quinta-feira, julho 10, 2014

Reconstruindo Amelia, de Kimberly McGreight


Kate Baron, uma bem-sucedida advogada, está no meio de uma das reuniões mais importantes de sua carreira quando recebe um telefonema. Sua filha, Amelia, foi suspensa por três dias do Grace Hall, o exclusivo colégio particular onde estuda. Como isso foi acontecer? O que sua sensata e inteligente filha de 15 anos poderia ter feito de errado para merecer a punição? Sua incredulidade, no entanto, vai aos poucos se transformando em pavor ao deparar, no caminho para o colégio, com um carro de bombeiros, uma dúzia de policiais e uma ambulância com as luzes desligadas e portas fechadas. Amelia está morta. Aparentemente incapaz de lidar com a suspensão, a garota subiu no telhado e se jogou. O atraso de Kate para chegar a Grace Hall foi tempo suficiente para o suicídio. Pelo menos essa é a versão do colégio e da polícia. Em choque, Kate tenta compreender por que Amelia decidiu pôr fim à própria vida. Por tantos anos, as duas sempre estiveram unidas para enfrentar qualquer problema. Por que aquele ato impulsivo agora? Suas convicções sobre a tragédia e a própria filha estão prestes a mudar quando, pouco tempo depois do funeral, ela recebe uma mensagem de texto no celular: Amelia não pulou. Alternando a história de Kate com registros do blog, e-mails e posts no Facebook da filha, Reconstruindo Amelia é um thriller empolgante que vai surpreender o leitor até a última página.



Surpreendente.

Eu não ao certo como classificar Reconstruindo Amelia. De modo simplista podemos dizer que é um suspense sobre uma mãe que tenta descobrir a verdade sobre a morte da filha. Porém, o livro é muito mais do que isso.
Sim, Reconstruindo Amelia *é* um suspense, ou um thriller, mas o drama está intrincado em suas páginas que é impossível dissocia-lo.

O mote principal já é entregue pela sinopse oficial e eu mencionei vagamente aqui. Kate Baron é uma advogada bem-sucedida que vê seu mundo desabar quando sua única filha, Amelia, de 15 anos, morre de forma trágica. As autoridades apontam como suicídio. Seria mesmo? Após uma estranha mensagem no celular, Kate resolve ir atrás da verdade e para isso ela precisa descobrir mais sobre a própria filha. Como diz a mensagem na capa do livro, ”Você realmente Sabe o que se passa na cabeça de sua filha?”
A resposta é não. Através de posts no Facebook e mensagens no celular, Kate descobre uma Amelia totalmente diferente daquela que ela pensava conhecer.

Ah, a mente de uma adolescente!

A história de Reconstruindo Amelia nos é mostrada sob dois pontos-de-vista. De um lado temos Kate e sua determinação de descobrir a verdade; do outro, temos a própria Amélia contando sua história, em uma espécie de diário póstumo. A cada página desse “diário” me vi sentindo raiva e pena da jovem. Amélia é uma jovem comum, com seus medos e anseios- e se descobrindo. Ao mesmo tempo que constrói uma trama de mistério instigante, onde a mocinha não se torna uma simples detetive amadora mas uma mãe em busca de verdades e que conta, sim, com a ajuda da polícia, Kimberly McGreight escreve com muita delicada sobre o universo adolescente. Ah, como esses jovens (adultos?) podem ser tolos e cruéis.

A trama de Reconstruindo Amelia é construída de forma clara e direta; página a página vamos sendo surpreendidos, seja através de Amelia ou da investigação de Kate. É como se fossem duas histórias que se convergissem. A escrita é firma e sem preciosismos , mas carregada de delicadeza em diversos momentos. Se eu tive pena de Amelia, meu coração sangrou por Kate. Poucas vezes vi a dor da perda de um filho descrita tão crua e tocante.

O final é surpreendente e, de certa forma, triste. Impactante. Porém, apesar de ter um final coerente e que “se encaixa” perfeitamente, senti que algumas pontas ficaram soltas. Não em relação ao mistério, mas sim a certos personagens e situações que permeiam a história. O livro tem sim um epílogo, mas não achei suficiente.

De qualquer forma, Reconstruindo Amelia é um daqueles livros que valem a pena ler. Ele instiga e emociona e deve agradar tanto os ávidos leitores da literatura policial como os leitores de histórias mais humanas e dramáticas.

Recomendo!

Título Original: Reconstructing Amelia
Autor: Kimberly McGreight
Editora: Arqueiro
Gênero: Thriller
Sub-Gênero/Assunto: Crime e Mistério, Drama, Pais e Filhos
Período: Atual. Nova Iorque, EUA.

Outras Capas:

4/5

Reações: