quinta-feira, dezembro 01, 2011

No Calor da Paixão, de Penny Jordan [Amantes do Jet Set #1]

Romance HOT.

Título Original: Bedding his virgin mistress
Autor: Penny Jordan
Editora: Harlequin
Gênero: Romance Contemporâneo
Série: As Amantes do Jet Set Livro 1
Coleção: Harlequin Paixão 25
Sub-Gênero/Assunto: Romance de Banca, Milionários, Hot
Período: Dias Atuais. Inglaterra
Quando Ricardo Salvatore conheceu Carly e se interessou em comprar a empresa gerenciada por ela, pensou em incluí-la na compra. Rejeitada quando criança, Carly nunca deixou ninguém se aproximar dela. Mas ela e Ricardo estavam trabalhando muito próximos e a atração entre os dois só crescia. No calor da paixão, segredos são revelados e sentimentos são descobertos.










Mais do mesmo. Milionário de coração duro e que não acredita no amor tem idéias errôneas à respeito da mocinha sexy mas ingênua.

Não é ruim, porém um tanto bobinho e previsível demais. Ah, mas é série Paixão, é claro que é previsível! Sim, mas acho que mesmo assim faltou ‘algo mais’. Achei que a autora deveria ter dado um tempero a mais nessa trama já tão manjada. Talvez seja uma questão de gosto pessoal, mas alguma coisana escrita de Penny Jordan não faz dela uma autora favorita. Ela escreve bem, até melhor que muitas autoras do gênero mas... a leitura acaba não sendo tão prazerosa como uma Lucy Monroe, por exemplo.

O livro não é ruim e serve bem para passar o tempo. O casal protagonista tem química, o que é sempre bom. Ricardo é o típico milionário de romances ‘Paixão’ mas eu gostei bastante da caracterização de Carly. Não, ela não é um arroubo de personalidade mas também não é fraca ou tonta e submissa demais. Por exemplo, é ela é quem decide perder a virgindade.

Uma das características desses livrinhos é a rapidez com que tudo acontece mas penso que Ricardo mudou de atitude rápido demais: uma hora ele estava chamando a mocinha de vagabunda; na outra, já estava dizendo que não consegueria viver sem ela!

Ela inspirou brevemente ao ter a boca tomada pelo beijo de Ricardo. Automaticamente se agarrou aos seus ombros e o abraçou ao sentir a língua dele possuindo a sua boca. O seu corpo já o desejava, atraído por ele como uma mariposa pelo fogo.

Ele retirou a boca. Ela se alongou sensualmente, ao ver o desejo acender nos olhos dele, enquanto se esbaldava nela com o olhar, apreciando seu brilho caloroso. As mãos dele a acariciaram nos ombros e deslizaram pelas costas, parando na cintura. O dedão moveu-se va¬garosamente sobre a sua barriga. Carícias leves, frus¬trantes que a fizeram se contorcer em direção a ele, exi¬gindo mais.

— Tire a minha roupa!


Os personagens coadjuvantes são okays mas achei que faltou um pouco de dinamismo na apresentação dos mesmos (principalmente por se tratar de uma série). Confesso que fiquei bem irritada com a tontice da amiga de Carly, Lucy (protagonista do terceiro livro da série). Em certos momentos, tive vontade de chacoalhá-la para ver se ela acordava pra vida!

A melhor parte do livro são as cenas HOT. E que cenas! A cena de sexo é explícita e muito bem descrita. Só por isso já vale a leitura.

Trechinho de cena mais 'caliente'. ^.^ (Só para maiores, hein?)

A altura dela propiciava um encaixe perfeito entre ,' eles, como se fossem feitos um para o outro. Ele soltou os seios dela enquanto ela os esfregava na sua pele, a mão dele massageou as suas costas até descer pela espi¬nha dorsal, envolver o seu bumbum, segurar as suas an¬cas. As suas mãos escorregaram mais ainda, e seu dedo entrou na dobra entre as suas pernas. Ele não conseguia ver como os seus lábios vaginais estavam prontos, mas podia senti-los. Mergulhou os dedos na umidade do seu órgão sexual.

Ela fez um som gutural e se moveu contra ele, o movimento do corpo dela o pressionava enquanto ele enfiava a língua na cavidade macia da sua boca.

Ela sentiu uma pressão entre as pernas, olhou para baixo e viu a cabeça grande e inchada do seu pênis. Os dedos dele acariciavam o seu centro úmido, entrando mais intimamente. Quanto mais excitada ela se sentia, gemidos ávidos o convidavam a ir mais fundo. Os dedos dela apenas circulavam o contorno duro do seu órgão sexual, como se ela estivesse com medo de segurá-lo. Ou simplesmente queria torturá-lo porque sabia o quanto ele a desejava?

Pensou em puni-la e se divertir com isso, ao massagear o seu clitóris e sentir todo o seu corpo pular e estremecer. Os dedos dela o seguravam, exploravam, seu to¬que era frio perto do calor dele. Ele tinha que possuí-la.

Carly choramingou de prazer e agarrou o seu rosto com as mãos, pressionando a boca apaixonadamente so¬bre a dele. Tudo que queria pelo resto da vida era isso, era ele.


Capa Original:
Photobucket

EXTRAS

Site da Autora:  www.penny-jordan.co.uk


Cotação:
3 / 5

Reações: