terça-feira, março 29, 2016

[Resenha] A Garota Sem Passado - Michael Kardos



Num domingo de setembro de 1991, Ramsey Miller deu uma festa em casa para os vizinhos. Depois, assassinou a esposa e a filha de 3 anos. Todo mundo na pacata cidade de Silver Bay conhece a história.

Só que todos estão errados. A menina escapou. Sob o nome falso de Melanie Denison, ela passou os últimos quinze anos escondida com os tios numa cidadezinha remota. Nunca pôde viajar, ir a uma festa na escola ou ter internet em casa, porque Ramsey jamais foi encontrado e poderia ir atrás dela a qualquer momento.

Mas, apesar das rígidas regras de segurança impostas pelos tios, Melanie se envolve com um jovem professor da escola local e engravida. Ela decide que seu filho não terá a mesma vida clandestina que ela e, para isso, volta a Silver Bay para fazer o que nem os investigadores locais, nem a polícia federal, nem o FBI conseguiram: encontrar seu pai antes que ele a encontre.”



Um bom entretenimento.

Melanie Denison não é uma jovem comum. Aos 3 anos de idade, seu pai matou sua mãe e desde então ela vive com os tios no Programa de Proteção à Testemunhas. Todos pensam que ela também foi morto- menos seu pai, que nunca foi preso.

O fato de viver num mundo cheio de restrições e regras não a impediu de ficar grávida aos 17 anos- e é justamente essa gravidez não planejada que a impele a ir procurar o pai e saber mais sobre o que realmente aconteceu.
Interessante. Legalzinho.

Como fã de romances policias e/ou de suspense, a sinopse de A Garota Sem passado logo despertou meu interesse e, de certa maneira, devo dizer que não me decepcionou. Sem valer de uma clássica situação de história de detetive, o autor nos conduz por uma história de uma jovem virando adulta. Em determinados momentos, achei Melanie jovem demais para suas ações- mas foram justamente essas ações que me fizeram ver que o autor acertou na idade da personagem. Em muitos momentos, ela é uma jovem e decidida, mas noutros é terrivelmente tola, infantil. E quem, aos 17 anos não o é? Sim, o namoradinho era um pamonha, mas fazer o quê?

O fato de ser narrado em dois tempos distintos, o presente e no passado, faz com que consigamos ver a clara relação do que aconteceu há 14 anos com o presente. Eu gostei que o autor não despejou os fatos de uma só vez. Pouco a pouco, a gente vai percebendo o que realmente aconteceu- e que talvez aquela verdade absoluta do início não seja tão absoluta assim.

Não é exatamente um livro de final surpreendente, mas algumas revelações o são. O problema é como elas se apresentam. De modo geral, eu gostei do final (apesar de um detalhe que achei bem “nada a ver”) porém, não pude deixar de sentir uma sensação de que tudo terminou tolamente demais- e que por mais que as peças tenham se encaixado, beirou quase o inverossímil.

Eu gostei do livro. Como já havia mencionado, A Garota Sem passado é de um dos meus gêneros literários favoritos; além disso, a escrita é correta e a trama é desenvolvida de forma consistente e que prende a atenção até o final. Porém, apesar disso, ao final, fiquei com a sensação de que ler o livro foi como assistir à um desses filmes policiais feitos pra tv: eles prendem a atenção, fazem você ficar acordado até tarde para descobrir o mistério, mas que, no fundo não apresentam nada de novo. Esquecíveis.

De qualquer forma, A Garota Sem passado é um bom divertimento- sem grandes novidade, mas ótimo para uma leitura de final de semana.

Vale a pena a leitura!

**este livro foi gentilmente cedido pela editora**


Título Original: Before he finds her
Autor: Michael Kardos
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance Policial
Sub-Gênero/Assunto: Crime e Mistério, Suspense
Período: Tempo atual e início dos anos 90. EUA
capa original:

Eu gosto mais da capa e do título originais.

Cotação:

3.5/5

 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

Reações: