segunda-feira, março 31, 2014

Sem Deixar Traços, de Harlan Coben

Myron Bolitar parecia destinado a uma carreira de sucesso na NBA quando uma lesão no joelho o afastou das quadras para sempre. Porém, 10 anos depois, o agente esportivo e detetive particular com passagem pelo FBI está de volta ao jogo - não para cumprir seu destino como astro do basquete, mas para desvendar mais um mistério. 

O ídolo dos Dragons de Nova Jersey, Greg Downing, maior adversário de Myron na época da faculdade, desapareceu sem deixar rastros pouco antes das finais do campeonato nacional. À frente do caso, com a ajuda de seus dois fiéis escudeiros, Win e Esperanza, Myron trabalhará infiltrado entre os jogadores para tentar obter informações capazes de levar ao paradeiro do antigo rival, com quem também competiu pelo amor de uma mulher.




Um bom romance policial.

Neste terceiro livro da série Myron Bolitar , nosso intrépido agente esportivo Myron se vê mais uma vez envolvido em uma situação que vai um pouco além do esporte. Assim, como nos livros anteriores, Sem Deixar Rastros tem a sua pitada de humor e suspense mas aqui o drama esteve bem mais evidente. Myron deixa um pouco de ser o bobo-alegre de sempre e torna-se um pouco mais...humano e falho.

A trama se inicia quando Myron é chamado para investigar o desaparecimento de um astro do basquete. O problema é que não é um astro “qualquer”, mas um antigo desafeto seu e se não bastasse, ele tem que trabalhar infiltrado no time.

Mais do que um simples caso de desaparecimento, a “situação” ou como que quer que chamemos, acabará por se transformar em uma Emotional Trip para Myron. Para ele, o Basquete, o futuro promissor no esporte, sempre havia sido algo deixado para trás, sem lamentações, sem questionamentos... até aquele momento.

O caso a ser investigado era interessante, mas confesso que não mais que as implicações no passado de Myron. Gostei imensamente de saber mais sobre o nosso herói. Senti muito por ele, mas também percebi que ele tem um dedo bem podre para mulheres! Todas insuportáveis! Tá bom, a Esperanza é um pouco menos chata, mas as outras...affe! Em contrapartida, não posso dizer o mesmo de Win. Ele me surpreendeu. Positivamente. Obviamente sempre acreditei na amizade dele, mas neste livro eu pude comprovar este fato.

Sem Deixar Traços é um livro que valeu principalmente pela parte dramática, emocional. Como eu disse anteriormente, a questão do sequestro é interessante e, sem querer soltar spoilers, ela é que conduz toda a trama, mas eu não eu gostei como o autor desenvolveu algumas partes. O problema é que muitos dos aspectos “criminais” da história eram muito, mas muuuito semelhantes com as tramas dos livros anteriores. Não vou negar que fiquei um pouco decepcionada.

De qualquer forma, Harlan Coben, com uma escrita segura e um impecável senso de humor, prende a nossa a atenção até o final, mesmo se no caso desse livro, o final não seja tão surpreendente assim.

Vale a Pena a Leitura.

E que venha o próximo da série!





Título Original: Fade Away
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance Policial
Série: Myron Bolitar- Livro 3
Sub-Gênero/Assunto: Esportistas, Suspense
Período: Anos 90. EUA.


A Série

Livro 1- Quebra de Confiança [RESENHA]
Livro 2- Jogada Mortal [RESENHA]
Livro 3- Sem Deixar Traços [RESENHA]
Livro 4- O Preço da Vitória (Back Spin)
Livro 5- Um Passo em falso
Livro 6- The Final Detail ( Inédito no Brasil)
Livro 7 Darkest Fear(Inédito no Brasil)
Livro 8- A Promessa – lançado pela editora ARX
Livro 9- Quando ela se foi
Livro 10- Alta Tensão


Outras Capas:




3.5/5

(Mais para 3.75)

Comentou? #Sorteio Loucamente Sua

 photo TopComentarista2_zps95fa6214.jpg

Reações: