terça-feira, março 22, 2016

[resenha] Um Beijo Inesquecível - Julia Quinn

“Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente.

Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.

Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.

Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo.”



A beleza das segundas vezes.

Quando eu li Um Beijo Inesquecível pela primeira vez, há alguns anos, o livro não me empolgou muito. Não que eu tivesse não gostado do livro, apenas não tinha me apaixonado pela leitura; pelo menos não do mesmo modo como tinha me apaixonado pelos livros anteriores.

O tempo passou e eu tive a oportunidade de reler o livro, agora em português, e não é que eu gostei mais nesta segunda vez. Não que Um Beijo Inesquecível tenha se tornado um dos meus favoritos da série (ou da autora) mas eu me “conectei” mais com a história agora.

Eu soube aproveitá-la melhor- especialmente em um aspecto que faltou no livro anterior, O Conde Enfeitiçado: uma maior interação da família Bridgerton. Por mais que eu tenha amado O Conde, senti falta do resto da trupe.

E apesar dela (a trupe) não estar totalmente presente aqui, a presença marcante de Violet já é suficiente para dar um sabor todo especial ao livro- um sabor muito mais do que bem-vindo. Até porque Hyancinth não estava (e continua não estando) entre os meus personagens preferidos da série. Não estou dizendo que desgosto dela, apenas que sempre foi uma personagem “tanto faz como fez”.

Contudo, preciso admitir que ela segura muito bem as pontas como a mocinha de seu próprio romance- assim como Gareth é um bom herói. Não é aquele tipo de casal de romance por qual eu me apaixono, mas os dois tem o seu charme e- o melhor de tudo- tem uma química inegável.

Mas sabe, apesar de ser muito bom deparar com um ótimo casal, o melhor mesmo do livro é uma senhora de bengala. Lady Dansbury! Ela é a principal razão por eu ter gostado tão mais do livro nesta releitura. Lady Dansbury *é* a alma do livro- e o motivo principal porque ele vale a pena ser lido!

Mais importante do que a história em si (para se ter uma ideia da trama, é só ler a sinopse :P ), é a forma como a autora a conduz. E não estou dizendo que o enredo é chato, mas o humor- a ironia- entrelinhas é que faz com que a leitura seja sim incrivelmente cativante.

Um Beijo Inesquecível não é um daqueles livros inesquecíveis, mas promove maravilhosos momentos de diversão e lazer. É romance e humor. Divertimento puro.

Vale muito a pena a leitura!

**este livro foi gentilmente cedido pela editora**

Série:
Livro 1- O Duque e Eu
Livro 2- O Visconde Que me Amava
Livro 3- Um Perfeito Cavalheiro
Livro 4- Os Segredos de Colin Bridgerton
Livro 5- Para Sir Phillip, com Amor
Livro 6- O Conde Enfeitiçado
Livro 7- Um Beijo Inesquecível
Livro 8- A Caminho do Altar

A série ainda tem "Segundos Epílogos". (Ver a lista completa AQUI)




Título Original: It’s in his kiss
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Série Bridgertons
Gênero: Romance Histórico
Sub-Gênero/Assunto: Romance
Período: Regência. Inglaterra.
Capa Original:



4/5

 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

Reações: