segunda-feira, fevereiro 11, 2019

[RESENHA] Edenbrooke, de Julianne Donaldson


“Marianne Daventry fará qualquer coisa para escapar do tédio de Bath e das atenções amorosas de um pretendente indesejado. Então, quando chega um convite de sua irmã gêmea, Cecily, para se juntar a ela em uma enorme casa de campo, ela agarra a chance na hora. Pensando que vai poder relaxar e desfrutar de seu amado interior inglês enquanto sua irmã tenta fisgar o belo herdeiro de Edenbrooke, Marianne descobre que até mesmo os melhores planos dão errado. De um aterrorizante encontro com um salteador a um aparentemente inofensivo flerte, a jovem se encontra envolvida em uma aventura inesperada e cheia de romance e intrigas, suficientes para manter sua mente agitada. Ela será capaz de controlar seu coração traidor, ou um estranho misterioso irá arrebatá-lo? O destino estava pensando em algo diferente de um verão relaxante quando mandou Marianne para Edenbrooke .”

Uma grata surpresa.

Sou apaixonada por bienais. Frequento a Bienal de São Paulo desde o distante de 1992, quando a mesma ainda era no Ibirapuera. Uma das coisas que mais gosto em Bienais (e eventos do gênero) é descobrir pequenos tesouros escondidos. Claro, os lançamentos estão por todo lado, com suas capas brilhantes e enormes posters, mas, ah, como é bom se deparar com aquele título estranho, mas atraente, e uma sinopse promissora!
Foi assim com com Edenbrooke. Bastou as palavras “romance de época” na capa e o preço mais do que convidativo para que eu o levasse para casa.

Que livro delicioso!

Demorei um pouco para finalmente lê-lo (2018 não foi uma nao fácil), mas a espera valeu a pena. Edenbrooke conta a história de Marianne, uma jovem que não tem muitas ambições na vida, mas que está cansada de morar com a avó em Bath. Além de ser um lugar tedioso, um certo pretendente aprece não se tocar que ela simplesmente o acha asqueroso. Quando surge a oportunidade de passar uma temprada em Edenbrooke, uma grandiosa propriedade rural, ela aceita o convite sem pensar muito.

A vida de Marianne já começa a mudar logo no caminho, quando ela conhece um exasperante, mas muito bonito cavalheiro.
Com uma escrita que lembra muito Georgette Heyer, o livro mostra a mudança na vida da jovem Marianne. Aos 17 anos, ela tem roupantes adolescentes, mas também é muito pouco consciente do próprio valor e beleza. Diferentemente de muitos romances de época atuais (que eu adora também), o sexo e a sedução não saõ o ponto central da trama. Sim, Edenbrooke é uma história de amor, mas principalmente da uma amizade de um homem e uma mulher.

Não se deve esperar grandes reviravoltas, mas sim uma sensação de acalentamente ao ler o livro. Com um humor sutil e personagens bem desenvolvidos, Edenbrooke é uma leitura ideal para uma tarde de sábado.

É um livro que deixa o leitor feliz.

Título Original: Edenbrooke
Autor: Julianne Donaldson
Editora: Universo dos Livros
Série - Edenbrooke – Livro 1
Gênero: Romance de Época
Sub-Gênero/Assunto: Romance, Humor
Período:. Regência. Inglaterra.

4/5


 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

Reações: