quarta-feira, maio 25, 2011

O Herói do Texas, de Ruth Langan [Série Texas 3] [Maratona de Banca]

Maratona de Banca- Mês de Maio. Tema: Ruth Langan. (MINHA LISTA)

Título Original: Texas Hero
Autor: Ruth Langan
Editora: Nova Cultural
Gênero: Romance Histórico
Coleção: Clássicos Históricos 13
Temas: Velho Oeste, Segunda Chance
Período: Velho Oeste Americano
Série: Texas / Familia Conway -livro 3/3
Uma nuvem de mistério envolvia a linda e enigmática Caroline...

O fazendeiro Thad Conway tinha certeza de que a nova professora daquela pequena cidade do Texas não era a jovem recatada e ingênua que fingia ser. De acordo com ele, a “srta. Adams” representava muito bem esse papel; mas ao ser atingido pelo intenso brilho daqueles olhos verdes, Thad percebeu o fogo que queimava dentro dela, revelando uma mulher capaz de arrebatadoras paixões...

Caroline Adams tinha um trabalho honesto numa respeitável comunidade, bem longe dos problemas que a haviam obrigado a fugir de sua terra natal. Pelo menos, era o que ela pensava. Até que o pesadelo de seu vergonhoso passado voltou para atormentá-la. Agora, correndo perigo, precisava pedir a proteção de Thad, o único homem capaz de salvá-la... ou arruiná-la!






O Herói do Texas é o terceiro e último livro da trilogia Texas (Família Conway) e tem como personagem principal o irmão caçula dos Conway, Thad.

Aqui, Thad está com cerca de 21 anos e vive sozinho em uma fazenda criando cavalos e construindo móveis de madeira. Para quem leu Jessie (o que eu sugiro), o personagem apresenta poucas semelhanças com aquele Thad de 7 anos, além do amor pela família e pelos cavalos. Obviamente, nenhuma pessoa normal continua sendo a mesma de quando era criança mas achei a mudança de Thad um pouco drástica. Em Jessie, apesar de tudo, ele era um garoto amável, doce, aqui ele me pareceu seco, depressivo. Por muitas vezes a personalidade dele me lembrou a de Cole no primeiro livro.


Não estou dizendo que seja um personagem ‘desprezível’ apenas que ao compararmos com o ‘eu’ dele criança, o Thad adulto sai perdendo.

A outra personagem principal é Caroline, uma jovem do Leste que chega àquela pequena cidade texana para ser a nova professora. Caroline é um tipo típico de personagem de Romances Históricos passados no oeste americano: muito bonita, mas tenta esconder a própria beleza e sensualidade, além de esconder segredos sobre o próprio passado. No geral, eu gostei da personagem. Ela é bem descrita e a autora vai nos mostrando lentamente qual o mistério a seu respeito- porém, a achei um pouco inconstante.

O Herói do Texas é basicamente a estória de amor entre estes dois personagens, tendo como pano de fundo as aulas dela e o seu ‘passado’ que parece estar cada vez mais perto. De forma geral eu gostei do livro mas achei que faltou um maior ‘toque romântico’ entre os dois personagens.Apesar de quê existem algumas nuances interessantes e não há como negar que o lado 'romântico' do livro cresce à medida que a estória vai acontecendo.

O livro tem bons momentos como a bela cena da aula com o menino paralítico, digo, com necessidades especiais (eita, politicamente correto!). O final, por exemplo, apesar de um tanto quanto inverossímil é romântico e aventuresco na medida certa.
Os personagens secundários são bons, mas não existe nenhum que realmente se destaque- apenas achei que a autora não se decidia se queria fazer da personagem Sara uma amiga ou uma chata fofoqueira.

Como eu disse anteriormente, o envolvimento romântico entre Caroline e Thad poderia ser mais evidenciado. É por isso que a cena de sexo não me agradou totalmente. Achei que o sexo aconteceu em um momento inoportuno e que ele, Thad, admiti muito rápido que a amava (talvez ‘rápido’ não seja a melhor palavra a ser usada mas sim ‘forçado’. Não vejo como um personagem como ele falando ‘eu te amo’ tão naturalmente. ). Mas, apesar de tudo, a cena é muito belamente descrita, em nenhum momento apelativa.



Olhando friamente, O Herói do Texas é um livro regular, razoável,porém, ao terminar a leitura, percebo que o livro é mais do que isso. E isso se deve principalmente à habilidade da autora, Ruth Langan em contar uma estória- apesar de todos os poréns, ela consegue manter a estória sempre interessante, instigante. Em momento algum, o leitor se sente aborrecido ou com vontade de abandonar a leitura.
Ah, e eu não poderia deixar de comentar sobre o epílogo: é fofo! :D

O Herói do Texas é um daqueles livros que a gente gosta, se emociona, mas que apesar de serem bons tem-se a impressão de que ficou faltando alguma coisa.

De qualquer forma, vale a leitura.


"— Eu posso cuidar de mim — respondeu Caroline, erguendo a cabeça para olhá-lo.
Thad reparou que os olhos dela ainda estavam úmidos.
— Eu acho que pode, sim.
Erguendo as mãos, ele afastou aquelas lágrimas com os polegares. Depois, como se fizesse a coisa mais natural do mundo, segurou o rosto dela com as duas mãos e encostou os lábios nos dela.
Caroline permaneceu estática, deixando a ele todas as iniciativas.
As mãos de Thad afagaram os cabelos dela e o beijo foi se tornando mais profundo. .
Então Caroline deixou escapar um gemido e envolveu a cintura dele com os braços.
Thad abraçou-a com força, beijando-a de uma forma quase selvagem. Estava dominado por uma súbita necessidade, algo que não se lembrava de ter experimentado antes. Desejava ardentemente aquela mulher, um desejo maior do que o que ele tinha pela liberdade. Não havia como negar aquele sentimento que conflitava com a razão.
Mas o que estava acontecendo com ele? A mulher que tinha nos braços não era do tipo que um homem podia possuir para depois ir embora tranqüilamente. Não, ela era uma mulher que fazia um homem pensar em fazer promessas, criar raízes. E levantar cercas para afastar os perigos."


Série: Texas / Familia Conway
Jessie (Texas Heart)- Jessie Conway- Leia a minha resenha de Jessie AQUI
Texas Healer- Inédito no Brasi difícil de ser encontrado em Inglês (ainda estou procurando)- Danny Conway
O Herói do Texas (Texas Hero)- Thad Conway

Mais uma vez, recomendo e muito que se leia o primeiro livro da série, Jessie antes de ler O Herói do Texas. Existem muitas referências ao primeiro livro da série.
Infelizmente, não acho em lugar algum o segundo livro, Texas Healer.

A Capa
Eu sei que o modelo da capa condiz mais com a imagem de um rapaz de 20, 21 anos mas ele não parece quase um bebê?!

Outras Capas:


Cotação:
3.5/5


O Blog está sorteando o livro O DUQUE E EU, da Julia Quinn + Marcador de Livros 'Bianca': Saiba mais AQUI

Reações: