terça-feira, novembro 04, 2014

O Sexto Homem, de David Baldacci


Sean King e Michelle Maxwell estão no Maine. Mais precisamente, na pequena cidade de Machias, onde fica Cutter’s Rock, um presídio de segurança máxima que abriga os criminosos mais abomináveis dos Estados Unidos. É ali que está Edgar Roy, o homem que precisa da ajuda deles.
Sean e Michelle foram contratados por Ted Bergin, o advogado de Roy, que pede que os investigadores descubram evidências em que ele possa basear a defesa de seu cliente. Ted, no entanto, não tem chance de lhes dar mais detalhes sobre o caso. A caminho de seu primeiro encontro com os investigadores, ele é morto na estrada, com um tiro à queima-roupa.
Ex-professor de Sean, Ted o ajudou em um momento difícil de sua vida. Sean não vai deixar que sua morte fique impune.
Só que nada na vida de Ted parece motivar um assassinato – a não ser que haja algo obscuro no caso de Edgar Roy. E, ao investigá-lo, Sean e Michelle podem incomodar os altos escalões do governo dos Estados Unidos.
Numa trama em que a vida e a morte se enfrentam em cada página, David Baldacci expõe segredos por trás da CIA, do FBI e da NSA.



De tirar o fôlego!

O Sexto Homem é um romance policial que mistura muito bem ação, suspense e pitadinha de drama. A história já começa em alta voltagem e vai deixando a gente cada vez mais “presa” à leitura.

Sean King e Michelle Maxwell são dois investigadores particulares, ex-agentes do governo, que são contratados para auxiliar na defesa de um Serial Killer. Edgar Roy é um homem extremamente inteligente (e “extremamente” ainda é pouco para descrever a inteligência do cidadão) e que se vê acusado de ter matado seis pessoas e as enterrado em sua fazenda.

Quando Sean e Michelle vão se encontrar com o advogado de Roy, eles o encontram morto- e mais, o que parecia ser um “simples” caso de Serial Killer, acaba por se mostrar sendo algo muito além. De repente, Sean e Michele se veem envolvidos com a CIA, o FBI, NSA, o próprio presidente dos EUA.

Por que Edgar Roy era tão importante?

Infelizmente o próprio acusado não podia responder esta pergunta, pois desde que fora preso, entrou em estado catatônico.

Sabe quando um livro te prende, de verdade? Foi esse o caso de O Sexto Homem. Eu já havia lido outro livro deste, Toda a Verdade, e apesar de, no geral, ter gostado, não foi uma leitura que tenha me impressionado. Muitas vezes, nestes thrillers de ação, em que segredos de Estado, Inteligência, Espionagem e Contra-Espionagem, fazem parte do jogo, eu acaba achado a leitura um pouco enfadonha com o montante de informações a respeito do Governo dos EUA e tals. Isso não aconteceu aqui.
David Baldacci conduziu a trama de forma precisa, utilizando da explicações e descrições quando estas eram necessárias, mas sem nunca deixar de fora a ação. Os capítulos são curtos, mas nada que me incomodasse ou que parecessem cenas aleatórias, entrecortadas. O melhor é que os personagens, especialmente Sean e Michelle, e a trama se completam. Um serve ao outro. A interação dos dois é fantástica. Apesar de ser uma história estritamente policial, um thriller, não podemos sentir a humanidade nos personagens, mesmo naqueles que nem pareciam tão humanos assim.

Eu passei a leitura inteira fazendo teorias na minha cabeça; quando você pensa que a história iria seguir um caminho...PAM! ...o autor metia uma reviravolta, uma “surpresinha”! Eu até adivinhei a “grande” surpresa do final, mas fiquei bem surpresa com outras coisinhas. Gosto quando isso acontece!

O Sexto Homem é o quinto (sim, você leu certo! QUINTO!)livro da série Sean King & Michelle Maxwell e o segundo lançado pela editora Arqueiro ( o primeiro foi o quarto livro, Traição em Família). Os dois primeiros livros foram lançados aqui pela Rocco (ver a listinha ao final da resenha). Pois bem, em termos de trama, história mesmo, este livro pode ser lido separadamente. O mistério tem começo, meio e fim. Porém (vocês sabiam que tinha um “porém” vindo, né?!) eu senti falta de saber mais sobre o passado de Sean e Michelle; muitas coisas do “passado” são mencionadas e eu me senti um pouco no “ar”.

De qualquer forma, se você gosta de um bom thriller policial, com bastante ação e reviravoltas, O Sexto Homem é mais do que indicado. . Como eu já mencionei, a trama é muito bem conduzida e pontas soltas não são deixadas pra trás. Por mais confuso que tudo possa parecer em determinado momento, ao final tudo se encaixa. Sean e Michelle são demais e, com certeza, quero ler mais aventuras protagonizadas por eles!

***
A capa nacional é triste, né? Feia demais! Parece capa de livro dos anos 90. Sem contar esse olho azul! Que olho azul é esse, alguém me fala?! É explicitado que os olhos de Roy são “negros e vazios”! Curti não.


A Série:

Livro 1-Por uma Fração de Segundo (Split Second)- Editado pela Rocco
Livro 2- O Jogo das Horas- editado pela Rocco
Livro 3- Simple Genius
Livro 4- Traição em Família
Livro 5- O Sexto Homem
Livro 6- King & Maxwell

Título Original: The Sixth Man
Autor: David Baldacci
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance Policial
Série:Sean King & Michelle Maxwell - Livro 05
Sub-Gênero/Assunto: Crime e Mistério, Thriller, Suspense
Período: Atual. EUA.
Este livro foi gentilmente cedido pela editora.

Outras Capas:


4/5

Reações: