terça-feira, janeiro 20, 2015

O Preço da Vitória, de Harlan Coben


" Myron Bolitar não é fã de golfe, mas, ao ser convidado por seu amigo Win para assistir ao Aberto dos Estados Unidos, aproveita a oportunidade para tentar conquistar novos clientes.

E é o que acontece quando ele é procurado pelo pai de Linda Coldren, a golfista número 1 do ranking. Antes que perceba, Myron está novamente atuando como detetive, em busca de Chad, o filho de Linda que sumiu há dois dias.
O desaparecimento é mais um peso sobre os ombros do pai do garoto, o também golfista Jack Coldren, que lidera o torneio e luta para não repetir seu inexplicável fracasso de anos atrás.
Win se recusa a ajudar no caso ao ser informado de que foi sua mãe, com quem não fala há anos, que recomendou Myron à família Coldren. Mesmo sabendo que ela está à beira da morte, prefere manter distância.
Nesta trama repleta de suspense e reviravoltas, Harlan Coben nos leva a mansões monumentais e motéis de quinta categoria junto com Myron Bolitar, um herói complexo, de cabeça quente e coração de ouro, mais fascinante e imprevisível a cada página. "


**


A-D-O-R-E-I.

Eu gostei da série Myron Bolitar desde o primeiro livro, mas confesso que o terceiro e último que li, Sem Deixar Traços não havia me empolgado muito. Não que não gostei mas achei muito mais do mesmo e até a solução do mistério achei meio óbvio e bem parecido com os anteriores. Quando iniciei O Preço da Vitória e vi que era mais uma vez sobre o desaparecimento de um jovem esportista, esperava encontrar diversão mas nada muito além que isso.

Ainda bem que eu me enganei. Muito.

O Preço da Vitória foi uma maravilhosa surpresa. Pode até ter começado de forma similar aos outros da série mas, ah, Harlan Coben, sabe surpreender. O desaparecimento do único filho de um jogador de golfe durante o Aberto dos Estados Unidos é quase um pano de fundo para uma série de descobertas e mistérios de família há muito enterrados.
Myron, ao contrário dos casos anteriores, não conta desta vez com a ajuda de Win. O melhor amigo do agente esportivo, simplesmente se recusa a ajudar. É neste momento que passamos a conhecer um pouco mais do aparente “doido”. É muito fácil simplesmente enxergar em Win um doidivanas, louco por sexo e violência, mas se existem tendências existem também moldes e circunstâncias.

Nos livros anteriores eu ri com ele, neste eu quis abraçá-lo.

Mas o livro não fica somente na seara psicológica. O mistério é bom, ainda que, quando a gente pensa que já descobriu tudo, o autor “enfia” uma surpresa na nossa cara, rs.
Além disso, para não deixar o texto carregado, o humor totalmente sem noção de Myron está mais do que presente. Talvez alguns podem achá-lo um pouco infantil demais para um homem de 30 e poucos anos mas muitas vezes a realidade é dura demais para ser sério o tempo todo, não? E eu adoro ele!

Este é um daqueles livros cheio de tiradas fantásticas, pequenas e grandes reviravoltas; eu fiquei completamente “grudada” na leitura desde a primeira página. O ritmo é ágil e a trama muito bem desenvolvida, sem pontas soltas. É incrível como o autor conseguiu amarrar tudo perfeitamente- e quando você acha que ele esqueceu de um detalhe, lá está a última página para fechar tudo com chave de mestre.

Um livro incrível.

Recomendo à todos.

Ah, e só para avisar, estou lendo a série na ordem!
*** E o único defeito é essa capa brasileira! Feia demais!


A Série

Livro 1- Quebra de Confiança [RESENHA]
Livro 2- Jogada Mortal [RESENHA]
Livro 3- Sem Deixar Traços [RESENHA]
Livro 4- O Preço da Vitória (Back Spin)[RESENHA]
Livro 5- Um Passo em falso
Livro 6- Detalhe Final
Livro 7 Darkest Fear(Inédito no Brasil)
Livro 8- A Promessa – lançado pela editora ARX
Livro 9- Quando ela se foi
Livro 10- Alta Tensão


Título Original: Back Spin
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Série: Myron Bolitar- livro 4
Gênero: Romance Policial
Sub-Gênero/Assunto: Crime e Mistério, Esportes, Suspense, Sequestro, Humor
Período: Anos 90. EUA

Outras Capas

5/5

Reações: