quarta-feira, maio 20, 2015

[RESENHA] Ligeiramente Maliciosos - Mary Balogh


“Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima.

Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante, a caminho de York para interpretar um novo papel. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor.
Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora?”



ADOREI.

Não é segredo pra ninguém que eu adoro romances históricos românticos mas alguns acabam se tornando queridinhos, como é o caso da série Bedwyns.

Claro alguns podem até dizer que é mais do mesmo; mais um romance óbvio entre uma mocinha encantadora e um herói romântico galanteador. Porém, mais do que os clichês, o importante é a forma como eles são conduzidos- a história é conduzida. E é nisso que Mary Balogh tem um diferencial. Ela pega um cenário aparentemente “comum” à tantos romances de época e dá um toque à mais, um tempero.

A gente pensa que está para ler “mais um romance” de época quando se depara com algo novo, original. Foi assim com o primeiro livro e é assim com o segundo volume da série.
Judith está prestes a iniciar um novo momento em sua vida quando, por um capricho do destino (ah, que frase mais piegas, né? :D ) ela acaba conhecendo Ralf Bedard . Aquele é o único (e último) momento para Judith ser alguém diferente do que é, fazer o impensável. Assim sendo, ela se entrega em uma noite de amor.
Os dois acabam se separando e Judith começa sua nova vida, mas sabemos como são as coisas, não? Os dois acabam se reencontrando e...

Não, não vou falar mais, pois acredito que isso atrapalharia a leitura (e recomendo a não ler a sinopse oficial inteira).

Ligeiramente Maliciosos é um romance delicioso. Leve e divertido, ele tem um trama ágil e personagens cativantes. Os elementos do conto-de-fada estão lá, mas com aquela pimentinha especial. Por alguns momentos eu tive sim vontade de ter uma conversinha com Judith- mas nada muito sério! No geral, a personagem é ótima, assim com sua química com Ralf.

Penso que tão importante quanto uma boa história sendo contada, é se ela cativa, emociona. Faz sorrir. E Ligeiramente Maliciosos me fez sorrir muito, como uma tola. Não é maravilhoso.

Este é um daqueles livros para se esquecer dos problemas da vida- e aguardar com ansiedade pelo final feliz.

Recomendo!

***Este livro foi gentilmente cedido pela editora***

Título Original: Slightly Wicked
Autor: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Série: Irmãos Bedwyn – Livro 2
Gênero: Romance Histórico
Sub-Gênero/Assunto: Falsa Identidade
Período: Inglaterra. Era Vitoriana.

Outras Capas


4.5/5

Reações: