quarta-feira, janeiro 15, 2014

Os Contos de Beedle, o Bardo - J.K. Rowling


Os contos de Beedle, o Bardo são cinco histórias de fadas diferentes entre si. Cada uma delas é dotada de um caráter mágico próprio e proporcionarão, a seu turno, prazer, riso e a emoção do perigo mortal.

Trouxas e bruxos vão apreciar os comentários de autoria do professor Alvo Dumbledore, nos quais ele reflete sobre a moral ilustrada pelos contos e dá breves notícias sobre a vida em Hogwarts.

Um volume singularmente mágico, ilustrado pela autora, J.K. Rowling, e que ficará guardado na lembrança por muitos anos.(less)


Quem leu o último livro da série Harry Potter, ou até mesmo só assistiu os dois últimos filmes (POSER!! ^.^) sabe da importância de Contos de Beedle, o Brado para a história. O livro, na história, é uma compilação de Contos de Fadas para crianças bruxas. É um livro dentro do livro.
E “este” Contos de Beedle é o livro “real”, por assim. Uma verdadeira jogada de mestre (ótimo marketing!) de J.K. Rowling. Assim, como Quadribol através dos Séculos e Animais Fantásticos & Ondem Habitam, este livro é uma espécie de metalinguagem literária.

A primeira que deve dizer sobre o livro em si é, “não julgue pelo tamanho”. Contos de Beedle é sim um livro pequeno, de 103 páginas, composto de 5 contos curtos. Já sabem o que dizem sobre perfumes e frascos pequenos, não? Pois é. Contos de Beedle, o Brado é uma graça de livro! Uma delícia de leitura.

Quem nunca leu Harry Potter ou desconhece o Universo Mágico criado por J.K. Rowling pode sim ler o livro e seus contos, mas devo dizer que irá perder grande parte da magia (ou devo dizer referências?)

Os contos se passam durante a Idade Média europeia e apresentam histórias com vieses diferentes como amor, esperteza, sabedoria e morte- mas todas elas eu senti a questão do preconceito. Cada conto é comentado por Dumbledore, o que dá um charme mais especial ainda a história, apesar de quê, mesmo sem os comentários do Grande Diretor de Hogwarts, o livro ainda seria muito legal.

Não vou fazer uma análise sobre cada conto do livro, até porque penso que isso seria desnecessário, mas eu “tenho” que nomear o meu favorito, né? É o conto da Fonte da Sorte, sobre três Bruxas e um soldado Trouxa* em busca de uma fonte que traria sorte à quem a encontrasse. O conto é uma graça. Leve, romântico e com um toque de humor.

Os contos, em si, são bem parecidos com os Contos de Fadas “comuns”, mas com um pouco mais de nonsense. E aqui, bruxas e bruxos são os heróis da história.

O meu único porém fica por conta justamente dos comentários de Dumbledore e as notas de rodapé. SE por um lado, é bem legal; por outro, achei a linguagem intrincada demais para um livro infantil. Mas, tirando isso, e analisando apenas os contos em si, Os Contos de Beedle é um deleite.

Contos de Beedle, o Bardo é um livro divertido, rápido de se ler e que, com certeza irá agradar crianças e adultos que gostam de magia.




*Pessoa sem poderes mágicos, não bruxa.




Título Original: Tales of Beedle the Bard
Autor: J.K. Rowling
Editora: Rocco
Gênero: Infantil
Série: Harry Potter (Companion Book)
Sub-Gênero/Assunto: Contos de Fadas, Bruxas, Fantasia
Período: Idade Média. Europa.


Outras Capas:
4/5

Reações: