terça-feira, junho 12, 2012

Aurora Boreal, de Asa Larsson [Suspense]



Título Original: Solstsorm
Autor: Asa Larsson
Editora: Planeta
Gênero: Suspense
Série: Rebecka Martinsson-Livro 1
Sub-Gênero/Assunto: Romance Contemporâneo, Religião, Crime e Mistério,
Período: Atual. Suécia.
.Este thriller começa com a morte do pastor Viktor, cujo corpo é encontrado no altar de sua igreja, desencadeando um enigma com requintes sobrenaturais que vai prender o leitor do começo ao fim do livro. As perguntas que seguem são muitas e envolvem questões espinhosas como religião, a política e a ganância humana numa trama cheia de surpresas e cenas fortes. Asa Larsson é um sucesso mundial que faz parte do fenômeno da literatura policial nórdica, inaugurado por Stieg Larsson, autor da série 'Millenium'. Aclamado pela crítica, Aurora Boreal vendeu mais de 1 milhão de exemplares apenas na Suécia.


Não vou negar, eu tive certa dificuldade em começar esta resenha. Não pelo livro em si, mas devido a um de seus subtemas. Essas pseudo igrejas e seus pastores. Sim, eu tenho a minha opinião a respeito e ela é categórica, mas acho que aqui não é a hora nem o lugar.

Acho que o meu silêncio já diz o suficiente sobre que eu acho dessas bandidagem “instituições”.

Aurora Boreal gira em torno do assassinato de Viktor Strandgart, um pastor-celebridade, e Rebecka Martinsson, uma advogada tributarista que retorna à sua pequena cidade natal a fim de ajudar uma antiga amiga, Sanna, irmã de Viktor e principal suspeita do crime. Enquanto tenta provar a inocência da amiga, descobrir quem é o verdadeiro assassino e ainda por cima cuidar das duas filhas pequenas de Sanna, Rebecka ainda tem que lidar com os fantasmas do passado- fantasmas essts intimamente ligados à igreja de Viktor.

O livro começa muito bem, justamente no momento da morte de Viktor. É interessante testemunharmos o acontecimento sob o ponto de vista de seu ator principal, a própria vítima. Contudo, apesar desse “clímax inicial”, a autora parece desacelerar um pouco, como se posicionasse peças em um tabuleiro. Não há dúvidas que os personagens que ela nos apresenta são muito interessantes como o trio de pastores e suas esposas, o vizinho solitário de Rebecka, a detetive Anna-Maria, grávida e sempre com vontade de ir ao banheiro...

Porém, todos esses personagens- sejam eles bons ou ruins- mas sempre interessantes perdem terreno para uma das mulherzinhas mais chatas com quem já me deparei na literatura.

Sanna.

Sanna é uma personagem insuportável. Aliás, dizer que ela é insuportável é estar sendo simpática com a dita. Tudo bem a pessoa ter fé e rezar mas deixar de fazer as coisas pra ficar só rezando já é demais! Ainda mais quando se tem duas filhas para criar e o seu já está na reta! E não só isso, com o seu “jeitinho frágil”, ela é sim uma baita de uma má agradecida! Sério, odiei a sujeitinha!

E muitas vezes eu também me irritei com Rebecka por causa de Sanna. A nossa heroína parecia ter uma séria dificuldade em dizer não! Momento Vontade de Chacoalhar Personagem Mode On total!

Não há erro em rotular este livro como “suspense” , afinal, o que conduz a estória *é* o assassinato de Viktor, porém, acho que ele se aproxima mais de um drama com trama de mistério. Em certos momentos, me pareceu que a autora estava mais interessada em falar sobre a volta de Rebecka e o seu passado do que sobre o crime em si. Particularmente, eu gosto quando o autor ou autora dá uma “reforçada”, por assim dizer, no lado “pessoal” de seus protagonistas, mas achei que aqui ela ficou um pouco indecisa em transformar a estória em drama sobre retorno ou um suspense sobre assassinato.

Este é o primeiro livro que leio de Asa Larsson, e apesar do que possa ter parecido eu gostei do estilo da autora. Ela tem aquele equilíbrio certo entre descrição e rapidez (imprescindível em thrillers). Os detalhes são descritos na quantidade certa, sem parecerem enfadonhos. O meio ambiente, a neve, o frio que cerca a cidade e os personagens são partes importantes da estória.

A estória é contada em terceira pessoa, o que para mim, já é um ponto positivo, e sob mais de um ponto de vista. A autora “solta” pequenas “pistas” para nós, leitores, a fim de que a gente fique um pouquinho à frente da verdade em relação aos outros personagens, mas, não entrega todo o ouro. É uma técnica interessante que dá uma sensação de já sabermos a verdade...ou será, meia-verdade? Além disso, a trama do "presente" é intercalada por cenas do passado, nas quais nós vamos, pouco a pouco, conhecendo mais à respeito de Rebecka e das digníssimas autoridades religiosas da cidade.

Aurora Boreal tem um grande salto de qualidade perto do quarto final. A estória cria ainda mais ritmo e as peças (ou pistas) começam a se encaixar e fazer sentido e então...

Comentário Spoilado. Não diz a respeito ao mistério, mas eu tenho que desabafar!

...o livro acaba!
Sim, o livro acaba! Tipo, WTF?!
Não, o mistério em si é solucionado mas... e o resto? Eu quero um epílogo! Algo!
Frustração TOTAL!

Aurora Boreal não foi o melhor livro de suspense que li, mas divertiu e prendeu a atenção. Além disso, me deixou com vontade de ler os outros livros protagonizados por Rebecka. Ele até receberia 4 estrelas- se não fosse o [Comentário Spoilado].

Recomendo. Especialmente se você gosta de livros do gênero.

E, sabe, eu até gostaria de falar mais. Falar sobre a relação de Rebecka e as filhas de Sanna, a Igreja, as questões do passado, o falso moralismo... mas aí eu estaria estragando a surpresa, né?

O PS:Larsson é o Silva da Suécia, né? Todo mundo lá parece ter esse sobrenome!

A Edição:
A edição estava indo bem até o quarto final, quando vários erros começaram a aparecer de forma mais evidente. Principalmente erros de revisão e grafia como letras faltando e conjunções erradas. Uma pena.

A Série
Rebecka Martinsson
Livro 1- Aurora Boreal - editado pela Planeta
Livro 2- A Mancha de Sangue - editado pela Planeta
Livro 3- Svart Stig (The Black Path)Inédito no Brasil
Livro 4-Till dess din vrede upphör (Until Thy Wrath Be Past ) -Inédito no Brasil
Livro 5-Till offer åt Molok Inédito no Brasil e sem tradução em Inglês

Outras Capas:



ETCs
Videos
Foi feito um filme (Sueco) baseado no livro.
Abaixo está o trailer do filme. O primeiro vídeo é em Sueco e o segundo, dublado em Espanhol. Honestamente, acho o som original em Sueco –mesmo que eu não entenda bulafas- muito mais interessante!







Cotação:
3.5/5

Reações: