quarta-feira, outubro 05, 2016

[Resenha] A Farsa - Christopher Reich @editoraarqueiro


“Durante uma escalada nos Alpes suíços, o cirurgião Jonathan Ransom e sua bela esposa, Emma, são surpreendidos por uma avalanche. Na tentativa de buscar abrigo contra uma tempestade iminente, ela fratura a perna, cai em uma greta e morre.
Vinte e quatro horas depois, Jonathan recebe um misterioso envelope endereçado à mulher contendo dois recibos de bagagem de uma longínqua estação de trem. Ao resgatar as malas, ele é surpreendido por dois homens que tentam tirá-las de suas mãos. Durante a briga, o médico acaba matando um deles e deixando o outro gravemente ferido - e só então descobre que eram policiais.
No meio desse turbilhão de acontecimentos, ele jamais poderia imaginar que a situação ficaria ainda pior. Ao abrir as malas, Jonathan descobre estranhos objetos que revelam a verdadeira identidade de Emma: uma agente secreta envolvida em atos terroristas e espionagem internacional.
Procurando desesperadamente compreender os fatos e salvar a própria vida, ele se torna alvo de uma perseguição implacável, tomando parte em uma conspiração que coloca em risco a humanidade.
Sua chance de sobreviver é descobrir a realidade por trás da enigmática Emma, que, sob a fachada de enfermeira da ONG Médicos Sem Fronteiras, tinha ligações com terrorismo, manipulação de urânio e tentativas de destruição de Israel.
Aclamado pelos críticos como um novo mestre do suspense, Christopher Reich mescla personagens e fatos surpreendentes nesta trama de espionagem cheia de reviravoltas, aventuras e intrigas.”


EU VOLTEEEI!!!!

Após um longo e tenebroso inverno, estou de volta! Setembro foi um mês de muito trabalho, sem finais de semana e feriados, mas agora as coisas estão voltando ao normal.

Vamos então falar de livros? Não li muito; simplesmente não tive tempo e o único livro que consegui finalizar (que vergonha!) foi... bem, vamos dizer assim, O livro Errado Na Hora Errada. Sim, A Farsa, primeiro livro de uma série de thrillers, foi aquele tipo de livro “legal” mas que demandava mais atenção do que aquela que eu estava propícia a dar.

Jonathan Ransom é um médico da Médicos Sem Fronteiras que após perder a esposa em um trágico acidente durante a escalada descobre que nada era o que parecia; principalmente sua esposa. Jonathan parte então em busca de respostas, ao mesmo tempo em que uma trama de morte e espionagem acontece e ele se vê completamente envolvido- e perseguido.

Para quem gosta de livros de ação e suspense, A Farsa é um prato cheio. Desde as primeiras frases, o autor nos envolve em uma trama de ritmo frenético, com muitos acontecimentos e desdobramentos. Este é o grande trunfo do livro, mas, para mim, também o grande problema.

 A farsa é daqueles livros em que não podemos desviar a atenção um só segundo, qualquer semi-informação é importante para trama e, honestamente, eu não estava no clima para um livro assim. O fato é, eu não consegui aproveitar a leitura. Eu sabia que o livro era interessante e queria muito saber como tudo iria se resolver, mas a leitura simplesmente não conseguiu me prender. O interessante é que eu realmente gostei do protagonista, um homem “quase” comum, sem a pretensão de ser um super-herói ou algo do tipo. Ao mesmo tempo em que Jonathan é muita emoção, ele sabe ser frio quando é necessário. Além disso, gostei também do fato da narrativa ser feita sob vários pontos-de-vista; o autor nos dá pistas e respostas durante toda a leitura, mas sem entregar totalmente as surpresas.


É por isso que eu não pude dar uma nota para o livro: não seria justo. Eu teria aproveitado muito mais a leitura se tivesse lido em outro momento.

A Farsa é uma leitura interessante, que demanda atenção- e que deve agradar muito aos fãs do gênero.


Título Original: Rules of Deception
Autor: Christopher Reich
Editora: Arqueiro
Gênero: Thriller
Série: Jonathan Ransom – Livro 1
Sub-Gênero/Assunto: Falsa Identidade, Médicos, Suspense
Período: Atual. Suiça.
Outra Capa:


 photo Thais1_zpssfusghrx.gif

Reações: