quarta-feira, junho 10, 2015

[Resenha] O sangue do Cordeiro - Sam Cabot

“Este documento, querida amiga, vai abalar a Igreja.”

Ao ler essas palavras em uma carta encontrada em um arquivo empoeirado, Thomas Kelly fica cético. O documento citado na correspondência está desaparecido, mas Thomas, padre da ordem dos
jesuítas, duvida que exista algo com tal poder – até ser convocado ao Vaticano para iniciar uma busca desesperada por ele.

Enquanto isso, diante de um conselho formado por seus superiores, Livia Pietro recebe instruções claras: encontrar um padre jesuíta recém-chegado a Roma e juntar-se a ele na procura da Concordata, um tratado que contém um segredo tão chocante que poderá destruir para sempre todo o povo de Livia.

Enquanto pistas cifradas do passado lançam os dois em um universo traiçoeiro repleto de obras de arte, maquinações religiosas e conspirações, eles são caçados por pessoas capazes de tudo para achar o documento primeiro. Thomas e Livia, então, precisam correr para montar o quebra-cabeça capaz de redefinir os rumos da história e evitar o caos e a destruição que a revelação da Concordata poderá causar. Livia, porém, tem um segredo: ela e seu povo são vampiros.”



Uma cidade histórica, um misterioso documento que, se revelado, pode abalar não só a Igreja Católica mas o mundo inteiro. Parece Dan Brown, não? Mas não é.
O sangue do cordeiro é um thriller que segue a mesma cartilha dos livros mais famosos de Dan Brown mas com um toque sobrenatural.

O Padre Thomas Kelly é encarregado de encontrar a Concordata, um documento secular há muito tempo desaparecido. Ao mesmo tempo, a professora e especialista em História da Arte, Livia Pietro também é “intimada” a encontrar este documento e , para isso, deve se aproximar do Pe. Kelly. O problema é que Livia não é uma pessoa comum e a divulgação desse da Concordata pode trazer tenebrosas consequências.
Eu particularmente gosto muito desse tipo de Thriller “ao estilo Dan Brown”; é normalmente um exercício de tensão e aprendizado histórico e turístico.

O Sangue do Cordeiro tem uma ideia inicial bem interessante e o aspecto paranormal realmente o diferencia de tantos outros livros que seguem esta temática, porém com Thriller em si, achei a leitura um pouco falha.
Um dos melhores prazeres em se ler um livro de mistério/thriller é a “dificuldade” em se resolver os mistérios; todavia, isso não acontece aqui. Apesar de apresentar enigmas interessantes, tudo é resolvido fácil demais, praticamente sem tentativa e erro. A ação, num todo, fica muito pasteurizada.

A escrita de Sam Cabot (na verdade são dois autores) é bastante linear e, por vezes, isso também me pareceu ser um problema. Apesar das “ondulações” nas personalidades dos personagens, senti como se não houvesse acontecido uma mudança consistente no modo de agir e/ou pensar. Nem mesmo no Pe. Thomas. Está certo que ele passa a ver as coisas um pouco diferentes ao final do livro, mas esperava uma mudança mais profunda no personagem.

Além disso, senti falta de uma maior interação com o “povo” de Livia. Honestamente, me incomoda um pouco quando autores ficam mudando uma mitologia clássica.

Apesar de algumas falhas, O sangue do cordeiro é uma leitura interessante que prende a atenção. Os autores não deixam a desejar na questão do ritmo e as soluções finais fazem sentido. Não gostei da final dado à um certo personagem e a grande “revelação” me pareceu um pouquinho forçada, como se os autores quisessem “causar”.

De qualquer, O sangue do cordeiro é um bom entretenimento, uma boa leitura gosta de livros do gênero.

Vale a Pena a Leitura.



Título Original: Blood of the lamb
Autor: Sam Cabot
Editora: Arqueiro
Série: Novel of Secrets– livro 1
Gênero: Thriller
Sub-Gênero/Assunto: Suspense, Vampiros, paranormal, fantasia , aventura
Período: Atual. Roma, Itália.
Capa Original:

3/5

Reações: