terça-feira, janeiro 31, 2017

[Resenha] O Par Perfeito- Nora Roberts



“Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro.

Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois.

Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito?

No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.”



Simpatiquinho. Bonitinho.

Chatinho.

O Par Perfeito é um daqueles livros simpáticos mas facilmente esquecíveis e, se você já tiver lido Nora Roberts não vai achar muita diferença entre este aqui e outros tantos livros que ela escreveu, especialmente as últimas “trilogias”. Não é ruim,mas é beeem mais do mesmo.

E isso acaba cansando.

Como nos dois livros anteriores da série (no final da resenha tem os links), temos aqui um casal de opostos: Hope, a mocinha certinha e pragmática, e Ryder, o mocinho macho-alfa e de “emoções à flor da pele”. Como se trata do último livro de uma trilogia, aqui já sabemos quem são os personagens e de onde vieram, fazendo com a autora apenas adicione alguns poucos detalhes sobre seus passados.o que,honestamente, não acrescenta muito à narrativa.

A relação entre Hope e Ryder começa por estranheza, passa pelo sexo sem compromisso até... bem, vocês já sabem,né? Até eles se apaixonarem de verdade.

É até uma sequencia louvável, o problema é que tudo ocorre de maneira sorumbática (queria muito usar essa palavra numa resenha, rs!) Em outras palavras, faltou drama. Emoção mesmo. Não acho que seja necessário um vilão para uma história de amor fluir, mas é preciso ter contrapontos nessa relação. Em O Par Perfeito, até somos apresentados á uma espécie de antagonista, vindo do passado de Hope, mas a breve passagem não acrescenta muito à trama nem dá dramaticidade suficiente à história.

O fato é que vi a autora repetindo os mesmos padrões de livros anteriores. Ela tem um estilo e isto é louvável, porém senti falta de algo diferente do seu “modelo de romance”.
Nora Roberts é o melhor e o pior de O Par Perfeito. Se por um lado, ela se repete; por outro, é inegável seu talento com as palavras e personagens. Por mais críticas que se tenha ao livro, Nora faz com que seja impossível largá-lo.

Talvez esse não seja o melhor livro de Nora (uma pena, já que o primeiro livro da série,Um Novo Amanhã é muito bom!) mas ele é acima da média de outros livros do gênero. A qualidade literária está presente.

Fãs ardorosos da autora devem apreciar mais,porém, O Par Perfeito vale muita a pena a leitura!


Série:

Livro 1- Um Novo Começo
Livro 2- O Eterno Namorado
Livro 3- O Par Perfeito


**este livro foi gentilmente cedido pela editora**

Título Original: The Perfect Hope
Autor: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Série A Pousada- Livro 3
Gênero: Romance Contemporâneo
Sub-Gênero/Assunto: Fantasma
Período: Atual. Maryland, EUA

Outra Capa:




3.5/5


 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

Reações: