segunda-feira, novembro 23, 2015

[Resenha] O Coração do Leão - Mia Sheridan


“Evie e Leo se conheceram ainda crianças, em um lar adotivo, e logo se tornaram grandes amigos. Com o tempo, a amizade se transformou em uma paixão avassaladora, e eles juraram ficar juntos para sempre.

Quando Leo foi inesperadamente adotado na adolescência e teve que se mudar para outra cidade, prometeu a Evie que entraria em contato com ela assim que chegasse lá e que voltaria para buscá-la quando ela fizesse 18 anos. Mas ele nunca mais deu notícias.

Oito anos depois, apesar das circunstâncias, Evie conseguiu dar a volta por cima. Tem um emprego, amigos e está feliz. Então, de repente, um homem chamado Jake Madsen surge em sua vida, alegando ter sido enviado por Leo para saber como ela está.

Evie não consegue evitar a atração que sente por esse homem sensual e misterioso. Mas será que ela pode confiar em um estranho? Ou será que ele está guardando um segredo sobre sua real ligação com Leo e os motivos que o levaram a sumir de sua vida anos atrás?”



Quando eu li A Voz do Arqueiro eu logo me encantei não só com a história mas, principalmente, com a escrita de Mia Sheridan. Mesmo tendo lido apenas um livro dela, já sabia que era aquele tipo de autora que eu deveria ficar de olho. Por isso, olhei com bastante expectativa o lançamento de Coração do Leão.
Bem, vocês sabem sobre o que dizem sobre expectativas...

Pois é. Não que Coração do Leão tenha sido uma má leitura, pelo contrário, mas foi impossível não comparar com o outro livro- e nesta comparação, o livro do Leão sai perdendo.

Coração do Leão fala sobre o poder do amor e as segundas-chances que a vida nos dá. Evie é uma jovem que viveu a maior parte sua vida em lares adotivos e que, agora, aos 22 anos, tenta seguir com a vida. Não uma vida completamente feliz, mas satisfatória até certo ponto. Ela trabalha como arrumadeira em um Hotel de luxo além de fazer bico como garçonete em um bar.

Tudo o que ela mais quer é se distanciar do passado. Principalmente das lembranças. E por lembranças, leia-se Leo, o seu melhor amigo, companheiro do lar adotivo. Seu amor. Mas Leo foi adotado e mesmo tendo ir morar longe com os novos pais, lhe prometeu que manteria contato e estaria à espera dela quando ela completasse 18 anos. O problema é que Leo não cumpriu sua promessa- e mesmo que Evie soubesse (e quisesse) seguir em frente aquela mágoa ainda persistia. De alguma forma, Evie ainda estava esperando por ele.

É então que surge Jake, um jovem belo e rico- e com notícias de Leo. A atração entre os dois é quase que imediata e, apesar de suas reservas, Evie começa a perceber que talvez tenha chegado a hora de finalmente seguir em frente.

O mistério da história é facilmente deduzível, mas acho que isso não é o mais importante no livro. O ponto principal mesmo é o amor. E o perdão. E não somente perdoar o outro, mas principalmente a si mesmo. A autora toca em assuntos delicados e é impossível não se sentir anuseada com algumas coisas. Porém, essa sensação se desconforto é passada da maneira certa, sem maniqueísmos ou uma simples vontade de “chocar” o eleitor.

Além disso, Evie não é aquele tipo de mocinha virginal que só faz se lamuriar pelos cantos. Ela é um personagem mais real, com suas frustrações e ambições, é claro, mas também com os pés no chão. A vida dela não é fácil, mas vai vivendo. É interessante ver que mesmo que ela saiba que Leo ainda faz parte do que ela é, Evie tenta se desvincilhar dessa figura/lembrança. Claro que não é nada fácil. Pouco a pouco vamos percebendo que algumas ações e atitudes dela são influenciadas por ele.

Em determinado momento, começamos a perceber que tão importante quanto a relação de Evie com Jake, é o fato dela finalmente estar se libertando do passado. Das amarras.

A história narrada em Coração do Leão é muito bonita e contada corretamente. Os personagens são interessantes e tem um boa complexidade dramática. O ponto negativo é justamente o desenvolvimento da história em si. Mesmo que autora soubesse tratar com delicadeza certos assuntos e, principalmente, os sentimentos dos personagens, senti como se tivesse uma certa “preguiça” na escrita. Tudo foi rápido demais. E é justamente aí que a comparação com a A Voz do Arqueiro é inevitável. Lá, era uma história para se saborear. Aqui, apenas mais um New Adult. Bom, mas apenas mais um. Tá certo, talvez eu tenha sido um pouco rigorosa demais aqui.

Mas sabe, quando eu vi que *este* livro era, na realidade, o primeiro da série ( e provavelmente o primeiro livro que ela escreveu) fiquei mais animada. Coração do Leão é claramente um livro de principiante. O talento está lá, mas ainda falta lapidação.
De qualquer forma, Coração do Leão é um livro um bom livro, escrito de maneira correta e que faz com que a gente consiga se ligar com os personagens e torcer por um final feliz.

Não foi um favorito mas, digo e repito, Mia Sheridan é uma autora que deve-se ficar de olho.

vale a pena a leitura.




Série:

Livro 1-Coração do leão (Leão)
Livro 1.5- Leo’s Chance
Livro 3- Stinger (escorpião)
Livro 4- A Voz do Arqueiro (Sagitário)
Livro 5- Becoming Calder (Aquario)
Livro 5.5 Finding Eden <— parte 2/2 Livro 6- Kyland (Touro)


Título Original: Leo
Autor: Mia Sheridan
Editora: Arqueiro
Série signos do Amor
Gênero: New Adult
Sub-Gênero/Assunto: Abuso, reencontro, segunda chance
Período: Atual. EUA
Outra Capa:


Achei essa capa bem nada a ver!


3.5/5

 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

Reações: