terça-feira, julho 28, 2015

[Resenha] A Transformação de Raven - Sylvain Reynard

“Florença, o berço do Renascimento. Um lugar culturalmente fervilhante, perfeito para quem quer esconder segredos ou está em busca de uma segunda chance. Como a doce Raven, que se muda para a cidade na tentativa de esquecer os traumas do passado e se dedicar à sua maior paixão: a restauração de pinturas renascentistas.

Um dia, voltando para casa do trabalho na Galleria degli Uffizi, sua vida muda para sempre. Ao tentar evitar o espancamento de um sem-teto, Raven é atacada. Sua morte parece iminente, mas seus agressores são impedidos e brutalmente assassinados. Assustada e prestes a perder os sentidos, ela só consegue vislumbrar uma figura sombria que sussurra: Cassita vulneratus.

Ao despertar, Raven faz duas descobertas perturbadoras: uma semana se passou desde o ocorrido e ela se transformou por completo. Quando volta ao trabalho, mais uma surpresa: alguém conseguiu burlar o sofisticado sistema de segurança da galeria e roubar a inestimável coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia.

Em busca da verdade, Raven cairá diretamente nos braços do Príncipe de Florença – tão belo quanto poderoso, tão sedutor quanto maligno –, que lhe apresentará um submundo de seres perigosos e vingativos, cujas leis ela precisa aprender depressa se quiser se manter viva e salvar os que a cercam.
A transformação de Raven marca o início da série Noites em Florença, cujos personagens foram apresentados em O príncipe das sombras.”



Bem legal.
Após uma breve introdução em Principe das Sombras (que não conta muita coisa, sejamos sinceros!), finalmente temos a história de A Transformação de Raven. O livro é uma fantasia urbana sobre vampiros, arte renascentista e...amor.

Raven é uma restauradora norte-americana que trabalha em uma importante galeria de arte em Florença, na Itália. Certa noite, voltando sozinha de uma festa, ao tentar ajudar um mendigo, ela é atacada por um grupo de homens. A morte- e a violência sexual- eram certas a não ser pelo fato de que ela foi salva. E a partir daquele momento tudo na vida nela iria mudar.
Raven conheceria Willian (bem, quem leu o livro anterior sabe muito bem quem ele é!) e tudo o no que ela acredita ou deixa de acreditar parece não importar mais. Ele é um vampiro; e não um vampiro qualquer.

Eu estou me esforçando o máximo para entregar muito pouco do que está no livro- não porque o segredo seja imprescindível para a leitura, mas porque eu acho que assim o divertimento do leitor ser´melhor; Na minha opinião, muitas vezes, são as pequenas descobertas que fazem o divertimento.

E o que faz o divertimento- e diferencial- de A Transformação de Raven são os pequenos detalhes. Pequenas sutilezas que o tornam especial em relação em relação `a tantos outros Romances paranormais; o primeiro é o que Willian faz com Raven quando a salva; depois, é a própria Raven como personagem.

Foi muito bom ver uma mocinha fora dos padrões estabelecidos para “mocinhas de romances”. Raven não é nenhuma beldade, pelo contrario! Não que ela seja feia, mas a jovem não é nenhuma sílfide e ainda por cima é manca. Por vezes, eu me irritei com a visão extremamente dogmática que ela tinha das coisas, mas acho que focaliza parte da personalidade dela- e fazia parte do contraponto com a personalidade de Willian.
Este, aliás, foi outro ponto interessante. A própria história de vida de Willian, mesmo que só tenhamos conhecido uma parte, é riquíssima. Um vampiro com uma relação muito próxima à Deus.

A Transformação de Raven tem uma história interessante e contagiante, porém, assim como aconteceu com a outra série do autor (sim,eu acho que é um homem), não sei se é uma leitura para todos os públicos. Está certo que a escrita aqui está um pouco menos prolixa que em O Inferno de Gabriel- e até mesmo um pouco menos pedante- mas o ritmo mais pausado pode incomodar alguns. Eu mesma, apesar de estar adorando a história levei algum tempo lendo o livro. É uma questão de estilo, mas eu penso que vale a pena tentar. Muito a pena!

Recomendo.



Série
Livro 0.5- O príncipe de Florença
Livro 1- A Transformação de Raven
Livro 2- A Sombra do Passado
Livro 3- The Roman


Título Original: The Raven
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Série Noites Em Florença- livro 1
Gênero: Romance Paranormal
Sub-Gênero/Assunto: Vampiros, Fantasia
Período: Atual. Florença, Itália.



Outra Capa:
Capa da Edição Portuguesa ( a capa original, americana, é igual à nossa). Achei essa capa muito bonita. O tom usado (cor) é lindo.


4/5


 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

Reações: