons momentos, mas poderia ter sido bem melhor.


Série:
Livro 1- Um Olhar de Amor
Livro 2- Por um Momento Apenas
Livro 3- Não Posso Me Apaixonar
Livro 4- Só Tenho Olhos Pra Você
Livro 5- Se Você Fosse Minha
Livro 6- Quero Ser Seu
Livro 7- Perto de  Você
Livro 8- Em Meus Pensamentos- último livro dos Sullivans de São Francisco. Depois, é a vez dos primos de Seattle.
Livro 8.5- Uma Noite Perfeita (One Perfect Night)
Livro 9- O jeito Que Você Me Olha (The Way You Look Tonight)
Livro 10- Quando um homem ama uma mulher (Kissing Under the Mistletoe)
Livro 11- Preciso do Seu Amor-
Livro 12- Just To be with you-
...e por aí vai!

Honestamente, acho que essa série não deve ter mais fim não , viu! Lista Completa No Goodreads.



Título Original: Always On My Mind
Autor: Bella Andre
Editora: Novo Conceito
Gênero: Romance Contemporâneo
Coleção: -
Série: Sullivans- Livro 8
Sub-Gênero/Assunto: Hot, Amor e ódio, cowboys
Período: Atual. San Francisco, EUA.


Capa Original:

2.5/5

quarta-feira, agosto 03, 2016

Promoção Outlander: Resultado

...E a promoção "Outlander" para celebrar os 7 anos do blog chegou ao fim. Muito obrigado a todos que participaram!




Parabéns, Marcos!

Você tem 3 dias para enviar um email para sweet.lemmon@yahoo.com.br com seus dados de entrega. A editora Arqueiro irá enviar o livro A Viajante do Tempo e eu, em até 60 dias, enviarei A Libélula no Âmbar.




 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

segunda-feira, agosto 01, 2016

Papo de Cinema: 5 filmes de 'romance adolescente' dos anos 80 e 90.

Há algumas semanas, passou no Corujão o filme Namorada de Aluguel. Como eu estava sem sono ( e era sexta-feira), eu resolvi rever este clássico da sessão da tarde. E vejam só, continuei achando o filme muuito legal. Muito melhor que muitos filmes "adolescentes" mais atuais. Eu fui adolescente nos anos 90, ou seja, ainda era criança em 1987, quando 'Namorada' estreou, porém, este e muitos filmes "para jovens" daquela época ainda são meus favoritos de romances juvenis. Por isso, resolvi fazer essa pequena lista dos 5 filmes "de amor adolescente" dos anos 80 e 90 que, acho eu, valem muito a pena serem vistos. Ou revistos.


Namorada de Aluguel (Can't Buy Me Love, 1987)

Com um Patrick Dempsey bem novinho, Namorada de Aluguel conta a história de Ronald Miller, um nerd que 'aluga' a garota mais popular da escola para que ela finja ser sua namorada e assim ele se tornar conhecido. Uma delícia de filme! Romântico e engraçado, mostra que popularidade não é tudo na vida.
Sinopse original no Adoro Cinema.
 



Lucas, a inocência do primeiro amor (Coming of Age, 1986)

Este poderia ser mais um filme sobre o esquisitão impopular que se apaixona pela menina mais bonita da escola, mas é impossível não se emocionar com a amizade entre menino superdotado de 14 anos e a bela garota de 16, namorada do capitão do time de Futebol. O final é de marejar os olhos.
Sinopse original na Wikipedia.



As patricinhas de Beverly Hills (Clueless, 1995)


Com uma trilha sonora incrível e um enredo livremente inspirado em "Emma", de Jane Austen, este é um dos filmes adolescentes mais legais e emblemáticos dos anos 90. Assim como a Emma do romance original, Cher é uma garota rica e mimada que adora dar uma de casamenteira mas que não percebe que o amor pode estar mais perto do que ela imagina. Confesso que até hoje tenho uma certa queda pelo Paul Rudd por causa desse filme! hehehe
Sinopse original no Adoro Cinema.



Alguém muito especial (Some Kind Wonderful, 1987)

Escrito pelo mestre dos filmes adolescentes, John Hughes, o filme fala sobre aquele sentimento tão conhecido- e dolorido: amar e não ser correspondido. Apaixonar-se pelo melhor amigo ainda ter que ajudá-lo a conquistar outra. Lindo, e com diálogos inspiradíssimos.

Sinopse original no Adoro Cinema.



Admiradora Secreta (Secret Admirer, 1985)


 À primeira vista, o filme pode ser bem parecido com Alguém Muito Especial. Afinal os dois falam sobre uma garota apaixonada pelo melhor amigo, porém as semelhanças acabam por aí. Com mal entendidos e cartas de amor anônimas, o filme é uma comédia muito divertida e romântica. Além de ser a prova de como os homens podem ser burros cegos! :P
Sinopse Original no Adoro Cinema






 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

sexta-feira, julho 29, 2016

[Resenha] O Bicho da Seda - Robert Galbraith


“Quando o escritor Owen Quine desaparece, a sua mulher contrata os serviços do detetive privado Cormoran Strike. De início pensa que o marido se ausentou por uns dias - como já acontecera anteriormente - e recorre a Strike para o encontrar e trazer de volta a casa.
No decorrer da investigação, torna-se claro que o desaparecimento do escritor esconde algo mais. Quine tinha acabado de escrever um romance onde caracterizava de forma perversa quase todas as pessoas que conhecia. Se o livro fosse publicado iria certamente arruinar algumas vidas - pelo que haveria várias pessoas interessadas em silenciá-lo.
E quando Quine é encontrado, brutalmente assassinado em circunstâncias estranhas, começa uma corrida contra o tempo para tentar perceber a motivação do cruel assassino, um assassino diferente de todos aqueles com quem Strike se tinha cruzado...
Um policial de leitura compulsiva com um enredo que não dá tréguas ao leitor, O Bicho-da-Seda é o segundo livro desta aclamada série protagonizada por Cormoran Strike e pela sua jovem e determinada assistente Robin Ellacott.”



Uma série cada vez melhor.

Eu já tinha gostado de O Chamado do Cuco, mas foi somente com O Bicho da Seda que eu posso dizer, com absoluta convicção, que a série com certeza me fisgou. Se o primeiro livro me deixou com algumas dúvidas, este foi paixão na certa.

Em O Bicho da Seda, o autor soube narrar e tecer os fatos muito bem, mesclando com maestria os dramas dos personagens, os horrores dos fatos e aquela pitada de mistério com ares de livros de outrora. Impossível não se lembrar dos grandes detetives da literatura como Poirot e Sherlock, enquanto testemunhamos as desventuras de Cormoran Strike pelo mundo dos editores, livros e escritores.

Sim, porque é o mundo literário um dos grandes protagonistas de O Bicho da Seda. E um protagonista que não foi pintado com cores muito favoráveis. A partir do desaparecimento de um escrito excêntrico porém medíocre, com mais inimigos do que amigos, somos apresentados ao universo cheio de rancores e futilidades, aonde o talento nem sempre é o mais importante, e amizades são facilmente desfeitas. Com a ajuda cada vez mais sagaz de assistente, Robin, Cormoran pouco a pouco vai descobrindo como um simples caso de desaparecimento se torna algo muito mais complexo.

O Bicho da Seda é narrado de forma linear, mas nada simplista ou óbvio. É uma trama de tensão crescente, no qual o mistério vai surgindo no decorrer das páginas. Apesar de uma forte inspiração na literatura de detive mais clássica, o autor não se deteve apenas no lado “detetivesco” da história; assim, também podemos descobrir um pouco mais de Cormoran como pessoa e, claro, a presença cada vez mais atuante de Robin. Foi ótimo ver como ela cresceu como personagem e não é apenas mais uma coadjuvante à sombra do patrão.

Apesar de ser mais pautado no trabalho de detetive, o livro apresentada algumas cenas bem grotescas, mas apesar de causarem ojeriza, elas são partes cabais da história e não estão ali somente para “chocar”o leitor. É essa percepção que faz a diferença.

O Bicho da Seda é um livro de diálogos e a descrições precisas mas bem desenvolvidas; não é um thriller de consumo rápido. Muito pelo contrário, é um livro de leitura densa mas mesmo assim altamente envolvente. Assim que a gente começa não consegue parar de ler.

Eu só não dei 5 estrelinhas devido à alguns errinhos de grafia e ortografia/gramática.

Recomendo.


Série:

Livro 1- O Chamado do Cuco
Livro 2- O Bicho da Seda
Livro 3- Vocação para o mal

Título Original: The Silkworm
Autor: Robert Galbraith, J.K. Rowling
Editora: Rocco
Gênero: Romance Policial
Série: Cormoran Strike- Livro 2
Sub-Gênero/Assunto: Imperfeições, Crime e Mistério, Detetives, Escritores
Período: Atual. Londres, Inglaterra.

Outra Capa:



4.5/5

 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

quarta-feira, julho 27, 2016

[Resenha] A Dama da Meia-Noite - Tessa Dare


“Pode um amor avassalador apagar as marcas de um passado sombrio?

Após anos lutando por sua vida, a doce professora de piano, Srta. Kate Taylor, encontrou um lar e amizades eternas em Spindle Cove. Mas seu coração nunca parou de buscar desesperadamente a verdade sobre o seu passado. Em seu rosto, uma mancha cor-de-vinho é a única marca que ela possui de seu nascimento. Não há documentos, pistas, e nem ao menos lembranças…

Depois de uma visita desanimadora para sua ex-professora, que se recusa a dizer qualquer coisa para Kate, ela conta apenas com a bondade de um morador de Spindle Cove, o misterioso, frio e brutalmente lindo, Cabo Thorne, para voltar para casa em segurança. Embora Kate inicialmente sinta-se intimidada por sua escolta, uma atração mútua faísca entre os dois durante a viagem. Ao chegar de volta à pensão onde mora, Kate fica surpresa ao encontrar um grupo de aristocratas que afirma ser sua família.

Extremamente desconfiado, Thorne propõe um noivado fictício à Kate, permitindo-lhe ficar ao seu lado para protegê-la e descobrir as reais intenções daquela família. Mas o noivado falso traz à tona sentimentos genuínos, assim como respostas às perguntas de Kate.

Acostumado com combates e campos de batalhas, Thorne se vê na pior guerra que poderia imaginar. Ele guarda um segredo sobre Kate e fará de tudo para protegê-la de qualquer mal que se atreva atravessar seu caminho, seja uma suposta família oportunista… ou até ele mesmo.”




Uma linda história de amor.

Spindle Cove é uma daquelas séries que vão te conquistando aos poucos. O primeiro livro foi bom mas não espetacular, o segundo eu amei, apesar da história não apresentar muitas surpresas e este...este tem um casal e uma história de amor incríveis. Particularmente, acho que Uma Semana Para se perder o meu favorito, mas foi impossível não se emocionar com a história de A Dama da Meia-Noite.

A Srta Kate Taylor é uma das residentes e a professora de música de Spindle Cove. Kate morou desde os 5 anos de idade em um orfanato e nunca soube (nem conseguiu) se lembrar de sua vida anterior. Com uma marca de nascença no rosto, ela vive uma vida contente na pequena comunidade de mulheres, porém espera mais. Ela quer saber sobre seu passado. Ter uma família. E isso pode finalmente se tornar realidade quando uma excêntrica família aristocrática surge afirmando ser aquilo que ela mais deseja.

Para Kate aquilo era um sonho se tornando realidade, quase que como um conto-de-fadas, porém nem todos estão contentes. Principalmente Cabo Thorne, o frio soldado da milícia do lugar. Ao contrário o que se poderia parecer, através da aparente indiferença dele, existe ali um sentimento de adoração e zelo. Mas mais do isso, ele sabe muito mais do passado de Kate do que ela poderia imaginar.

Awww, tão lindo! Sei que existem milhares de histórias sobre pessoas machucadas, traumatizas mas que encontram a redenção através do amor, mas A Dama da Meia-Noite trata de desses valores por vezes tão clichês de forma sensível e adorável. Kate e Thorne tiveram uma vida de sofrimento e percalços. Thorne não é nem nunca será um homem elegante, da sociedade. Ele não é da aristocracia, mas é nobre. No sentido mais amplo da palavra. O que ele faz- fez- por Kate faz o coração da gente “borbulhar”. É lindo.

Mas também doloroso, porque, assim como tantos outros romances de amor, esses dois sofrem. Ah, como sofrem. Tudo parece ir contra. Até eles mesmos. Eu gostei que Kate não é uma mocinha frágil, que vive se lamentando. Claro que ela
quer uma mudança na vida, mas ela não deixa de viver por causa disso.

O livro fala como o passado não pode ser apagado ou reescrito. De uma forma ou de outra ele continua lá, presente, assim como a mancha que Kate tenta tanto esconder. A questão é enfrentá-lo. E saber conviver com ele.

A Dama da Meia-Noite é uma história de amor em sua plenitude e essência. Bela e forte.

Impossível não se apaixonar.

Recomendo.


Título Original: A Lady By Midnight
Autor: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Gênero: Romance Histórico
Série: Spindle Cove- Livro 3
Sub-Gênero/Assunto: Thriller, Suspense, Homens da Lei, Médicos
Período: Regência, Inglaterra

Série:
Livro 1- Uma Noite Para se entregar
Livro 1,5- Once Upon a Winter's Eve (short Story)- pode ser baixada grátis (em inglês) na Amazon.BR
Livro 2- Uma Semana Para se perder
Livro 3- A Dama da Noite
Livro 3.5-A bela e o ferreiro
Livro 4-Any Duchess Will Do
Livro 4.5-Lord Dashwood Missed - expectativa de publicação 2016
Livro 5-Do You Want to Start a Scandal- expectativa de publicação 2016


Outra Capa:



4.5/5
 photo Thais1_zpssfusghrx.gif