sexta-feira, fevereiro 03, 2012

Página 99: O Cachorrinho Samba


" Depois do banho, correu pelo quintal e pelo jardim para se secar ao sol. Foi ver se  a teia da aranha, que ele havia deixado no meio dos pinheiros, ainda estava lá; encostou o focinho na teia para ver se era ela mesma. Era. Depois correu para o outro lado do jardim, onde havia minhocas; encostou o focinho na terra: lá estavam elas se remexendo."
               - Maria José Dupré, O Cachorrinho Samba. Ed. Ática, 5ª edição. 






Um clássico da minha infância! :)


100% Inspirado no Primeiras Linhas: Os Melhores Inícios de Livros do Blog Happy Batatinha

Reações: