quarta-feira, janeiro 23, 2013

Aposta no Amor, de Candace Camp


Num mundo em que o amor sempre fora um jogo, eles estavam determinados a vencer!

Sem dote e já não mais no desabrochar da juventude, a srta. Constance Woodley perguntava-se por que um dos luminares da sociedade de Londres se interessara por alguém como ela. Mas, com a ajuda de sua benfeitora, ela foi transformada em uma donzela cativante, o que chamou ainda mais a atenção de Dominic, o lorde Leighton, um homem bonito e charmoso, mas que evitava o casamento a todo custo.
Diante do olhar chocado de toda a sociedade, uma desconhecida e um rebelde mostrariam que, mesmo no cruel mercado do casamento, quando o amor está em jogo todas as apostas estão encerradas...






Por que eu não li esse livro antes? Sério, durante quase toda a leitura eu fiquei me perguntando isso. Por que demorei tanto para ler uma estória tão deliciosamente romântica e divertida? Tudo bem que o fato de ter sido dificílimo achar o livro pra comprar foi um fator, mas... ah, mas agora pouco importa.
Eu li Aposta no Amor e amei!

Aposta de Amor é o típico romance de banca que eu indicaria para quem não lê romances do gênero, seja por falta de oportunidade ou por preconceito mesmo. Sim, aqui se trata de um romance romântico onde o final feliz é previsto- e esperado, mas a diferença está na forma com que a autora conta a estória. É o que chamo da mistura ideal de descrição com fluidez.

O legal é que apesar, ou melhor dizendo, além, do aspecto puramente romântico de uma estória de amor, Aposta de Amor possui também uma parcela de crítica social com suas passagens sobre casamentos por interesse e a obrigação de manter as aparências acima de tudo.

Lady Francesca Haughston sobrevive de seu dom de juntar casais. Ou melhor dizendo, arranjar pretendentes para jovens moçoilas que até então não estejam se destacando na Temporada. Constance Woodley é o seu mais novo “projeto”. Um projeto um pouco mais difícil já que Constance, Connie, como é chamada, não possui recursos nem parentescos importantes. Connie, na verdade, sabe, que as chances de um casamento vantajoso são mínimas e ela nem está contando com isso. O que ela quer, na verdade, é a oportunidade de se divertir, pelo menos uma vez. Ter uma temporada inesquecível.

Mas como todo romântico, o amor aparece. Justamente na figura de Dominic, irmão de Francesa e que precisa- e muito- de casamento vantajoso para saldar as dívidas da família.
É a batalha do amor e o dever.

Sabe, em alguns momentos, como o encontro na bibliteca, o livro me lembrou História de Um Grande Amor, de Julia Quinn. Não, as estórias não são nem um pouco parecidas. Foi apenas uma associação.

A relação de Connie e Dominic é ótima, com momentos extremamente românticos e acolhedores. É o tipo de csal que te faz sorrir e torcer para que tudo termine bem. Contudo, devo dizer que, apesar de um ótimo casal protagonista, foram mesmo os coadjuvantes, Francesca , seu afetado amigo Lucien e o série introspectivo Duque de Rochford que roubam as cenas.

Devo confessar que muitas vezes estava ansiando mais pelas cenas deles do que as do mote principal.
Aposta no Amor , com certeza, entrou para o grupo dos meus livrinhos favoritos.

Recomendo!

Ah, e sim, eu já li a série interia! Resenhas virão mas já estou recomendando desde de já! Leia na ordem! E não bisbilhote a sinopse do último livro. ^.^

***
Este livro foi a minha leitura do mês de Janeiro para a Maratona de Banca 2012. O tema é "a palavra amor no título".





Título Original: The Marriage Wager
Autor: Candace Camp
Editora: Harlequin
Coleção: Rainhas do Romance Histórico 4
Série: Os Cupidos
Gênero: Romance Histórico
Sub-Gênero/Assunto: Romance de Banca
Período: Regência.


Série
Todos os livros foram publicados pela Harlequin Brasil
1- Aposta no Amor
2- Conquista de Amor
3- Bodas de Desafios
4- Dança da Corte

A pergunta: Alguém me explica por que Aposta no Amor, lançado aqui em 2010, é o Rainhas do Romance Histórico 4 e Conquista, também de Cadance Camp, é Rainhas do Romance Histórico 22, sendo que foi publicado aqui em 2008?!

Outras Capas


4/5

Reações: