terça-feira, fevereiro 01, 2011

Doce Vingança, de Nora Roberts

Título Original: Sweet Revenge
Autora: Nora Roberts
Editora: Bertrand / Reeditado pela BestBolso
Colecão:Vira-Vira Saraiva (Reedição). Publicado conjuntamente com Pecados Sagrados (2 livros em 1)
Gênero: Romance
Temas: Romance Contemporâneo, Família, Realeza, Ladrões, Vingança, Casamento de Conveniência, Cinema
Período: Anos 70/ 90. EUA, Europa (Londres e Paris) e o Reino de Jaquir (Oriente Médio)
Em Doce Vingança, vamos conhecer a história de Adrianne, linda e elegante princesa, que esconde um terrível segredo de família. Quando criança, foi testemunha da crueldade com que seu pai tratava a esposa, sua mãe - uma lendária estrela de cinema. Ao tornar-se adulta, Adrianne alimenta um forte desejo de vingança contra aquele que destruiu sua infância e a felicidade de sua mãe.

Para realizar seu intento, Adrianne concebe um plano que envolve um fabuloso colar, conhecido como O Sol e a Lua, de valor inestimável e que pertence a seu pai. Mas o surgimento de Philip Chamberlain em sua vida, com sua inteligência, encanto e enigmático carisma, que tem motivos pessoais para se aproximar da Princesa Adrianne, poderá desvia-la de seu objetivo, e somente tarde demais ela perceberá o perigo oculto ao descobrir que tem pela frente dois homens de força excepcional - um com a capacidade de tirar a sua liberdade, outro com o poder de tirar a sua vida. Com Doce vingança, Nora Roberts cria uma história apaixonante e irresistível, que é impossível parar de ler, muito menos esquecer.



**


Não vou dizer que não gostei do livro, mas, honestamente, achei a leitura bem parada, modorrenta mesmo. Em certos momentos, parecia que apesar das coisas acontecendo, tudo era meio que em câmera lenta.

Um dos aspectos que eu mais gosto em um livro é quando a leitura ‘flui’. Infelizmente, este não é o caso de Doce Vingança.

A seu favor, Doce Vingança tem uma estória interessante (o motivo da vingança é de realmente perturbador) e um bom casal de protagonistas. Adrianne e Philip tem química e desde o início nós torcemos por um final feliz. Não diria que Adrianne é a melhor personagem que já li mas ela também não compromete. Gostei muito de Phillip: sexy, romântico e sagaz nas medidas certas.

Outro senão, contudo, além do ritmo, foi o final. Achei-o muito fraco, quase um anti-clímax.

E uma coisa é certa: você nunca mais lerá nenhum livro de Sheiks, Árabes e afins da mesma maneira. Sim, nem tudo é como nos romances das Arábias da Harlequin.

De qualquer forma, acho que vale a pena a conferida; Especialmente se você for fã de Nora Roberts.

A Edição e Outros detalhezinhos:

•A Edição que li foi a da BestBolso (Vira-Vira Saraiva)

•Muito boa essa coleção Vira-Vira Saraiva Bestbolso. Edição bem cuidada com um preço bem acessível.

•Acho que deveria haver uma sinopse dos livros.

•Senti falta de notas do tradutor. Nora faz muitas reverências a filmes e livros.


Outras Capas:






Capa da Bertrand




























javascript:void(0)
Cotação:

3/5

E aí, já curtiram o Blog lá no Facebook? Uma Conversa Sobre Livros No Facebook!

Reações: