sábado, outubro 01, 2011

Meme Literário de Um Mês: Dia 1


Durante este mês de Outubro estarei participando pela primeira vez (pelo menos, neste blog) de um meme de 30 trinta dias. É o Meme Literário de Um Mês, do blog Happy Batatinha.
A proposta é simples: a cada dia, devo escrever um post, respondendo a pergunta preestabelecida. Obviamente, as perguntas serão relacionadas ao mundo literário.

Fácil, né? Bem, estamos ainda no primeiro dia...
Eu achei a idéia bem interessante e também vi nisso uma fora de (tentar, pelo menos!) sair dessa meleca! de Ressaca Literária.

Mas chega de lero-lero! Vamos à primeira pergunta!





Dia 01: Que livro que você está lendo? 
(Sobre o que é? Onde você está? Você está gostando?)

Por incrível que que pareça, para mim, esta primeira pergunta do meme é um tiquinho complicada. Sim, eu estou lendo um livro no momento, mas a leitura está, por assim dizer, pausada. Não que eu não esteja gostando do livro, mas o breve hiatus é devido a esse meu atual estado de Ressaca Literária. Honestamente, estou sem paciência para ler nada- e sei que se não pausasse a leitura, iria começar a achar ‘problemas’ com o livro onde estes não existiam. Aliás, a estória é bem interessante- e ‘sinto’ que já-já estarei voltando ao meu ritmo normal de leitura. Oremos.

O livro em questão é Northern Lights, da Nora Roberts. Northern Lights é um suspense romântico ainda inédito no Brasil, lançado pela autora em 2004. A estória começa com a chegada do novo xerife de uma pequena no Alaska, Nate. Nate era um detetive da poliçicia de Baltimore que, após, a morte de seu parceiro (que ele se sente responsável) resolve ‘mudar de ares’ e aceitar ser o novo chefe da polícia nesta longínqua e fria cidade. Lá ele terá que enfrentar uma certa animosidade de boa parte dos moradores (aquela velha história: cidade pequena, geralmente, não confia muito em ‘gente de fora’) , investigar um assassinato e, claro, se apaixonar. A mocinha em questão, Meg, é justamente a única filha da vítima. Bem, mas ainda não cheguei nessa parte.

Até onde eu li, a estória parece ser bem interessante. Estou ainda estou na parte de ‘apresentação’ de personagens e cenários mas desde já podemos perceber o quão bem Nora sabe tecer estórias. Não sou uma fã ‘histérica’ da autora- adorei alguns livros, gostei mais ou menos de outros e considerei alguns bem chatinhos- mas não há como negar que ela sabe como prender o leitor.
Como já devem ter percebido, estou lendo a estória no original, em inglês. Eu particularmente, adoro ler pockets. Além de serem mais baratos que muito livro traduzido, eu posso praticar o meu inglês. Além do quê, lendo o livros no original, eu tenho certeza que eles não serão ‘editados’. E vou dizer, aconselho a todos a lerem livros no original: se você não está muito acostumado, pode ser um pouco difícil no começo, trabalhoso, mas como tudo na vida, fica mais fácil com a prática. E saber Inglês, nos dias de hoje, é tipo, básico, né? Mas não entraremos no mérito da questão...

No caso de Northern Lights , leitura tem dificuldade intermediária baixa- o principal problema, a meu ver, é o vocabulário. O livro tem muitos termos e expressões relativas à caça, assunto o qual não estou familiarizada.

Como eu disse anteriormente, minha leitura anda meio devagar (parada mesmo!) mas não vejo a hora de acabar com essa Ressaca Literária e mergulhar novamente na leitura. Eu nem mencionei, mas Nate, o mocinho, é do tipo “hot- tudi bão”. Não dá pra deixar passar, né?

*
Tem um outro livro que, teoricamente, eu também Estou Lendo mas o problema que eu não o acho há mais de um ano! Pois é. Eu sei que ele está aqui em casa mas não consigo achar. O livro é O Dragão de Sua Majestade, de Naomi Noviki. É um romance histórico de fantasia bem interessante. Eu estava gostando, verdade! O livro se passa durante as Guerras Napoleônicas, e conta a estória de um comandante de navio que encontra um ovo de dragão. No livro, os dragões eram ‘comuns’ e faziam parte de uma espécie de ‘força aérea’ em nome da Coroa- o que não era comum era humanos e dragões se tornarem amigos. E é justamente isso o que acontece.

Até o momento do 'desaparecimento', o livro estava bem divertido. Aventura pura mesmo. Preciso voltar a procurá-lo! Melhor dizendo, preciso achá-lo!


Bem, eu acho que é só isso. O Meme volta amanhã.

PS: qualquer erro no post me avisem, por favor!

Reações: