quinta-feira, novembro 15, 2012

Coração Dividido, de Lori Foster

Ao menos para uma festa a fantasia a professora Carlie McDaniels aceitou trocar seu visual sem graça por uma sexy indumentária de odalisca com um misterioso véu cobrindo seu rosto, menos os olhos. Logo atraiu a atenção de Tyler Ramsey, um homem alto, moreno, lindo, rico... Mesmo depois da melhor noite de suas vidas, Tyler não consegue descobrir a identidade daquela mulher ardente e apaixonante... e Carlie decide deixá-lo sem saber! Afinal, ele jamais poderia se apaixonar por uma conhecida, e ela não está certa se deseja saber as consequências caso ele descubra a verdade nua e crua!


Eu gosto bastante dos livros da Lori Foster, porém, existe um detalhe que me impede de amar muitos deles: as mocinhas. Acho diversas dessa mocinhas irritantemente chatas. Infelizmente aqui não foi diferente.

Coração Dividido é um livro legal, de leitura rápida mas poderia ter sido muito melhor se não fosse a mocinha. A mocinha e sua chatice.

Carlie McDaniels, a tal, é uma professora sem graça e “retraída” que, num momento de “loucura”, em uma festa à fantasia, tem uma noite de sexo maravilhoso com o tudo-de-bom, gostoso, sexy Tyler Ramsey, cunhado de sua melhor amiga. O detalhe é que Carlie estava mascarada e Tyler não faz a menor ideia de que aquela odalisca fogosa seja a melhor amiga sem graça de sua cunhada.

Tudo poderia ficar por aí mesmo, se Tyler não começasse a ajudar Carlie em projeto social e os dois iniciassem uma amizade. Uma amizade meio aos trancos e barrancos, mas uma amizade. Tyler até se mostra interessado em Carlie “como ela mesma”, mas ela cheia de não me toques não consegue acreditar que alguém possa se interessar por ela (ou pelo ser “sem-graça” dela) e pior, também não revela ser ela a mulher misteriosa da festa.

Vou dizer uma coisa: Carlie é uma chata! Não sabia o que queria e pior, coisa era motivo para ela ficar discutindo com Tyler. Tudo o que dizia parecia ser errado ou a irritava de algum modo. Eita mulher cheia de cri-cris! Tyler, por outro lado, era quase um santo. Fala sério, por aguentar aquela mulher merecia ser canonizado.

Argh, mocinha de fiofó adociado!


Eu não vou mentir, o livro é legal , mas sabe quando a protagonista quase põe tudo a perder? Pois é. Ainda bem que tinha o Tyler, que eu gostei muito. Além dele, gostei bastante de Jason e Bren, irmão e cunhada do nosso mocinho. Eu até pensei que poderia haver algum livrinho contado a estória desses dois, mas não encontrei nada.

Em termos de estória, Coração Dividido é bem interessante; clichê, sim, mas prende a atenção- e apesar dos pesares, faz a gente torcer para que tudo dê certo para o casal (tudo bem, eu tive vontade de dar uns tapas na Carlie!) Eu gosto dessa temática de amigos que acabam se tornando algo mais. Apesar do sexo já ter acontecido, a verdadeira intimidade só vai acontecendo pouco a pouco, com o convívio.

Tyler, o santo, vai pouco a pouco, desvendando- destruindo- a barreira que Carlie, a chata, impõe não necessariamente entre eles, ao redor dela mesma.

Não é um livro inesquecível, mas diverte. Sem contar que adorei a capa (apesar de ter gostado mais da “posição” do casal da capa americana. Não muito fã de buracos no queixo.)

Título Original: Impetuous
Autor: Lori Foster
Editora: Harlequin
Gênero: Romance Contemporâneo
Coleção: Col. Primeiros Sucessos 28
Sub-Gênero/Assunto: Romance de Banca, amizade, falsa identidade
Período: Contemporâneo. EUA.

Capa da versão Nova Cultural:


Capas Originais:



EXTRAS

Site da Autora: www.lorifoster.com
Facebook FanPage (Oficial ) AQUI
Twitter: @lorilfoster

Cotação:
3/5

Reações: