terça-feira, agosto 16, 2016

[Resenha] O Eterno Namorado - Nora Roberts


“Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada – dentro do cronograma.

A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen.

Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar.

Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.”




Legalzinho.

O Eterno Namorado é um daqueles livros que fazem com que eu não seja uma fã incondicional da Nora Roberts. Adoro os livros dela, a forma como ela escreve as tramas e seus personagens, mas muitas vezes (e esta é uma delas), a autora parece se repetir e mais, parece que carece uma maior fluidez e “simpatia” ao texto. Ou seja, é chato.

O Eterno Namorado é um livro inho: legalzinho, bonitinho...chatinho. Eu adorei o livro anterior e por isso, não posso negar, esperava bem mais desse. O casal, Owen e Avery não é ruim e é fácil querer um final feliz para os dois, mas eles tão pouco são aquele casal inesquecível que faz a gente suspirar. A história de amor entre os dois é linear e sem maiores contratempos- e aí é que está o grande problema do livro: não há drama.

Eu senti falta de conflito maior, ou até mesmo um melhor desenvolvimento dos sentimentos deles. É tudo uma grande pasmaceira e nem mesmo a trama de fundo da fantasma pareceu tirar a trama do marasmo. Além disso, a insistência da autora em fazer parte do livro uma sessão da revista Casa & Jardim não ajudou em nada. Eu adoro decoração, mas aqui ficou chato. Desnecessário.

O que salva no livro é que, apesar de tudo, Nora sabe trabalhar bem as palavras e os diálogos são muito bem colocados e conduzidos. Além disso, pequenos momentos de ironia fizeram com que a leitura se tornasse mais leve e, sim, mais prazerosa.

O Eterno Namorado não é uma leitura ruim, mas está longe de ser um livro apaixonante, um dos melhores da autora. Faltou mais força tanto à história quanto na maneira como foi contada. É uma história de amor agradável, mas sem grandes surpresas. De qualquer forma, estou bastante curiosa para ver como esta trilogia termina.

Série:

Livro 1- Um Novo Começo
Livro 2- O Eterno Namorado
Livro 3- O Par Perfeito


**este livro foi gentilmente cedido pela editora**

Título Original: The Last Boyfriend
Autor: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance Contemporâneo
Série: A Pousada- Livro 8
Sub-Gênero/Assunto: Amizade, Fantasma
Período: Atual. Maryland, EUA.
Capa Original:



3/5


 photo Thais1_zpssfusghrx.gif


Reações: