quinta-feira, outubro 06, 2011

Homens do Texas 22- Entregando o Coração, de Diana Palmer

Título Original: Matt Caldwell: Texas Tycoon
Autor(a): Diana Palmer
Editora: Nova Cultural
Série: -Homens do Texas- Livro 22
Coleção: Momentos Íntimos- Extra 79
Gênero: Romance Contemporâneo
Sub-Gênero/Assunto: Romance Contemporâneo, Segunda Chance, Abuso
Período: Texas, EUA. Contemporâneo
Ed levou Leslie para Jacobsville para que ela pudesse recomeçar de forma pacífica uma vida tumultuada. Ele só não contava que a amiga fosse despertar a atenção do primo dele, o solteiro mais cobiçado da região, Matt. E justamente por não se apaixonar à primeira vista, não fazer o possível para seduzi-lo, inclusive, não suportar que ele a toque. Matt desconfia de que Leslie esconde algo, a começar pelo motivo que a levava a mancar e só deixar Ed cuidar dela. Por isso, ele decide tirar a história a limpo, mas pode ser que a verdade seja demais para ele... e faça Leslie fugir mais uma vez.
***

Sinopse Original:
Rico, atraente e sedutor.
Matt Caldwell era o sonho de toda mulher: um magnata texano rico, atraente e sedutor. Embora muitas pretendentes houvessem tentado conquistar o solteiro mais cobiçado de Jacobsville, nenhuma conseguira chamar a atenção de Matt. Porém, a misteriosa Leslie Murry estava prestes a mudar isso. A nova funcionária da empresa o estava afetando mais do que ele queria admitir. Por mais que Matt tentasse negar, a doce vulnerabilidade de Leslie tinha o poder de despertar seu instinto protetor. Bastara alguns beijos para Matt sentir-se tentado a possuir a bela e desejável Leslie, embora ela não parecesse muito disposta a querer receber o que ela tinha a oferecer. Ainda assim, prometeu a si mesmo que só se entregaria aos encantos de Leslie se ela lhe contasse qual era o segredo do passado que mantinha tão bem escondido.
Fonte: Livro Traduzido por Fãs



Uma boa estória de amor. Os elementos ‘básicos’ de um romance de Tia Diana Palmer estão presentes: mocinha sofredora e mocinho turrão e como sempre, isso trabalha a favor e contra a estória. Matt Cadwell é um grosso, não há dúvida enquanto a isso mas ele parece ‘exalar’ essa “grosseitude” (acho que inventei uma palavra, rs ) apenas quando está na presença de Leslie. Com os outros, ele é (quase!) um poço de candura.

Leslie chega à Jacobsville para trabalhar como secretária de Ed Cadwell, primo de Matt. O novo emprego não é somente uma mudança profissional mas também uma forma de escapar de fantasmas do passado. O problema é que, devido a um mal-entendido. Matt pensa que o primo contratou Leslie devido à atividades extracurriculares. Para fortalecer esta impressão, ele não se conforma com o cuidado que o primo trata a secretária.

"— Poderíamos ir logo? A dor está quase insuportável.
Matt ficou imóvel por um momento, então se curvou de repente e a ergueu nos braços, começando a carregá-la por entre a admirada multidão.
— Sr… sr. Caldwell… — protestou Leslie, enrijecendo as costas.
Jamais fora carregada por um homem antes, mas ficou tão encantada observando-o de perto e sentindo aqueles braços fortes sob seu corpo que não sentiu o medo usual. Depois de haverem dançado, a proximidade fisica dele se tornou algo aceitável.
Enquanto se esforçava para conter o estranho impulso que sentia, de levar a mão aos cabelos ondulados dele para acariciá-los, viu-o encará-la com uma das sobrancelhas arqueadas. Isso a deixou sem fôlego e sem forças. Era preciso dizer algo. Qualquer coisa.
— V-você é… muito forte.
O tom de voz de Leslie o tocou no íntimo. Sustentando o olhar dela por um instante, desviou a atenção para aqueles lábios delicados e convidativos, fitando-os longamente enquanto diminuía a velocidade de seu caminhar.
Ela se segurou com força na lapela do smoking dele, passando então a observar os lábios dele também. (...).
Estava observando-o com curiosidade e avidez quando o ouviu puxar o fôlego de maneira abrupta. Aquilo a fez encará-lo no mesmo instante.
— Cuidado — alertou ele, em tom profundo. — A curiosidade matou o gato."


Como praticamente todo mocinho de Diana Palmer, Matt Cadwell não confia no sexo feminino. Além de ter sido abandonado pela mãe quando tinha apenas 6 anos, ele foi falsamente acusado por uma mulher de tê-la violentado. Apesar de sempre ter o pé atrás com as mulheres, Matt não consegue deixar de sentir uma enorme atração por Leslie. O problema é que a jovem esconde um grande segredo e isso não ajuda em nada a relação dos dois.

[Mas só um aparte: a coitada usa óculos, veste roupas de ‘matrona’, manca (!) e ele acha que ela é uma femme-fatale, destruidora de lares?! Faz Favô, né!?]

Como já mencionado, Matt é bem grosso com Leslie, mas ele também pode ser extremante bondoso e gentil. A cena  de amor entre os dois é muito bonita e singela, mas ao mesmo tempo, extremamente sensual.

"Quando Matt finalmente levantou a cabeça, ela estava apoiada na porta, esforçando-se para manter o equilíbrio. Fitou-o com um olhar enevoado de desejo, ciente de que seu corpo estava trêmulo sob o toque dele.
Não fez questão de esconder seu desejo de Matt, pelo contrário. (...) Queria sentir o peso do corpo dele sobre o seu. Queria tanto que deixou escapar um gemido de protesto quando Matt se afastou um pouco para olhá-la.
— Nada de arrependimentos? — perguntou ele, com gentileza.
— Não. Eu te quero, Matt."


Eu gostei bastante do livro- apesar dos clichês ‘Palmeirianos’ , os personagens são interessantes e o casal tem uma química admirável. O segredo que Leslie carrega é realmente horrível e é muito bonito ver Matt ajudando-a a vencer seus traumas e medos.

O grande problema do livro, porém, a meu ver, é a forma como a estória foi conduzida. Não deixei de notar que as soluções foram um pouco ‘rápidas e fáceis’ demais, um certo ar de psicologia barata. O livro trata de assuntos sérios e que que mereciam um melhor desenvolvimento. Tudo acontece rápido demais. A versão que eu li foi a original (tanto em inglês como a traduzida por fãs) e, infelizmente, o problema é do livro mesmo.

Um bom livro, mas que tinha tudo para ser ótimo.





Menções:

• Menção de Cy Parks, protagonista de Uma Mulher Para Amar ( The Winter's Soldier) [Mercenários 5]
• Ed Cadwell, primo de Matt e melhor amigo de Leslie, não tem um livro só dele mas acho que merecia!
• A Dra. Lou é a protagonista de Primavera de Amor [Homens do Texas 14]



Outras Capas:


Ordem de Leitura das Obras de Diana Palmer (Universo Homens do Texas)


Cotação: (3.5/5)

Reações: