segunda-feira, junho 15, 2015

[RESENHA] O Rei - J.R. Ward

“Depois de recusar seu trono por séculos, Wrath, filho de Wrath, finalmente assumiu o manto de seu pai - com a ajuda de sua amada companheira. Mas a coroa pesa fortemente em sua cabeça. Enquanto a guerra com os Redutores continua, e a ameaça vinda do Bando de Bastardos está chegando perto de acontecer, ele é forçado a fazer escolhas que põe tudo e todos em risco. Beth Randall pensou que sabia no que estava se metendo quando ela se relacionou com o último vampiro puro-sangue no planeta - não seria nada fácil. Mas quando ela decide que quer ter um filho, percebe que não estava preparada para a resposta de Wrath - ou a distância que essa decisão criaria entre eles. A questão é - o amor verdadeiro vencerá?”



Maravilhoso.

A Irmandade da Adaga Negra é uma das séries mais viciantes que existem; podem até ocorrer alguns tropeços e, nos últimos livros, a autora excedeu um pouco no que se refere à tramas paralelas, mas o fato é que estamos sempre querendo ler o próximo livro.

O problema é que mesmo com esse “querer”, um leve desgaste foi notado- e, citando mais uma vez, o acumulo de tramas paralelas estavam sim tirando um pouco do brilho.
Mas eis que veio O Rei e tudo (parece) voltou aos eixos, ou às raízes.

Confesso que quando soube que o décimo-segundo livro da série era sobre Wrath não me empolguei muito. Eu adoro o personagem mas pensei Ah, mas já teve um livro sobre ele! Vai ser uma enrolação sem fim. ledo engano. O Rei não é o melhor da série até agora, mas é um dos.

J.R. Ward sabia muito bem o que estava fazendo.

Mais do que uma recapitulada ou um “apêndice” na trajetória de Wrath, neste livro, a autora dá novos e outros rumos ao universo criado pela série. É o momento da mudança. Não são mudanças óbvias nem imediatas, mas nós sabemos que elas estão por vir.
A partir da questão de ter ou não um filho, nós testemunhamos a dor e as dúvidas do rei vampiro. Senti raiva dele, de Beth- e também quis abraçar os dois. Beth, aliás, mostra-se ser uma personagem extremamente perspicaz e inteligente. Sei que algumas pessoas não gostam da personagem mas aqui ela se provou- e se alguém tinha alguma dúvida à respeito do amor dos dois, bem leia O REI.

Ao contrário dos livros anteriores, o “uso” das tramas paralelas e personagens secundários não foi cansativo nem exagerado. A autora soube manter o equilíbrio, deixando claro que o livro era sobre Wrath. A interação entre os personagens estava melhor que nunca e eu até gostei do John. Bem, só um pouquinho:P
O Rei me deixou uma sensação gostava de volta às origens, mas com um pé no que ainda está por vir. Com um ritmo ágil e constante, foi um livro cujas 624 páginas passaram “voando”. A leitura é tudo menos cansativa.

A Irmandade continua mais viva do que nunca.

Recomendo!

Só não esqueça de ler os livros na ordem certa!

A Série
Livro 1- Amante Sombrio (Dark Lover)
Livro 2- Amante Eterno (Lover Eternal )
Livro 3- Amante Desperto(Lover Awakened )
Livro 4- Amante Revelado(Lover Revealed )
Livro 5- Amante Liberto (Lover Unbound )
Livro 6- Amante Consagrado ( Lover Enshrined)
Livro 6.5- Father Mine: Zsadist and Bella's Story - Publicada no Guia Oficial como “faixa bônus” .
Livro 7- Amante Vingado (Lover Avenged )
Livro 8- Amante Meu (Lover Mine)
Livro 9- Amante Libertada Lover Unleashed
Livro 10- Amante Renascido (Lover Reborn) -
Livro 11- Amante Finalmente (Lover at Last)
Livro 12- O Rei (The King)
Livro 13- Os Sombras ( The Shadows )

Livro 14- The Beast
A série ainda conta com um Guia Oficial, escrito pela própria autora.



Título Original: The King
Autor: J. R. Ward
Editora: Universo dos Livros
Série: Irmandade da Adaga Negra- Livro 12
Gênero: Fantasia
Sub-Gênero/Assunto: Vampiros, paranormal, Hot, Gravidez, Imperfeições
Período: Atual. EUA.



5/5

Reações: