segunda-feira, janeiro 16, 2012

Os Pecados dos Pais, de Lawrence Block [Matthew Scudder]


Título Original: The sins of the fathers
Autor: Lawrence Block
Editora: Companhia das Letras
Gênero: Romance Policial
Série: Matthew Scudder- livro 1
Sub-Gênero/Assunto: Crime e Mistério, Detetive,
Período: Nova York, anos 70.
A ex-universitária Wendy Hanniford foi do interior dos Estados Unidos para Nova York e acabou por encontrar na prostituição seu meio de sobrevivência. Ela é encontrada morta, e o principal suspeito é o filho de pastor Richie Vanderpoel, que dividia apartamento com Wendy.
Richie é preso logo após o crime, ainda ensangüentado e fora de si. Acusado do assassinato, ele se mata na cadeia. O Departamento de Polícia de Nova York encerra o caso, mas Cale Hannniford, pai da garota, quer prosseguir com as investigações.
Aqui entra em cena o ex-tira Matthew Scudder. Ele é contratado por Hanniford não para solucionar o crime, mas para saber o que havia se passado nos últimos três anos da vida de Wendy, desde que ela abandonara a universidade e fora para Nova York.
O método de investigação de Scudder é sistemático e diligente, alimentado por boas doses de bourbon e de melancolia. Pouco a pouco, ele vai revelando o que existe de misterioso e sombrio naquelas vidas incomuns. A investigação o conduz a um universo de perversão, luxúria e falsas religiões, um mundo onde os filhos devem pagar pelos pecados secretos e inconfessáveis dos pais
.






Um livro não precisa ser grande para ser bom e Os Pecados dos Pais, de Lawrence Block, é a prova disso. Com uma trama aparentemente simples mas de inicío peculiar (o detetive aqui não está procurando saber quem é o assassino mas sim quem era a vítima, como ela vivia) o autor nos leva a uma aventura quase intimista mas deveras envolvente. A simplicidade mencionada é apenas aparente; quando se menos se espera, estamos surpreendidos.

O livro começa quando um homem, Cale Hanniford procura a ajuda do ex-policial e agora detetive particular “não autorizado” Matthew Scudder para que esse descubra mais sobre a filha recém assassinada dele, Wendy. O principal suspeito do crime fora preso e se suicidara na cadeia, causando a suspensão da investigação e conseqüentemente o arquivamento do processo. Não há dúvidas de que o rapaz, colega de quarto da moça e filho de um pastor, é o culpado. O que Cale quer saber é que tipo de vida sua filha, há quem não tinha notícias fazia algum tempo, levava; vida esta que poderia ter causado sua morte.
É uma investigação a respeito da vítima e não do assassino.

Matthew Scudder é um personagem singular. Ele não é um herói mas não chega a ser um calhorda, é quase um anti-herói, vivendo e trabalhando muitas vezes no limite da lei. Não sabemos muito sobre ele e apesar disso me incomodar em muitos livros do gênero, aqui não senti falta. Contado em primeira pessoa, o livro é quase que uma conversa de Matthew conosco. É como se estivéssemos em um bar, o ouvindo contar um “causo”. Tudo é passado de forma natural e espontânea e, entrelinhas, ao nos aventurarmos pela vida de Wendy, passamos a conhecer mais do próprio Scudder. A sua saída da polícia, os filhos que vivem com a ex-esposa, a relação quase de amizade com uma prostituta, as conversas com a garçonete. Além, é claro, da relação dele com a bebida. Mesmo que ele não perceba, a dependência dele é impossível de não ser notada.

Matthew Scudder bebe o tempo todo e sem parar. Neste primeiro livro da série, a relação dele com a bebida não é evidenciada explicitamente como um problema, mas, pelo que pude ler se torna de fato algo sério nos livros subseqüentes.

E apesar de ser ótimo detetive e possuir bom poder de dedução, Scudder tem uma visão um tanto quanto peculiar sobre ética e moral.

A trama principal, como disse a princípio, parece ser quase tola, mas à medida que as investigações vão prosseguindo, um mundo não muito bonito vai criando forma. O livro fala de pecados e pecadores e também de falso moralismo. Ele fala também sobre desejos. Desejos incontroláveis e proibidos.

Escrito em 1976, Os Pecados dos Pais pode causar alguma estranheza ‘tecnológica’ no início (sem internet celulares e coisas do tipo!) mas é uma ótima leitura. Com estilo aparentemente simples, porém dinâmico e preciso, Lawrence Block nos conduz atrás de uma estória cheia de nuances. O autor não tem meio termos; a ação está lá e pronto. Muitas vezes parece até que eu estava vendo um filme. Tudo se encaixa perfeitamente. É incrível como não é necessário ser extremamente detalhista ou verborrágico para fazer uma obra profunda e de impacto.

Eu gosto muito de tramas aparentemente comuns, ordinárias, mas que à medida que tudo vai se desenvolvendo, novas situações ( e mistérios) vão surgindo- e nem tudo é o que parece.
**

O único problema para mim foi a solução final. Não a solução em si mas como Scudder chegou a ela. Achei que ele “desvendou” meio do nada, que faltou a aquela pequena peça que juntasse tudo. Me pareceu que ele simplesmente “sonhou” com a solução.

Mas fora isso, Os Pecados dos Pais é um livro impactante, com um final...
Este é um drama policial em sua excelência, que diverte e faz pensar. Possui uma estória envolvente e um protagonista instigante, mas que carrega uma certa melancolia.

Se você está esperando lições de moral, com certeza não as encontrará aqui. Este foi o primeiro livro de Lawrence Block que eu li. E, sem dúvida nenhuma, não será o último.

Ah, e detalhe: eu comprei esse livro, junto com outro do autor, O Ladrão que Estudava Espinosa por apenas R$9,90 no Extra!

Recomendo.

A Edição
Edição bem acabada e com uma tradução, apesar de parecer, por vezes, um pouco datada, correta. Os palavrões foram mantidos. Contudo, encontrei um erro de grafia (drogrados em vez de drogados. Pág. 117).


A Série
A Série Matthew Scudder conta a aventuras e desventuras do ex-policial e agora detetive particular não licenciado de mesmo nome. Scudder é divorciado, pai de dois meninos e tem problemas com a bebida. Apesar disso, é ótimo naquilo que faz. Infelizmente, como tantas outras editoras brasileiras, a Companhia das Letras NÃO lançou todos os livros da série no Brasil.
Livro 1- Os Pecados dos Pais (The Sins of the Fathers
Livro 2- In the Midst of Death - inédito no Brasil. –
Livro 3- Time to Murder and Create - inédito no Brasil.
Livro 4-A Stab in the Dark- inédito no Brasil.
Livro 5-Eight Million Ways to Die- inédito no Brasil.
Livro 6- Quando Nosso Boteco Fecha as Portas ( When the Sacred Ginmill Closes )
Livro 7- Na Linha de Frente (Out on the Cutting Edge )
Livro 8- Um Bilhete para o Cemitério (A Ticket to the Boneyard )
Livro 9-Um Baile no Matadouro ( A Dance at the Slaughterhouse )
Livro 10-A Walk Among the Tombstones - inédito no Brasil.
Livro 11-The Devil Knows You're Dead - inédito no Brasil.
Livro 12-Uma Longa Fila de Homens Mortos ( A Long Line of Dead Men )
Livro 13-Even teh Wicked- inédito no Brasil.
Livro 14-Everybody Dies - inédito no Brasil.
Livro 15-Hope To die- inédito no Brasil.
Livro 16- All the Flowers are Dying 
Livro 17-A Drop of Hard Stuff 
Livro 18- The Night and the Music.




Outras Capas:






EXTRAS

Site do Autor: www.lawrenceblock.com
Wiki http://pt.wikipedia.org/wiki/Lawrence_Block
Facebook FanPage AQUI


4/5

Reações: