sexta-feira, fevereiro 24, 2012

Indomável Paixão, de Kit Gardner [Maratona de Banca]

Título Original: The untamed heart
Autor: Kit Gardner
Editora: Nova Cultural
Coleção: CH 148
Gênero: Romance Histórico
Sub-Gênero/Assunto:  Romance de Banca, Velho Oeste 
Período: Velho Oeste. EUA.
Willie Thorne possuía o rosto de um anjo, mas atirava melhor que qualquer homem do território do Colorado. Sua vida era marcada por um grande mistério que lhe roubara os sonhos de adolescente, mas que lhe trouxera os desejos de mulher...
Sloan Devlin buscava aventuras no Oeste americano, mas acabou preso em uma armadilha do amor que só o conduzia para uma mulher. Seria possível ignorar os encantos da decidida Willie? Talvez ele não quisesse evitá-los...
...



Minha Leitura Para o Mês de Janeiro da Maratona de Banca . O tema era Livro com Paixão no Título! (Veja minha lista ,com minhas resenhas, AQUI).










E a Maratona de Banca 2011 chega ao fim. Foi o meu primeiro ano na brincadeira e eu adorei! Que venha a Maratona 2012! Só preciso acabar com essa mania de deixar tudo pra última hora!

 E após um longo e tenebroso inverno muita enrolação finalmente estou postando a última resenha da Maratona de Banca 2011.

Indomável Paixão é daqueles livros simples e singelos que te deixam com um leve sorriso após a leitura. Não é uma obra-prima e, honestamente, esquecível, mas vale pela diversão. A autora faz uma mistureba de lorde inglês com velho oeste e mocinha que se veste de homem, mas se dá bem em seu intento.

O livro tem elementos básicos das estórias de regência e velho-oeste com um mocinha intrépida e um herói da nobreza cheio de boas intenções. Aliás, Sloan é o típico herói romântico idealizado. O rapaz é quase perfeito! Além de bonito, nobre (ele é conde!) e rico, ele ainda luta pelos direitos dos menos favorecidos! Um fato interessante é que ele não usa armas, mas é adepto das artes marciais.

Sloan ouviu o alerta em sua alma, mas ignorou-o. Bei­jou-a carinhosamente. Ela entreabriu os lábios e se en­tregou com tanto desejo que Sloan não resistiu. Explorou-lhe a boca com a língua, enquanto a abraçava. Tentou se lembrar de que ela era inocente, quase uma criança. Beijou-lhe o pescoço, afastou a camisa e provou o gosto da pele macia e quente. Lembrou-se de seu título, de seu pai, das terras que herdara, da responsabilidade en­quanto deixava a camisa de Willie cair no chão e... 


Willie também é uma personagem interessante- ela é do tipo que não leva desaforo pra casa, mas apesar do jeitão espevitado e das roupas masculinas, é bem ingênua em alguns assuntos. Willie e Sloan possuem uma ótima química e as cenas de romance são delicadas e bem descritas. Os dois são especialistas no "quase" como sofrem de frustração!!


Sloan tenta aplacar os "anseios" sexuais cortando lenha. Aliás, Willie também. Nem precisa dizer que a quantidade de lenha cortada durante o livro!

Além do romance, o livro ainda tem um pouco de aventura e bons toques de humor. Nada muito escrachado mas o suficiente para dar uma leveza à estória. 

Indomável Paixão é uma leitura sem grandes pretensões mas que diverte. Um livro romântico, ideal para quem quer esquecer-se dos problemas por algumas horas.



"— Você é um conde! — afirmou, confusa.
— Quinto conde de Worthingham. Evidentemente você não acredita em mim.
— Como devo chamá-lo? — Ela ainda estava surpresa.
Sloan segurou-lhe a mão e beijou-lhe os dedos.
— Algo carinhoso como "meu querido Sloan".

Recomendo.



Capa Original:









ETCs

EXTRAS
Infelizmente não encontrei nenhuma informação de atividade online desta autora.


3/5

Reações: