quinta-feira, julho 03, 2014

Paradise, de Ellen Sussman


A história começa com uma viagem ao paraíso. Ao ser enviada para trabalhar como guia turística em Bali, uma ilha da Indonésia, Jamie só pensa em passar os dias mais felizes de sua vida ao lado do namorado, aproveitando as praias virgens e explorando as florestas. No entanto, após três dias de sua chegada, ela e seu parceiro se tornaram vítimas de um atentado terrorista na boate local. Seu namorado perde a vida, e Jamie, a esperança de felicidade.

Depois de um ano, ainda transtornada pelas lembranças, Jamie decide retornar a Bali para tentar fechar esse ciclo em sua vida. Mais que tudo, ela espera encontrar Gabe, o homem que a salvou do ataque. Nesta viagem ao passado, Jamie conhece Nyoman, seu simpático anfitrião, que a hospede no acolhedor e relaxante Paradise, um bangalô incrustado numa paisagem estonteante.

Mesmo preparada para se arriscar nos grandes perigos da natureza selvagem de Bali, ela ainda precisa estar pronta para o maior desafio de todos: dar uma nova chance ao amor.



Um belo livro.
Jamie é uma guia de turismo de aventura norte-americana, sobrevivente de um terrível atentado terrorista em Bali. Um ano após o ocorrido ela está de volta àquele lugar. O motivo oficial é a cerimônia em homenagens às vítimas da tragédia, mas a verdadeira motivação de Jamie é muito do que isso.
Ela precisa reencontrar. Reencontrar a si mesma, reencontrar a coragem perdida, reencontrar Gabe, o homem que a salvou naquela noite.

Assim com Jamie, Gabe também é um sobrevivente, mas de uma tragédia pessoal. Seu mundo, sua vida nunca mais seria a mesma depois da perda do único filho. Gabe e Jamie sofrem com a dor de suas tragédias, ambos se sentem culpados, como se, de alguma forma alguma de suas ações pudesse ter ocasionado tanta dor.

Há um ano , Jamie estava viajando com Miguel, seu namorado. Miguel não sobreviveu. É muito fácil para Jamie, ainda mais dentro das circunstâncias da morte de Miguel , se sentir culpada. E se...

Paradise fala sobre segunda chance, superação e, principalmente, sobre seguir em frente. Mas seguir em frente enfrentando os próprios demônios.

A autora nos mostra uma bela história sobre “ultrapassar” tragédias. Claro que é impossível esquecer tudo o que acontecer, mas é preciso seguir em frente; aprender a viver de novo; é preciso saber amar novamente e, principalmente, deixar-se amar.

Paradise mostra uma Bali um pouco diferente daquela a que estamos acostumados a ver em livros e programas de turismo. Muito além das belezas naturais, a Bali aqui é a Bali dos Balinenses, das crenças, dos costumes- e da tentativa de seguir em frente.

O estilo da autora é direto mas em nenhum momento, simplista; ela não apresenta soluções fáceis ou maniqueístas nem vitimiza os personagens. A dor não os torna perfeitos.

Paradise é uma leitura rápida e eu diria leve, até, mas que faz pensar. Ao final da leitura, deixa uma sensação gostosa na gente.

Vale a Pena a Leitura!

PS: bem que poderia ter um epílogo, né?!


Título Original: Paradise Guest House
Autor: Ellen Sussman
Editora: Casa da Palavra
Gênero: Drama
Sub-Gênero/Assunto: Romance Contemporâneo, Reencontro, Segunda Chance, Superação,
Período: 2002-2003. Bali.
Outras Capas:



4/5

Reações: