terça-feira, junho 11, 2013

Julieta Imortal, de Stacey Jay


Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano. Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará de tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela.




Eu nunca fui fã da história de Romeu e Julieta. Quando estava no colegial ensino médio, um professor falou para pensarmos em como seria a vida de Romeu e Julieta se o final fosse diferente? Ficariam eles apaixonados para sempre? Ou a vida comum, mundana, entraria no meio? Afinal de contas, eles eram adolescentes e Romeu, não se esqueçam, já vinha de uma “paixão avassaladora” . É para se pensar.

‘Romeu e Julieta ‘nunca me pareceu um amor consistente. Uma paixão sim, mas não amor. E olha que eu penso assim desde que eu era adolescente.

De qualquer forma, isso já me fez com que eu começasse o livro com um certo pé atrás. Aliás, o livro nem era meu. Eu peguei emprestado de uma prima adolescente e quando eu perguntei pra ela o que ela tinha achado a resposta foi: “a autora viaja um pouco”.

Pois então, terminada a leitura, eu tenho quase a mesma opinião da minha prima adolescente com um pequeno, porém: não acho que a autora viaja um pouco. Acho que ela viaja MUITO. Sério, por diversas vezes me perguntei o que Stacey Jay andou tomando enquanto escrevia o livro...

Não que o livro seja necessariamente confuso mas foi aquele tipo de leitura que fica até difícil de explicar sobre o que é a história. De modo geral, temos Romeu e Julieta, aqui, inimigos mortais (não vou explicar o por quê, tá? ^.^) reencarnados em dois adolescentes em um colégio americano dos dias atuais. Ah, e no tal colégio, estão ensaiando a peça West Side Story (ou Amor Sublime Amor) que, para quem não sabe, é uma versão musicada de Romeu e Julieta (o adoro o filme!)

Pois é. Nem sei o que dizer. Acho que essa vai umas das minhas resenhas mais desconjuntadas EVER mas, juro, o livro não ajudou. Ariel , a jovem cujo corpo Julieta encarnou poderia até ser uma garota legal, uma personagem interessante, mas Julieta... Que porre de garota! Ou de fantasma, como queiram.

Muito nhenhenhem pra uma assombração só. Ela passa o livro todo reclamando de Romeu. Isso sem contar o final. Claro que eu não vou contar o final aqui, mas a minha impressão foi de quê Julieta era uma vaca neurótica.

E tinha o Ben, amiguinho de Ariel/Julieta que era um cara bonzinho mas ‘tadinho, na boa, tinha que aguentar aquela LOKA. #birra.

O melhor do livro, a meu ver foi Romeu/Dylan . O vilão. E olha que eu nem sou daquelas que preferem os bad-boys, mas com certeza, Romeu foi o personagem mais interessante, com mais nuances. E foi justamente ele que me fez ter vontade (e curiosidade) o suficiente para querer ler a continuação do livro. Tá certo que não sei se compraria Romeu Imortal se não fosse a promo do Submarino de R$9,90, rs.

Está certo que eu não sou muito fã de YA’s mas este não foi o problema principal do livro (afinal, eu sabia que era um YA ANTES de começar a leitura, né?) ; a autora me pareceu indecisa se queria uma história de amor adolescente ou uma fantasia juvenil. Ficou tudo meio perdido, bagunçado.

Julieta Imortal não é um livro ruim , mas, não posso dizer que tenha sido uma leitura que me conquistou. Serve para passar o tempo.

Leiam e tirem as suas próprias conclusões.

Série

Livro 1- Julieta Imortal
Livro 2- Romeu Imortal

Título Original: A Rose in Winter
Autor: Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
Gênero: Novo Adulto Paranormal
Série: Julieta Imortal – Livro 1
Sub-Gênero/Assunto: Fantasia, Mistério.
Período: EUA, dias atuais. Verona, Itália, Idade Média.

Outras Capas:

Eu não achei a capa nacional, que é a mesma que a americana,  feia. A idéia é boa e o cenário é bem bonito, mas o vestidinho que colocaram da Julieta é chinfrin demais! Mas o pior não é isso! O pior é o tamanho do dedão do pé dela! É ENORME! :O

3/5

Reações: