sábado, abril 16, 2011

Homens do Texas 14- Diana Palmer: Primavera de Amor

O Dr. Jeb 'Cooper' Coltrain fará o que for preciso para conquistá-la de verdade...



Título Original: Coltrain's proposal
Autor: Diana Palmer
Editora: Nova Cultural/ Re-editado pela Harlequin (Destinos Ed. 86)
Colecão: Bianca Dupla 636/ Destinos
Série: -Homens do Texas- Livro 14
Gênero: Romance Contemporâneo
Sub-Gênero/Assunto: Romance Contemporâneo, Segunda Chance
Período: Atual
Sinopse:
Louise Blakely: Médica de coração partido.
Jeb Coltrain: Médico em missão.

Louise não estava preparada para se apaixonar por seu colega Jeb Coltrain. O lendário texano sempre a tratara como inimiga, mas a surpreendeu com um chocante e inesperado pedido de casamento. Não havia dúvidas de que se casar com Jeb significaria sua total rendição...

Mas Louise não sabia das verdadeiras intenções de Jeb. Ele queria surpreender sua inocente companheira, cujo pai o traíra tão cruelmente. Ainda assim, sua beleza provocante o deixava em chamas. Agora, Jeb fará o que for preciso para conquistá-la de verdade...seu corpo, sua alma e seu coração.
***



Homens Do Texas 14: Primavera de Amor
(Jeb 'Cooper' Coltrain & Louise Blakely)

Primavera de Amor está entre os meus favoritos da Tia Palmeirão. Existem algumas falhas, é claro. O mocinho irrita algumas vezes, é lógico, mas o livro, no seu geral é diversão pura.
Os doutores Lou e Coltrain já haviam aparecido nos livros anteriores, principalmente em Anjo do Oeste [Homens do Texas 12]- não havia muita informação sobre eles apenas que viviam em – quase- pé de guerra e que Coltrain não era o mais simpático dos homens (mas, né, isso é Diana Palmer). Pois bem, aqui ele é ainda mais mal-educado.

Contudo, o que eu gostei na estória é que apesar dele ser muitas vezes bem grosso- talvez até um pouco cruel com Lou, Coltrain não é um personagem ‘repelente’. No início da estória, ele é um chato. Com certeza. E por muitos momentos , senti uma dorzinha no coração ao ler como ele tratava Lou. Uma das cenas mais tristes, a meu ver, é quando ele beija outra na frente dela.

Mas, apesar de tudo, com o desenrolar da estória, nós até que aprendemos a gostar dele.
E o bom é que Lou não é exatamente aquela virgenzinha sofredora (tudo bem, ela é virgem. Aliás, que fixação é essa da Palmeirão com virgens, hein?!) – ela também sabe dar o troco. E vou lhes dizer, adoro quando o mocinho machão começa a sofrer também. Uma das partes que mais gostei no livro foram as tentativas de Coltrain se (re)aproximar de Lou.

Obviamente, o livro não é perfeito- além de um mocinho que pode suscitar ódio (bem, só no começo mas enfim...!)- achei o ritmo do livro um pouco apressado demais. Algumas situações precisariam de mais detalhes, a meu ver.

Outro ponto negativo é a personagem Jane Parker. Para quem leu Anjo do oeste e depois este livro, tem-se a impressão de que é uma personagem totalmente diferente. Se naquele livro, ela era uma pessoa simpática e doce- aqui ela está chatíssima. Aliás, ela está ‘péssima’ em dado momento da estória (sorry, but no Spoilers here!). É interessante também notar que quando Jane e Lou se encontram em uma loja, tem se a impressão de que elas nunca se encontraram. Contudo, Anjo do Oeste mostra que isto não é verdade.

*
Em suma, Primavera de Amor é um livro bem divertido. Romântico e sexy na medida certa.

Gostei Bastante.

Inter- Relações e Outros ’detalhezinhos’ :

• Não sei se foi um erro da autora ou da tradução/edição brasileira, mas em um dado momento é dito que Cooper beijou Nickie mas depois Nickie 'pensa' sobre o fato dela e o doutor nunca terem se beijado!

•Jane Parker, amiga de Coltrain, é a protagonista de Anjo do Oeste [Homens do Texas 12] .


Capa Versão Nova Cultural


Capas em Inglês:

Cotação: (3.5/5 estrelas)

Reações: