quarta-feira, março 25, 2015

[Lançamento] A Playlist de Hayden #MinhasImpressões


A playlist de Hayden - Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente

Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.

A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.


Quando eu recebi da Novo Conceito os primeiros 8 capítulos de A playlist de Hayden eu não sabia muito bem o que iria encontrar. Tudo bem, eu tinha alguma noção do que se tratava o livro: suicídio, perda, bullying mas nada muito mais do que isso. Eu, particularmente, tenho uma visão um pouco diferente sobre o bullying (e suicídio); quase cínica, e estava sem muito saber como iria reagir com um livro sobre o tema.

Pois bem, eis que finalmente li esta pequena amostra e...UAU! Eu adorei o que encontrei. Tá certo, são apenas poucas páginas mas o pouco que eu li já me encantou totalmente. Sim, A playlist de Hayden fala sobre morte, bullying e amizade, mas pude perceber que o livro é muito mais do que isso. Com uma linguagem direta e acessível, a autora nos faz sentir solidários com a trama, mas sem cair no melodramático (pelo menos, por enquanto). Livros narrados em primeira pessoa são complicados. Afinal, se não há uma empatia com o personagem-narrador, tudo pode ir por água abaixo.

Eu adorei Sam. E adorei como ele tenta entender o quê aconteceu, o porquê aquilo aconteceu, mas ao mesmo tempo tentar seguir em frente. Nestas poucas páginas que li pude sentir a dor e a esperança do personagem.

Cada capítulo é inicializado com uma música e isto dá um toque pop e simpático. Além do mais, estas músicas (a playlist de Hayden) fazem todo o sentido. Mad World é uma das minhas músicas preferidas (me deu até vontade de rever Donnie Darko!) Eu gostei bastante que o livro parece não ser apenas focado no drama, existe também um mistério e... ah, não vou falar mais nada! rs

Bem, este post tem a função de falar as minhas primeiras impressões sobre A Playlist de Hayden, certo? Pois então, adorei o que eu li e estou morrendo de curiosidade de saber como esta história termina!

Reações: