quarta-feira, julho 13, 2016

[Resenha] Não Fale Com Estranhos - Harlan Coben


“O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis. Adam levava uma “vida dos sonhos” ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira?
Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos.”



Analisando friamente, em termos de literatura policial, os livros de Harlan Coben não apresentam grandes novidades. Contudo, e talvez por isso, mesmo, é incrível que, apenas com uma história e a escolha certa de palavras, o autor consiga capturar nossa atenção desde as primeiras páginas.

É o caso de Não Fale Com Estranhos. A partir da velha máxima de “segredos sendo revelados”, Harlan nos conduz por uma trama cheia de verdades escondidas e segredos inconfessáveis. Adam Price, nosso relutante herói, descobre, por um completo estranho, que sua mulher não é exatamente o que ele pensava ser. Mais do que um segredo revelado, Adam percebe que, talvez, sua vida “perfeita” não seja tão perfeita assim.

Ao tentar ir mais afundo na questão- e no que aquele estranho representa (quem seria ele?), Adam percebe que há muito mais em jogo. Quando Corinne, sua esposa, desaparece, tudo realmente muda.

Pois é, Harlan Coben sabe muito bem mexer com as emoções de seus leitores. Agraciado apenas com um fio de verdade, Adam não é nenhum herói cheio de superpoderes. Até aquele momento, ele era apenas o pai legal, o esposo devotado de uma mulher prefeita, Mas tudo isso desaparece e ela acaba tendo que descobrir o que de fato aconteceu, ao mesmo tempo que cuidar dos dois filhos.
Gostei muito da dinâmica apresentada e como a relação dos três vai se fortalecendo. Além disso, vão sendo introduzidos outros detalhes no mistério- além de fatos aparentemente isolados. Não Fale Com Estranhos não é aquele suspense sensacional mas que deixa a gente ligado na história e morrendo de vontade de saber o final.

Com personagens humanos, simplesmente mortais, o livro mostra a dimensão dos erros e da maldade- e que todo mundo pode ter algo a esconder.

Para quem nunca leu o autor, este é um ótimo começo.

Recomendo.

**Este livro foi gentilmente cedido pela editora**


Título Original: The Stranger
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Gênero: Suspense
Sub-Gênero/Assunto: Mistério
Período: Atual. Nova Jersey, EUA.
Outra Capa:


4/5
 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

Reações: