quinta-feira, novembro 03, 2016

[Resenha] Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter - Sarah MacLean


“Desde que foi nomeado em Londres como o "Lorde das terras" pela revista mais popular entre as senhoras, Nicholas St. John foi implacavelmente perseguido por toneladas de cada espírito feminino do matrimônio. Então, quando uma oportunidade de escapar da sociedade moderna se apresenta, ele ansiosamente salta para o caminho e, um dos mais determinados solteiros, se depara com uma terrivelmente deliciosa mulher que ele jamais conheceu!

A filha de um perdulário, intitulada Lady Isabel Townsend tem muitos segredos e muito pouco dinheiro. Embora usado para cuidar de si mesma com bastante facilidade, o recente falecimento de seu pai deixou Isabel no mar e na necessidade de ajuda externa para proteger o direito de primogenitura de seu jovem irmão. O pecaminosamente bonito, eminentemente qualificado Lord Nicholas poderia ser a salvação que ela procura.

Mas a senhora deve ser cautelosa e não fazer nada imprudente... como cair loucamente, apaixonadamente no amor.”



Mais um romance de época fofinho mas que, honestamente, não acrescenta, muita coisa ao gênero. Não que o livro seja ruim- muito pelo contrário-mas, se comparado ao livro anterior, deixa bastante a desejar. Ou talvez, simplesmente por “Nove Regras” ter sido tão lega existe sempre aquela expectiva...vocês sabem, né?

Em Dez Formas de fazer um coração se derreter temos Nicholas St. John, o irmão gêmeo (mais novo!) do Marquês de Ralston. Nicholas tem uma preocupação na vida: fazer com que sua meia-irmã seja bem aceita na Sociedade. Bem, ele tinha apenas uma preocupação: após ser eleito um dos solteiros mais cobiçados do país, as moçoilas casadoiras não o deixam em paz. É por isso que quando um velho amigo dos tempos de escola vem lhe pedir ajuda para encontrar a irmã que desapareceu ele não pensa duas vezes. Ainda mais quando a “pista” mais recente diz que a jovem Georgianna estaria lá para os lados de Yorkshire. Ou seja, bem longe de Londres.

Acompanhado pelo melhor amigo, um turco chamado Rock, St. John parte em busca da jovem. É quando ele conhece Isabel Townsend, uma jovem lady e empobrecida- e senhora de uma casa um tanto quanto peculiar.

Solteira, sem dinheiro e filha de um conde conhecido como o “Conde Perdulário”, Lady Isabel precisa urgentemente de dinheiro. Primeiro, para seu irmão mais novo, de anos, e herdeiro do título, e também para...bem, para outras “coisinhas”. Não entraremos em detalhes, okay? Quando ela encontra Nicholas, vê nele uma grande chance. Não, não para casar (sei muito bem que vocês estavam pensando que era isso, né?) mas para que ele avalie uma série de estátuas gregas que ela tem e que pretende vender.

Ufa! Quanta coisa né? E ainda tem Georgianna. Mas não temam, o livro não é nenhum pouco confuso ou cheio de sub-sub-sub-tramas. Apenas existe toda uma “condição” para se “entrar” na história principal. E esta história é legal, com personagens interessantes e uma história de amor bem amarrada. O problema foi que não me “fisgou”. Não consegui me apaixonar pelo casal, apesar de ter adorado St.John e de Isabel ser uma mocinha muito digna.

Se eu fosse apontar algo específico, o que mais me incomodou foi a parte “sensual” do livro. Nada contra cenas de sexo mas, aqui, achei-as desnecessárias. Não contribuíram em nada pra trama e, honestamente, me deram tédio.

Além disso, eu me vi o tempo todo querendo saber mais sobre Georgianna. Eu já li o livro que conta a história dela (ver a listagem ao final da legenda) e eu adoro a personagem. Isso, não posso negar, acabou me tirando o foco.


Além do fator “Georgianna”, o que mais me agradou no livro foram justamente os personagens.Não estou falando do casal protagonista, mas principalmente daqueles que o rodiavam. Os já citados Rock, James, irmão de Isabel, e Lara, prima desta, são os maiores exemplos. Apesar de alguns clichês compreensíveis, os personagens são incrivelmente originais e, diria eu, humanos.


Dez Formas de fazer um coração se derreter é um daqueles livros de leitura rápida, com algumas belas passagens românticas e toques de humor mas que estão longe de ser inesquecíveis. Mesmo assim, foi, acima de tudo uma leitura prazerosa que deixa a gente com um sorrizinho feliz no rosto.

Vale a Pena a Leitura.

Ah, e só para constar, não curti muito o título nacional.

**Este livro foi gentilmente cedido pela editora**



Série:

Livro 1-Nove Regras a ignorar antes de se ignorar
Livro 2- Dez formas de fazer um coração se derreter
Livro 3-Onze leis a cumprir na hora de seduzir

O Spin-Off:


Livro 1-Entre o Amor e a Vingança
Livro 2-Entre a Culpa e o Desejo
Livro 3-Entre a Ruína e a Paixão
Livro 4-Nunca Julgue uma Dama pela aparência

O último livro conta justamente a história de Georgianna.

Título Original: Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord
Autor: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Série Os Número do amor- livro 2
Gênero: Romance Histórico
Sub-Gênero/Assunto: Gêmeos
Período: Regência. Yorkshire, Inglaterra.


4/5

 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

Reações: