quarta-feira, agosto 07, 2013

Desaparecidas, de Chris Mooney


Quando Darby McCormick era jovem, conseguiu escapar de um assassino, mas duas de suas amigas não tiveram a mesma sorte. Agora, ela trabalha como investigadora no Departamento de Polícia de Boston, vasculhando cenas de crimes em busca de detalhes sutis que possam ajudar na captura dos assassinos mais procurados. Talvez um trabalho na retaguarda fosse mais seguro, mas Darby não consegue controlar seu desejo de ir a campo….
Em Desaparecidas, o primeiro livro da série policial protagonizada por Darby McCormick, a investigação do sequestro de uma moça leva a pistas sobre o paradeiro de outras mulheres, de quem nunca mais se soubera. Tudo parece ser obra de um mesmo psicopata, apelidado de O Viajante. E Darby, ainda com pesadelos do passado vivos na memória, poderá ter um papel decisivo na captura do Viajante e, 25 anos depois, pôr uma pedra sobre o trauma de sua juventude.

- esta é a sinopse que está na contra-capa do livro. NÃO LEIA a que está na orelha- e que é a mesma do Skoob e em diversos outros sites (como Submarino).



Uma da minhas leituras para a Maratona Literária (e um dos temas para o Desafio Realmente Desafiante), Desaparecidas foi uma boa surpresa.

Eu nunca havia lido nada desse autor e, de forma geral, gostei bastante de seu estilo. Digo “de forma geral”, pois, por muitas vezes, tudo me pareceu esquematizado demais, como se fosse um script de cinema. Ou melhor dizendo um script para um episódio de CSI ou Criminal Minds. Eu adoro essas séries, mas quando estou lendo gosto de me deparar com algo diferente. Mas, se por um lado esse aspecto quase que “comercial” me incomodou um pouco, por outro, a escrita de Chris Mooney é bem envolvente e tem aquela combinação (quase!) perfeita de dinamismo e descrição.

Uma das coisas que mais detesto em James Paterson, por exemplo, é como os capítulos são ridiculamente curtos. Porém, sei que quando os capítulos e parágrafos se alongam demais acabam por tornar a história morosa, o que é péssimo para um livro, principalmente um livro policial. E isso não acontece com Desaparecidas.

Chris Mooney tem uma escrita segura que segura o leitor até o fim. Não é o tipo de suspenso do “quem matou” , pelo menos não totalmente, mas do “quando e se o vilão será pego”. Sim, nós, os leitores conhecemos o lado do assassino. Ou quase todo o lado- e confesso que dá uma agonia ver “os mocinhos” atrás de tanta pista falsa!

Desaparecidas é o primeiro livro da série Darby McCormick (três vivas pra Suma por ter publicado este primeiro livro!) e tem como personagem principal uma CSI que dá nome à série. Em 1984, aos 15 anos de idade, Darby conseguiu escapar de um assassino brutal, sorte que não teve suas duas melhores amigas. O tempo passa mas Darby mas não consegui “seguir em frente”totalmente. Um sentimento de culpa sem a ronda. Somente 25 anos, quando uma jovem é sequestrada é que Darby vê-se diante da chance de fazer as pazes com seu passado.

Em termos de mistério e suspense, Desaparecidas é um livro cativante e que prende a atenção, porém não é nada de extraordinário- até por quê não existem grandes surpresas. Tudo bem, tem uma revelação no final que me pegou desprevenida, mas foi isso. A “outra” revelação era beeeem óbvia!
O que mais me cativou no livro foi justamente a parte dramática da trama; a relação de Darby com seu passado e , principalmente, sua relação com a mãe com câncer terminal. As cenas dela com a mãe foram simples mas extremamente belas e tocantes. Sem contar a sua angústia em perceber que o tempo da matriarca estava se esvaecendo.

Como um todo, Desaparecidas foi uma leitura que eu gostei bastante. Não digo que foi perfeita, extraordinária, mas muito boa- apenas um pequeno detalhe no final me desagradou. Não a ponto de estragar a leitura ou algo assim, mas... gosto de todos os pingos nos is, sabe? Confesso que fiquei um pouco irritada com o autor por causa disso, rs

De qualquer forma, Desaparecidas é uma leitura que vale a pena e deve agradar quem gosta de livros do gênero.

Recomendo!


Título Original: The Missing
Autor: Chris Mooney
Editora: Suma de Letras
Gênero: Romance Policial
Série: Darby McCormick- Livro 1
Sub-Gênero/Assunto: Sequestro, Serial Killer, Segunda Chance, Homens da Lei
Período: Dias Atuais. Região de Boston, EUA



Este livro foi minha leitura para o tema 10 do Desafio Realmente Desafiante-
10. Ler um livro que tenha entre 300 e 350 páginas.
Desaparecidas tem 308 páginas.


A Série
Livro 1- Desaparecidas- publicado pela Suma de Letras
Livro 2- O Amigo Secreto - publicado pela Mill Books (confesso que nunca ouvi falar dessa editora)
Livro 3- The Dead Room - inédito no Brasil
Livro 4- The Soul Collectors - inédito no Brasil

Outras Capas:

4/5

Reações: