terça-feira, janeiro 25, 2011

O Bom Partido, de Carly Phillips


Título Original: The Playboy
Autor: Carly Phillips
Editora: Essência
Série: Irmãos Chandler (livro 2 de 3)
Gênero: Romance, Chick-Lit
Temas: Romance Contemporâneo, Namoro de Conveniência, Família
Período: EUA. Atual
Segunda parte da trilogia iniciada com O solteirão, o livro conta os encontros e desencontros amorosos do policial Rick Chandler.

Não há uma única mulher em Yorkshire Falls que resista ao lendário charme dos Chandler. Até o momento, o policial Rick Chandler conseguiu esquivar-se dos ataques casamenteiros de toda a população feminina da cidade. Um erro do passado o ensinou a nunca deixar seu coração indefeso. Mas um dia ele atende a um chamado de uma noiva em fuga e...

Apesar de seu vestido perolado e do longo véu, Kendall Sutton jura que nunca se casará - o que faz dela a namorada fictícia perfeita para afastar a legião de admiradoras de Rick, que aderiram à campanha de sua mãe para casá-lo.

Em troca de alguns favores, Kendall aceita se passar por sua namorada enquanto permanecer na cidade. Mas nenhum plano é perfeito... E Rick, de repente, se vê querendo justamente aquilo de que tanto fugira...

Secretamente, Kendall também desejava que a farsa se transformasse em realidade, mas se recusava a admitir isso até para si mesma. Será que Rick conseguirá fazê-la subir ao altar... e não sair correndo novamente na hora de dizer "sim"?

Em O Bom Partido, Carly Philips, autora de O solteirão, mistura romantismo e humor em uma história de encontros e desencontros.


**


Chick-Lit bem divertido.


O Bom Partido já começa bem animado, fazendo com que o leitor sinta, desde a primeira frase como será clima da estória: sexy e divertido.

Kenan e Rick parecem ter conseguido o acordo perfeito: um namoro de conveniência. Se por um lado ela ganha alguns favorezinhos (tipo ajudinhas domésticas), ele se vê livre das atenções das mulheres da cidade. Ou melhor dizendo, ele se vê livre da insistência da mãe em lhe arranjar uma namorada. É, claro, e isso nós sabemos desde o início que este *arranjo* não dará certo.

Desde o primeiro momento em que eles se encontram, fica latente a forte tensão sexual entre os dois. Claro que seria mais fácil se os dois simplesmente esquecessem o ‘plano’ e tornassem o ‘namoro’ oficial, ou melhor dizendo, ‘real’. Contudo, tanto Kenan quanto Rick são dois cabeças-duras.

Kenan é uma pessoa impulsiva mas ao mesmo tempo tem medo de amar. Ela teve uma infância irregular, mudando sempre de cidade, morando em casa de parentes, pois os pais moravam e trabalhavam fora do país. E toda vez que ela se deixava gostar de alguém, fazer amigos, ela tinha que partir. Por sua vez, Rick também tem suas próprias marcas, seus próprios medos.

E no meio dessa ‘estória de amor meio torta ’ vão surgindo alguns percalços como a irmã adolescente de Kenan e a professora nada pacata da cidade.

A escrita de Carly Phillips é ágil e bem desenvolvida. A estória não tem sub-tramas expressivas, pautando-se quase que exclusivamente na relação amorosa dos protagonistas e alguns percalços pontuais.

O Bom Partido é bem light mas é um livro adulto, sem sombra de dúvida. Fala das confusões de um namoro de conveniência mas também da necessidade de se ser aceita (seja você criança, adolescente, ou adulto).

O livro é bem divertido, leve e descompromissado. Particularmente, gostei mais de O Solteirão (Leia Aqui o que achei do livro)mas este não fica muito atrás.

Recomendo. E muito.

A Série:

Irmãos Chandler (livro 2 de 3)
Livro 1: O Solteirão  
Livro 2: O Bom Partido
Livro 3: The Heartbreaker- inédito no Brasil

A Edição e Outros detalhezinhos. Ou também conhecido como 'coisinhas chatas que a gente tem que falar'

• A Capa Nacional está muito bonita (particularmente, prefiro-a a capa original) contudo, não pude deixar de notar alguns problemas em relação à obra: existem diversos erros de diagramação, erros de grafia (ou seria gramática?) e inconsistência na tradução. Por exemplo, em um dado momento, é dito que o telefone da Polícia é o 190. Em outro, diz-se que é 911...

• O papel interno do livro não é de muito boa qualidade. Comprei o meu exemplar na Bienal de São Paulo do ano passado (agosto de 2010) e as folhas já estão amareladas, sem contar que a textura é grossa e parece de má qualidade. E o preço do livro não é dos mais baratos.

Vamos melhorar essas revisões, né editoras?

• O terceiro livro da série, The Heartbreaker, foi lançado em 2004 (!!) e até agora nenhuma notícia sobre o lançamento do dito em Terras Brasilis. Aliás, venho me perguntando sobre o futuro da Editora Essência. No site da editora, o último lançamento é Aprendendo a Seduzir, da Patricia Cabot, lançado no Brasil em maio de 2010.

Leia o primeiro capítulo:AQUI

Capa Original:

Cotação:

4/5
E aí, já curtiram o Blog lá no Facebook? Uma Conversa Sobre Livros No Facebook!

Reações: