quinta-feira, setembro 26, 2013

Amando Evangeline, de Linda Howard

Sob suspeita...
Não havia dúvidas de que Evie Shaw estava por trás da conspiração que ameaçava a empresa de informática de Robert Cannon. Por esse motivo, ele pretendia investigá-la pessoalmente. Mas ao decidir aproveitar um longo e quente verão sulista perto de Evie, Robert começou a reavaliar suas suspeitas, pois fora dominado pela paixão por uma mulher tão perigosa quanto o pecado...

Esta será um resenha curta, até porque o que eu achei desse livro pode ser resumido em uma só frase:
EU DETESTEI AMANDO EVANGELINE 
e queria muito poder ter de volta as horas perdidas com isso aqui.

Eu tenho noção que sou uma voz contra a corrente, já que parece que muitos amaram Amando Evangeline. Eu gostei bastante do primeiro livro, Esposa ou Amante. Parecia que estava lendo um romance da Diana Palmer, mas tudo bem. Até porque, apesar de tudo, eu gosto da Titia Palmeirão.

Amando Evangeline também, a grosso modo, me pareceu um romance da “Titia” ,mas com todos os elementos que eu odeio nos livros dela (não porque eu gosto de uma autora que não vou ter críticas à respeito, né?) .

Tá certo, a mocinha, Evie, nem era totalmente lesa, mas Robert...

*respira fundo*

Tudo bem, os ogros de DP irritam, mas nenhum- nenhum- ogro de DP é calhorda e mau-caráter. Robert é. E não me digam que ele “se apaixonou” por Evie porque aquilo que ele sente não é amor nem aqui nem na China.

E o que ele faz... pra mim, não existiria perdão.

NUNCA.

Sério, eu torci muito para que o casal não ficasse junto. Infelizmente, meu desejo não foi atendido.
Eu poderia até dizer que a escrita de Linda Howard foi um dos positivos do livro; admito que ela é uma boa autora, porém, era tanta enrolaçao! Muitas vezes me vi fazendo leitura dinâmica pra ver se a “coisa” ia mais rápido. Talvez se tivesse focado um pouco mais na questão do suspense, o livro fosse um pouco melhor. Mas nem isso.

A única coisa ligeiramente okay desse livro é Evie, mas mesmo assim, com ressalvas. Achei a personagem interessante, apesar de todo o mimimi, porém o fato dela perdoar Robert tão facilmente... na verdade, pelo simples fato dela ter perdoado: VONTADE DE VOMITAR!!!! Isso sem contar o detalhe machista: [Spoiler]a mulher é viúva e ainda é virgem?! [Spoiler] Nem mesmo quando ficamos sabendo mais do casamento de Evie e das Circunstâncias da morte de seu marido, eu senti alguma empatia pelo livro. Tudo estava me irritando tanto que achei aquilo bem blé. E o pior, tenho certeza, que em qualquer outro livro meu coração teria partido por Evie.

Péssimo.

Uma total perda de tempo.

Título Original: Loving Evangeline
Autor: Linda Howard
Editora: Harlequin
Coleção: Rainhas do Romance 70
Série: Duncan/Cannon- Livro 2
Gênero: Romance Contemporâneo
Sub-Gênero/Assunto: Romance de Banca, Viúva
Período: Contemporâneo, sul dos EUA..


Este livro foi a minha leitura de Setembro para a Maratona de Banca. O tema foi "Linda Howard"

Minha Lista: AQUI


Série:

Livro 1 - Esposa ou Amante- publicado pela Nova Cultural
Livro 2- Amando Evangeline.


Capa Original:

 Cotação:

(e estou sendo MUITO generosa!)

Reações: